Comprando livro barato na prática: minha experiência concreta

Há alguns dias atrás, publiquei um post com dicas para comprar livros baratos: sebos físicos e virtuais. Foi utilizando essa dica que chegou à minha casa esse livro que estou lendo agora.

Várias foram as razões que me fizeram adquiri-lo por meio de sebo do que em loja virtual. Primeiro, porque constatei que só existe no mercado a primeira edição, datada de 1999, portanto, há 11 anos atrás. Segundo, pela dificuldade em encontrá-lo em lojas virtuais, a maioria delas não tinha o produto disponível para pronta-entrega. E, terceiro, pela diferença de preço praticado entre lojas e sebos: enquanto nas lojas, o preço mais em conta estava em R$ 32,99 (sem frete, mas, na média, o preço praticado estava na faixa dos R$ 40 pra cima), no sebo, o preço que consegui foi de R$ 27,75 (com frete). Em se tratando de livro antigo, achei que valia a pena usar os serviços do sebo, que, no caso, foi a Estante Virtual.

O livro chegou em casa rapidinho, e num bom estado de conservação, considerando-se os mais de 10 anos passados desde a sua publicação, sem marcas nem rabiscos, apenas amarelamento natural das páginas decorrentes dessa mais de uma década desde a sua impressão.

Eis aqui uma pequena sinopse do livro:

Você sabe reconhecer um milionário de verdade? O Milionário Mora ao Lado revela quem são os ricos de verdade, quais são as suas profissões e ocupações, onde fazem compras, como fazem investimentos, como ficaram ricos, quais os setores de maior perspectiva para obter-se lucros e muito mais. A edição original vendeu mais de um milhão de exemplares, ficando um ano na lista dos mais vendidos do The New York Times.

O conteúdo do livro foi embasado numa profunda pesquisa científica realizada por seus autores com os milionários norte-americanos. Logo nas primeiras páginas, chama a atenção o conjunto de sete fatores que são comuns a todos eles:

1. Vivem muito abaixo de seus meios;

2. Alocam de maneira eficiente os fatores tempo, energia e dinheiro, com o objetivo de construir riqueza;

3. Crêem que a independência financeira é mais importante do que exibir alto status social;

4. Não receberam ajuda financeira dos pais;

5. Seus filhos adultos são auto-suficientes economicamente;

6. São competentes para identificar as oportunidades de mercado;

7. Escolheram a ocupação certa.

A revista Você S.A., há muitos anos atrás, fez uma matéria sobre o conteúdo do livro, que estava inclusive disponível na Internet, a qual, no entanto, foi retirada do ar. Uma transcrição da matéria pode ser lida nesse post do Fórum do Clube do Pai Rico, onde discutimos sobre o livro… em novembro de 2007! Surprised

A leitura do livro está sendo muito proveitosa, e espero em breve resenhá-lo para vocês! 😀

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

12 Responses to Comprando livro barato na prática: minha experiência concreta

  1. Viver de Renda 17 de janeiro de 2010 at 9:12 #

    O livro é muito bom, Hotmar! Fácil leitura e bem esclarecedor!

  2. hotmar 17 de janeiro de 2010 at 10:14 #

    Ôpa, obrigado, IF42, pelo comentário! 😀

    Concordo com vc, o livro é muito fácil de ler, e traz conclusões interessantíssimas!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

  3. José Alves dos Santos 20 de fevereiro de 2010 at 10:14 #

    Parabéns pela dica para se adquirir livros baratos. Só gostaria de saber qual o
    sebo mais confiável. E continue incentivando a leitura que faz tanto bem ao conhe-
    cimento humano. Confesso que não sou um bom leitor, mas com esse incentivo vou
    rever os meus conceitos.

    Um forte abraço. E que Deus- nosso maior mestre- continue lhe abençoando.
    José Alves

  4. hotmar 20 de fevereiro de 2010 at 11:58 #

    Olá, José Alves, obrigado pelos comentários! 😀

    Bem, os sebos constantes na Estante Virtual também são classificados de acordo com as estatísticas de reputação, tal qual ocorre no Mercado Livre. Dessa forma, um bom indício é verificar a porcentagem de qualificações: quanto mais próximo dos 100%, melhor.

    Outra dica é você buscar informações diretamente do sebo em questão. Diferentemente do Mercado Livre, na Estante Virtual há links para você entrar em contato com o sebo, tais como endereço de Internet próprio (muitos sebos têm), telefone de contato (todos os sebos têm), endereços, formas de pagamento, qualificações feitas por usuários etc.

    Dessa forma, você próprio poderá averiguar a confiabilidade do sebo, bem como tirar conclusões a partir de impressões vivenciadas por você próprio, e não influenciada somente por terceiros.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  5. Willy Fog 8 de julho de 2010 at 10:58 #

    Realmente esse livro O Milionário Mora ao Lado é fantástico. Esse livro foi um dos mais interessantes que já li. Garanto que muito neguinho que quer “ficar rico” sem saber exatamente o motivo iria quebrar a cara depois de le-lo.

    Será que já saiu a resenha dele aqui no site?

    Abcs

  6. Guilherme 8 de julho de 2010 at 11:24 #

    Saiu, sim, Willy! Eis o link: http://www.valoresreais.com/2010/01/19/resenha-o-milionario-mora-ao-lado-de-thomas-stanley-e-william-danko/

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  7. Willy Fog 8 de julho de 2010 at 15:10 #

    Grande Guilherme, valeu valeu!

    Abcs

  8. Luana 29 de setembro de 2010 at 13:28 #

    Já comprei livros pela estante virtual e gostei bastante….a postagem dos sebos foi rápida, o contato e a troca de e-mails tb…..sobre a situação dos livros, foram bem sinceros, dizendo que tinham manchas amareladas, e algumas anotações….nada diferente dos livros que utilizo na biblioteca da universidade que estudo….
    Por serem livros de química, paguei mto menos..um novo custava quase 300,00, e paguei 75,00, com postagem e tudo….
    vale a pena!

    Só se atentem aos comentários de cada sebo, pq a Estante Virtual é um site que junta os sebos numa página na internet, mas não é responsável por um possível atraso, ou uma entrega que não foi cumprida

  9. Guilherme 2 de outubro de 2010 at 15:52 #

    Luana, obrigado por compartilhar sua experiência conosco!

    Para os estudantes universitários, os sebos são ótimos meios para conseguir uma bela economia!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  10. Zé da Silva 13 de junho de 2014 at 9:06 #

    Provavelmente seja apenas preconceito da minha parte … mas eu não consigo pensar em comprar um livro no sebo. 🙁

    Sério ! Acho que sou mais “possessivo” e cuidadoso com meus livros do que sou com o meu carro. (e olha que brasileiro é apaixonado por carros, segundo uma grande rede de postos de combustíveis, hehehe)

    O pior ? Sei que desta forma deixo passar a oportunidade de ler livros mais antigos que já não são mais publicados. Juro que pensei que a mídia eletrônica me ajudaria nesta questão, mas é impressionante como esse mercado ainda patina aqui no Brasil … 🙁

    Mais alguém age desta forma ? (ou melhor … não age …)

    • Guilherme 13 de junho de 2014 at 11:19 #

      Oi Zé!

      Muito legal a sua visão acerca dos livros.

      De fato, é muito legal comprar um livro novo e ter aquele “cheirinho de livro novo”, a la carro novo……rsrsrs…..

      Contudo, é como você mesmo disse, livros mais antigos podem passar despercebidos nessa questão…. 😉

      Eu acho que as editoras perdem é uma grande oportunidade de saciar a sede do público lançando versões eletrônicas de livros já esgotados no papel. Aqui mesmo no blog há diversos casos de leitores que gostariam muito, até imploram, para obter alguns livros antigos que eu resenhei no site e não se encontram nem mais em sebos físicos ou virtuais, como a Estante Virtual.

      Existe mercado para isso, sem dúvida. Falta ao empresariado se acordar para esse nicho do mercado. #FicaADica 🙂

      Abç!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Valores Reais » Resenha: Felicidade autêntica, de Martin Seligman - 23 de maio de 2010

    […] O curioso é que a gente acaba se perguntando, à medida que avança na leitura: “por quê descobri esse livro somente agora?” Afinal, ele foi lançado no Brasil em 2004, e inclusive o autor foi o entrevistado nas páginas amarelas da revista Veja no mês de março daquele remoto ano – há inclusive a versão integral disponível para leitura na página virtual da revista. O que me leva à conclusão de que, mais importante do que acumular dinheiro, é acumular saber, já que o conhecimento está aí, disponível para todos. O livro “A arte de fazer acontecer” foi publicado em 2001, e só descobri o método GTD nesse ano. O livro “O milionário mora ao lado” foi publicado mais remotamente ainda, em 1999, e eu tive a graça de consegui-lo via sebo virtual…em 2010!. […]

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes