Resenha: Investindo em small caps, de Anderson Lueders

No mercado editorial nacional, poucos são os livros que tratam, com a profundidade técnica desejável, o mercado de ações. Ora os livros são de conteúdo basilar, e, por isso, não atraem os que já têm algum tempo de mercado, ora são muito complexos, com linguagem inacessível ao público leigo. Por isso, foi uma agradável surpresa a leitura do livro Investindo em small caps, de Anderson Lueders.

Informações técnicas

Título: Investindo em small caps – um roteiro completo para se tornar um investidor de sucesso

Autor: Anderson Lueders

Páginas: 175

Editora: Campus

Preço médio: R$ 39

Compre o livro no Submarino [clique aqui]

O livro contém oito capítulos. No primeiro, contextualização, o autor insere a Bolsa dentro das alternativas de investimento disponíveis, traçando um panorama completo do mercado financeiro como um todo, além de focar na importância da educação financeira e na adoção de práticas que levem o investidor a ter sucesso no mercado acionário, como separação de capital a ser investido, não seguir os gurus de mercado, e as razões de escolha das small caps, objeto de maior aprofundamento do livro, como se observa de seu título.

O segundo capítulo explica os indicadores fundamentalistas: relação preço/lucro (o popular P/L), relação preço-valor patrimonial da ação (P/VPA), relação dividendo-preço (dividend yield), relação preço-faturamento (PSR = price sales ratio, indicador que aparece na análise de ações do Guia Invest, e que até então eu não sabia o que era), relação preço-EBITDA.

O terceiro capítulo explica as peças-chave para estudo dos balanços das empresas, com especial ênfase para a distinção entre os eventos recorrentes e os não-recorrentes nas atividades empresariais, como eles afetam de forma distinta os balanços, e enganam os investidores desatentos. São traçados ainda comentários sobre os valores tangíveis e intangíveis do balanço, e as avaliações conforme as perspectivas futuras.

O quarto capítulo consiste na avaliação dos tipos de empresas passíveis de comporem uma carteira de ações: empresas de valor, em que o ponto central de análise reside na margem de segurança, empresas de crescimento, com boas perspectivas de expansão a taxas elevadas, e empresas em situação especial, as quais estão em um cenário adverso, e buscam meios de sair dessa situação – são essas as que embutem maior risco, porém, as que premiam de forma mais robusta o investidor, caso a escolha seja acertada. A análise das empresas em situação especial constitui a parte original do livro, e que agrega à obra um diferencial extremamente positivo, sobretudo pela seriedade com que o tema é tratado.

O quinto capítulo foca nos riscos dos investimentos e na estratégia para minimizá-los, objetivando auxiliar o leitor a montar uma carteira de ações, de acordo com suas metas e prazos de investimento. Destaque especial para os seguintes pontos: características individuais do investidor, diversificação e a irrelevância da liquidez como elemento principal de análise na seleção de uma ação.

O sexto capítulo é dedicado às operações de mercado, demonstrando como freqüentes operações podem prejudicar o desempenho do investidor. Aqui, é mostrado como tirar proveito da irracionalidade do mercado, com oportunidades reveladas tanto na compra de ações, quando o mercado está exageradamente pessimista, quanto na venda de ações, quando a euforia excessiva altera os patamares razoáveis de precificação das ações.

O sétimo capítulo discute as características comportamentais do investidor, analisando os comportamentos de sucesso e os comportamentos que levam ao fracasso no mercado de ações.

O oitavo capítulo destina-se à comprovação prática do que foi abordado nos sete capítulos anteriores, já que trata da carteira small caps, que o autor criou e discutiu em seu blog Small Caps. É feito um estudo detalhado da compra de três empresas distintas, cada uma com suas especificidades. São mostradas as fontes das informações que serviram de base para as compras, bem como os resultados apresentados. Os cases são: empresa de crescimento (Pettenati S.A. Indústria Têxtil), empresa de valor (Tekno S.A. Indústria e Comércio) e empresa em situação especial (Minupar Participações S.A.).

Três aspectos interligados fazem com que esse livro apresente um grande diferencial em relação aos congêneres que tratam da Bolsa. Primeiro, a profundidade técnica com que os assuntos são abordados, principalmente em relação aos indicadores fundamentalistas e análise de balanços, sem perda do didatismo. Ou seja, mesmo para o leitor iniciante, é fácil entender os conceitos teóricos de contabilidade e economia, uma vez que a linguagem utilizada pelo autor foi bastante apropriada e conduz ao fácil entendimento de conceitos teóricos, muitos dos quais calcados em exemplos práticos não do mercado norte-americano, mas sim do mercado brasileiro recente, dos últimos anos.

Segundo, as fontes utilizadas para a elaboração do livro: quem já tem certo grau de leitura em livros de investimentos, reconhecerá e recapitulará lições extraídas de outros livros que também estão ao alcance do investidor brasileiro. Muito do que o autor fala e aborda provém de livros como “Investidor Inteligente”, de Benjamim Graham, com os comentários de Jason Zweig, “Mitos de investimentos”, de Aswath Damodaran (resenhado aqui no blog), “Investimentos: os segredos de George Soros e Warren Buffett”, de Mark Tier, dentre outros. Além das fontes bibliográficas, há também as fontes oriundas da experiência vivida pelo próprio autor no mercado acionário, o que resulta numa ótima combinação de teoria com a prática, e demonstra que é possível escrever um livro de alto conteúdo técnico com utilização de bibliografia amplamente disponível no mercado editorial, sem cair no lugar comum e na simplificação exagerada que vemos em muitos dos livros sobre mercado de ações. O livro de Anderson Lueders de fato adiciona valor ao conhecimento do leitor, e isso, por si só, já seria motivo suficiente para recomendá-lo.

Porém, existe um terceiro motivo que o diferencial dentro das publicações brasileiras: a interatividade com os leitores. Além do blog mantido pelo autor, são recorrentes os exemplos que o autor usa a partir de situações vivenciadas em fóruns de discussão da Internet – embora sem citação nominal de nenhum. Quem freqüenta há algum tempo o Fórum Clube do Pai Rico, por exemplo, deve se recordar das discussões travadas em torno de uma small cap chamada Whirpool, que, à época, chamava a atenção pelo elevado dividend yield, ou seja, pela distribuição generosa de dividendos.

Além disso, o livro está totalmente conectado à Internet, e muitas dicas de sites para o investidor brasileiro são apresentadas, a grande maioria gratuita. Ademais, quando fala de renda fixa, o autor cita com freqüência a opção de investimento em fundos imobiliários, o que denota ainda mais a sua atualidade.

O foco em small caps é mantido durante todo o livro, com exemplos práticos extraídos de recentes anos da Bolsa – tanto de small caps de sucesso quanto de small caps que viraram pó, como a Inepar e a Kepler Weber (outra muito debatida em fóruns de discussão). São mostradas, em relação às small caps, suas vantagens e desvantagens, os cuidados na seleção de empresas, onde obter as informações, e a importância da diversificação.

Quem já participa de fóruns de discussão e leu alguns dos livros mais recentes sobre investimentos, disponíveis no mercado brasileiro, perceberá que o livro é bem familiar – e de fato é.

Conclusão

Para quem deseja investir em ações individuais, ou simplesmente ampliar seu conhecimento do mercado, o livro é mais do que recomendado. A leitura flui de maneira rápida, dá para lê-lo numa tarde de sábado, por exemplo. E o conteúdo, totalmente construído com base na realidade do mercado acionário brasileiro recente, e com fundamento em sólidas lições desde há muito consagradas por autores estrangeiros (Damodaran, Tier, Graham, Buffett), nos dá a certeza de agregação de conhecimento com a sua leitura.

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Print Friendly

6 Responses to Resenha: Investindo em small caps, de Anderson Lueders

  1. José P 24 de fevereiro de 2010 at 21:07 #

    Sob risco de ser repetitivo, gostaria de deixar aqui palavras de agradecimento e incentivo pelo excelente trabalho realizado pelo Hotmar.
    Ainda que tardiamente, considero que tenho aprendido bastante acerca de investimentos e educação financeira em geral desde que incluí o blog em minha leitura diária.
    Pelo jeito ao menos estou selecionando a literatura de forma adequada, pois havia comprado o livro do Anderson Lueders semana passada :)

  2. hotmar 24 de fevereiro de 2010 at 21:27 #

    Ôpa, valeu José! :)

    Fico feliz de que esteja prestigiando nosso blog, e que nossos escritos o têm ajudado de alguma forma a lidar melhor com suas finanças!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  3. Investidor de Risco 30 de maio de 2012 at 23:46 #

    O Anderson tem o nick small caps no forum advfn e é um ícone por lá… frequentei este forum por um bom tempo e tive a satisfação de acompanhar o desenvolvimento da carteira small caps, das idéias e teorias que o Anderson propagava e por fim do lançamento do livro… espetacular… é um cara que eu respeito muito…

  4. Guilherme 2 de junho de 2012 at 14:23 #

    Legal seu depoimento, IR!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Valores Reais » Resenha: Felicidade autêntica, de Martin Seligman - 29 de maio de 2010

    […] O mais curioso é que, como tenho lido livros de diferentes áreas do conhecimento, indo de investimentos no mercado de ações até produtividade pessoal, e passando pela psicologia cognitiva e literatura brasileira, alguns […]

  2. Valores Reais » Análise do ETF que replica a carteira small caps – SMAL11 - 27 de julho de 2010

    […] Lueders, em excelente livro a respeito das small caps, resenhado aqui no site tempos atrás, comenta (p. […]

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes