[M. Halfeld – CBN] O ouvinte poupou R$ 40 por dia, e conseguiu ter dinheiro para comprar o carro à vista. E ainda sobraram R$ 9 mil

Quem acompanha o blog regularmente sabe que não é novidade o fato de eu sempre ouvir, via podcast, os comentários do Mauro Halfeld na rádio CBN. São colunas diárias curtas, de 1 a 2 minutos, em que Halfeld responde a dúvidas variadas de ouvintes, sobre investimentos, consumo, e educação financeira de uma maneira geral.

O programa apresentado na última sexta-feira apresentou um caso bem interessante. Trata-se da dúvida de um ouvinte, que conseguiu dinheiro suficiente para comprar o carro à vista. Ele, motorista de táxi há 10 anos, tinha feito a proeza de poupar R$ 20 por dia com o intuito de comprar um carro, e poupar outros R$ 20 para seguro e manutenção. Isso, realizado durante 3 anos, não só lhe garantiu a possibilidade de comprar o carro à vista, como também haviam lhe sobrado R$ 9 mil. Como ele sempre comprou carros financiados, houve uma pressão muito grande da família para que ele financiasse novamente o futuro carro, para não imobilizar capital.

A resposta do Mauro Halfeld foi simples e direta: comprar o carro à vista. Afinal, os juros do financiamento sempre superarão os juros dos investimentos – ainda mais em se tratando de poupança – de forma que, se o ouvinte já tinha conseguido juntar dinheiro para comprar à vista, a melhor opção era aquela que o fizesse depender menos do pagamento de juros.

E você? Conseguiria poupar R$ 40 por dia para um objetivo bem definido?

É claro que, no caso do motorista de táxi, é mais fácil visualizar essa poupança. Afinal, ele recebe por corrida. No caso de pessoas assalariadas, poupar R$ 40 por dia significa fazer sobrar, no final do mês, R$ 1.200. Veja bem o que eu disse, fazer sobrar. Isso inclui a dedução das despesas do mês, com alimentação, moradia, roupas, contas… No final das contas, você precisa não só ganhar mais do que R$ 1.200, como também saber quanto gasta. Daí a importância de ter um orçamento doméstico, ou seja, um controle efetivo de todos os gastos do mês.

Por exemplo, se você te uma despesa mensal média de R$ 800, terá que ter uma renda líquida de, pelo menos, R$ 2 mil, a fim de conseguir economizar R$ 1.200. Se sua despesa mensal média é de R$ 2 mil, você precisa ter rendimentos líquidos mensais de, no mínimo, R$ 3.200. E assim sucessivamente.

Uma coisa é certa: ter dinheiro suficiente para comprar um bem à vista é muito melhor do que não ter esse dinheiro, e optar pelo financiamento. Por quê? Porque você evita a escravidão dos juros. Como dissemos semana passada, sua renda líquida disponível pode não bater com a renda líquida que cai na sua conta, exatamente em função dos diversos financiamentos e prestações que você assumiu.

Todos que têm a disciplina de economizar um pouco a cada dia, no final das contas, não só diminuirão cada vez mais a dependência de ter que trabalhar para pagar as contas, como também usufruirão da liberdade que só a independência financeira é capaz de proporcionar.

Boa sorte!

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

,

14 Responses to [M. Halfeld – CBN] O ouvinte poupou R$ 40 por dia, e conseguiu ter dinheiro para comprar o carro à vista. E ainda sobraram R$ 9 mil

  1. Reverson Lima 26 de agosto de 2010 at 21:43 #

    Ótimo artigo, refletindo um pouco o meu momento.
    Estou apertando o cinto para poder poupar R$50,00 por dia com o objetivo de juntar, ao menos, 50% do valor de algum imóvel em Natal/RN.
    O problema é que aqui tem uma danada de uma bolha imobiliária e, com a copa vindo aí, os preços dos apartamentos, que já estavam nas alturas, entraram em órbita.
    Continuo em busca do sonho, que é adquirir minha casa própria financiando “apenas” 50% do valor.
    Abração, Guilherme.

  2. Guilherme 27 de agosto de 2010 at 19:48 #

    Valeu, Reverson!

    Vc está fazendo a coisa certa em escapar o máximo que puder do financiamento. Faça todo o esforço possível para fazer um pagamento de uma boa bolada como entrada, e verá que o “custo total efetivo” do imóvel será bem menor do que se resolvesse financiar 100% do imóvel.

    Coincidemente, ontem estava lendo uma reportagem da revista Exame mostrando que Natal voltou a ser um centro das atenções no setor imobiliário.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  3. T3 30 de agosto de 2010 at 20:02 #

    Oi Reverson,<br

    Queria te parabenizar. É isso mesmo cara, vai fundo!<br

    Queria também te propor umas "contas".<br

    Compare seu "custo com moradia mensal" com o custo do apartamento. Calcule no longo prazo, considerando taxas de correção como inflação no aluguel, rendimento do valor poupado (vc está investindo, certo? Se não estiver, pesquise sobre o Tesouro Direto).<br

    Enfim, brinque com uma planilha. Não tenha pressa pra ter ele no seu nome.<br

    Grande abraço!
    T3

  4. Valdir França 18 de novembro de 2010 at 8:27 #

    Bom dia, Gostaria de saber qual a melhor forma para investir em papeis do tesouro nacional, porque eu tenho uma aplicação de cerca de 100 mil reais que está alicada em papeis no banco bradesco, mas não sei que papeis são esses, porque tenho acompanhado o rendimento diário e esse não passa de cerca de 0,6 ao mês. Vocês tem uma sugestão melhor para essa aplicação? Obrigado.

  5. Jônatas 18 de novembro de 2010 at 9:01 #

    @Valdir França
    Sendo seu objetivo o menor risco possível, hoje, o Tesouro Direto é excelente opção.
    Agora lhe recomendo a procurar um consultor financeiro, você tem uma quantia significativa e confiar no gerente do banco é péssimo negócio.

    Abraço!

  6. Guilherme 19 de novembro de 2010 at 11:18 #

    Valdir, faço do Jônatas minhas palavras. Procure diversificar esse investimento.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  7. Bruno 20 de junho de 2011 at 20:21 #

    Boa noite. Possuo uma renda de R$2.500,00 por mês. Tenho hoje R$9.000,00 em Tesouro Direto, R$6.000,00 em Previdencia Privada (contribuindo R$100,00 por mês) e R$2.000,00 na Poupança para uma Reserva.
    Atualmente dei entrada em um Apartamento na planta cujo valor é R$140.000,00. Dei R$40.000,00 de entrada e financiarei r$100.000,00 quando o Apt estiver pronto. Entretanto, quero vendê-lo antes do FInanciamento começar, para nao pagar Juros, mas , se eu nao conseguir, ficarei apertado com as despeas.
    O que devo fazer? Acham que fiz e que tenho feito investimentos certos?
    Um grande abraço a todos.

  8. Guilherme 22 de junho de 2011 at 6:50 #

    Bruno, é preciso avaliar suas necessidades em relação a esse apartamento comprado na planta. Você mora de aluguel e pretendia morar nele? Se sim, então acredito valer mais a pena continuar com as prestações, mesmo que fique apertado temporariamente. Isso porque, quando o apto estiver pronto e você for se mudar para lá, você deixará de pagar aluguel, melhorando a folga em seu orçamento doméstico, e ainda terá no patrimônio um bem cujo valor pode se apreciar no decorrer do tempo.

    Mesmo que você atualmente tenha casa própria, analise se não valeria a pena ocupar e se mudar para esse apto novo. Você deve ter feito a análise de algumas vantagens dele em relação à sua atual moradia.

    Agora, caso você tenha comprado o apto novo somente como investimento, diante do seu aperto financeiro atual, considero prudente tentar repassá-lo adiante, tendo em vista que você pode ser obrigado a assumir ainda mais dívidas atualmente para dar conta de todas as “contas”.

    Por último, analise seu orçamento doméstico atual, e verifique quais despesas podem ser eliminadas ou mesmo atenuadas.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  9. Cicero Andrade 15 de novembro de 2012 at 16:27 #

    Concordo com mauro halfeld, pagar a vista e a melhor opcao, no meu caso sempre tento pagar a vista, com essa conduta consigo de 20% a 40%, dependento da promocao. nas americanas.com

    pagar no cartao de credito pode ter um aumento covarde de juros se pagar so o minimo do cartao.

    Sou um ouvinte dos belos conselho de Halfeld esse homem tem muita sabedoria no campo financeiro li o seu livro tambem e pude constatar o quanto ele ‘e inteligente.

    • Guilherme 15 de novembro de 2012 at 18:10 #

      Concordo, Cícero, os comentários do Halfeld são muito bons de se ouvir e praticar.

      É isso aí!
      Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Ricardo Soares - 24 de agosto de 2010

    Homem poupou R$ 40 por dia e conseguiu ter dinheiro para comprar o carro à vista. E ainda sobraram R$ 9 mil. – http://migre.me/177oK

  2. Valores Reais » Pra quê a pressa em comprar (digo, financiar) um imóvel? - 27 de agosto de 2010

    […] para dar de entrada, financiando os restantes R$ 150 mil, como pretende fazer, inclusive, o leitor Reverson. Dessa forma, os juros não pesarão tanto no preço final do […]

  3. Links da semana - 28 de agosto de 2010

    […] Valores Reais – [M. Halfeld – CBN] O ouvinte poupou R$ 40 por dia, e conseguiu ter dinheiro pa… […]

  4. Valores Reais » Você consegue poupar R$ 40 por semana, durante 3 meses? - 5 de setembro de 2010

    […] pergunta tem um propósito. Há alguns dias, mencionamos o caso comentado por Mauro Halfeld em seu programa na rádio CBN, do sujeito que economizou R$ 40 por dia, e conseguiu, ao final de 3 anos, não só ter dinheiro […]

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes