Evite o excesso na sua vida!

Minha mãe disse certa vez uma frase simples, mas carregada de sabedoria:

Tudo o que é excessivo faz mal.

Essa frase é cheia de verdades no campo das finanças pessoais.

Por exemplo: gastadores versus “pão-duros”. Os gastadores tendem a consumir mais do que seus rendimentos permitem. Por isso, quase sempre utilizam o serviço de cheque especial, vivem endividados, muitas vezes têm problemas no SPC/Serasa etc. Já os rotulados de “pão-duros”, ou excessivamente poupadores, apresentam características diametralmente opostas: tendem a não consumir quase nada, se privando de coisas que, muitas vezes, podem fazer falta no futuro, e sobre as quais eles podem se arrepender no futuro.

No ramo dos investimentos, a situação se repete. Há aqueles que preferem aplicar todas as suas economias em cadernetas de poupança, ou até mesmo guardar o dinheiro em casa, “debaixo do colchão”, como se diz; e já há outros que fazem exatamente o contrário: são extremamente agressivos, aplicando todas as suas economias em investimentos de risco, como o mercado de Bolsa, câmbio e derivativos, ou então, concentram a maior parte de seus investimentos em um único segmento, como imóveis, ou títulos públicos etc.

A solução para evitar o excesso se resume, basicamente, a uma palavra: EQUILÍBRIO. Ora, de que adianta gastar todo o salário se, no final de uma vida inteira de trabalho, não sobrar nem o básico para se sustentar? Ou, vale a pena poupar a vida inteira para chegar lá na frente e concluir que, se tivesse gastado com equilíbrio, poderia ter usufruído de pequenos prazeres sem se privar dos investimentos necessários para uma aposentadoria?

Em investimentos, a coisa se repete: não é recomendável guardar todas as sobras do salário em cadernetas de poupança, nem muito menos em dinheiro “vivo” em casa, para o dinheiro não ser corroído pela inflação e também para não perder a rentabilidade superior oferecida por fundos de investimentos, ainda que conservadores. Tampouco é saudável concentrar todos os seus investimentos em Bolsa: pode vir uma crise a abocanhar todo o seu patrimônio. Uma carteira de investimentos balanceada e diversificada é um importante instrumento para ter uma vida financeira igualmente equilibrada e segura.

Dessa maneira, poupar e investir para o futuro é importante, mas não se esqueça que o futuro nada mais é do que a soma de pequenos presentes, e, como você vive no presente, e não no futuro, consumir faz parte da vida, desde que, como afirmamos no começo desse artigo, ele não seja feito de modo excessivo, a prejudicar suas finanças pessoais.

É isto aí!

Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

7 Responses to Evite o excesso na sua vida!

  1. guiga 4 de setembro de 2013 at 8:14 #

    Muito bacana este post, parabéns Guilherme

Trackbacks/Pingbacks

  1. Valores Reais » Dormim bem faz bem ao seu bolso - 19 de junho de 2009

    […] para repousar o organismo, e isto também causa efeitos colaterais negativos. Como eu disse em outro texto, encontrar um ponto de equilíbrio é fundamental, e com o sono não poderia ser diferente. […]

  2. Valores Reais » Parcelamento não é promoção! - 3 de outubro de 2009

    […] outra, deve ser usada com cautela, prudência e inteligência, e, acima de tudo, equilíbrio, conforme destaquei em outro artigo.  Em alguns casos, ele pode ajudar. Já em outros, pode levar a pessoa à bancarrota […]

  3. Valores Reais » Edição comemorativa de 100 posts: 10 artigos selecionados - 7 de dezembro de 2009

    […] Evite o excesso na sua vida! O equilíbrio é peça fundamental para uma vida melhor. […]

  4. Valores Reais » Reservando um dinheiro todo mês para a diversão - 25 de junho de 2010

    […] Ou seja, o que era um excesso de gastos se transforma num excesso de poupança, e todo excesso, como já abordamos em outro tópico, não faz bem para a vida de […]

  5. Aviso importante: diminuição de frequência nas postagens do blog « Valores Reais - 7 de fevereiro de 2011

    […] ou seja, que são ainda úteis meses ou anos após a sua publicação original, como esse, esse ou […]

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes