Resenha: The Little Book of Main Street Money, de Jonathan Clements (livro em inglês) – Introdução, e Capítulos 1 a 10

Nossa vida financeira não se restringe aos investimentos. É preciso também cuidar de todos os outros aspectos das finanças que também influenciam nossa vida. Isso porque praticamente tudo o que fazemos tem uma repercussão econômica, quer queiramos, quer não. Dessa forma, ter uma visão ampliada acerca do gerenciamento de nosso dinheiro é um requisito essencial para termos paz de espírito e tranquilidade para poder tocar a vida.

Nesse contexto, veio a calhar a leitura do livro The Little Book of Main Street Money: 21 Simple Truths that Help Real People Make Real Money, de Jonathan Clements. São 21 regras práticas que, apesar de serem primariamente dirigidas ao leitor norte-americano, aplicam-se com tranquilidade também à realidade do leitor brasileiro. E como a preocupação do blog Valores Reais é sempre trazer conteúdo de altíssima qualidade, temos a satisfação de resenhar mais esse excelente título, cuja leitura no Kindle ficou ainda muito mais agradável, haja vista a ausência de tabelas, gráficos e similares. 😀

Informações técnicas

Título: The Little Book of Main Street Money: 21 Simple Truths that Help Real People Make Real Money

Autor: Jonathan Clements

Número de páginas: 194

Preço médio: US$ 11,99

1 | Our finances are bigger than a brokerage account

Ter sucesso na vida financeira não se reduz a ter sucesso nos investimentos. Vai muito além disso. Significa também gastar menos do que se ganha, não viver enrolado em dívidas, ter um fundo de emergência bem sólido… enfim, não basta investir bem o dinheiro. Deve-se também saber lidar com ele.

2 | We can´t have it all

Nossos desejos serão sempre maiores do que nossos recursos financeiros. Os desejos são infinitos, mas os recursos são escassos. O que fazer, então? Focar seus gastos nas áreas nas quais você mais valoriza. Além disso, comece a poupar para a aposentadoria o quanto antes, preferencialmente na faixa dos 30 anos, ou até antes. Isso ampliará seu leque de opções no futuro.

3 | Money can buy happinness – if we spend it carefully

Esse é inclusive o título de um livro resenhado tempos atrás: Dinheiro pode comprar felicidade, de MP Dunleavey, Devemos concentrar nossos gastos em coisas que realmente importam para gente, e que estejam alinhados com nossos valores mais caros: família, amigos, saúde etc. Isso irá maximizar nosso grau de felicidade.

4 | Even the best investors need to be great savers

Qual é o pressuposto básico para investir? É gastar menos do que se ganha. E como se consegue gastar menos do que se ganha? Vivendo uma vida de frugalidade.

5 | Time is as valuable as money

Tão importante quanto cuidar bem do dinheiro que se ganha e que se gasta, é cuidar bem do tempo que nós, infelizmente, só gastamos. Dessa forma, quanto antes se começar a investir, mais poderemos nos beneficiar da “mágica dos juros compostos”. Deixar o tempo trabalhar a nosso favor é elemento crucial para um bom plano de investimentos.

6 | No investment is risk-free

Nenhum investimento é livre de risco. A poupança pode perder da inflação, diminuindo seu poder de compra (e isso ocorre com frequência). O Governo pode dar calote nos títulos públicos (hipótese remota, mas não impossível). As ações sujeitam-se aos riscos das empresas e do mercado, dentre outros. O que fazer, então? Diluir os riscos por meio da diversificação. Colocar parte dos ovos, quero dizer, do dinheiro, em investimentos conservadores, e outra parte, em investimentos de maior risco, justamente para aproveitar maiores rentabilidades. E lembre-se de que o maior risco, no longo prazo, não é a volatilidade, mas sim a depreciação, do poder de compra da moeda, causada pela inflação.

7 | Portfolio performance: it´s all in the mix

Uma continuação natural do capítulo anterior. Procure não concentrar seus investimentos em poucos ativos. Dê preferência a um leque mais amplo de alternativas: ações, renda fixa, imóveis, câmbio, metais etc. E não se esqueça de fazer os rebalanceamentos periódicos, a fim de equilibrar sua carteira de volta aos percentuais-alvo.

8 | Stocks are worth something

Esse livro foi escrito logo após o crash de 2008, onde muitas pessoas acabaram retirando, com perdas, o dinheiro que estava investido em ações. Daí a preocupação do autor em reeducá-las, e lembrá-las de que as ações apresentam valor intrínseco, constituindo a melhor opção para maximizar o retorno no longo prazo.

9 | To add wealth, we need to overcome the subtractions

Preste atenção nos custos dos investimentos. 1% de economia na taxa de administração pode até não repercutir muito numa carteira de R$ 1 mil, mas fazem toda a diferença numa carteira com patrimônio de R$ 1 milhão, ou mesmo de R$ 100 mil ou R$ 10 mil. Se você não se preocupar com os custos, impostos e inflação, você não estará construindo riqueza. Preocupe-se menos com a volatilidade de curto prazo, e foque sua atenção nas coisas que você pode controlar, como corretagens, taxas de administração e o diferimento no pagamento dos impostos. Lembre-se, só a título de exemplo, que, na renda fixa, quanto mais tempo você deixar seu dinheiro rendendo, menos imposto de renda você pagará (a alíquota de IR começa em 22,5% e vai até o máximo de 15%).

10 | Aiming for average is the only sure way to win

Não entre no jogo tolo de tentar bater o mercado. Fique satisfeito com os investimentos indexados, que são uma forma simples e inteligente de investir seu dinheiro, Nós não investimos para tentar ganhar do mercado, nós investimos para realizar nossas metas não-financeiras. Dinheiro é meio, e não fim. Quanto menos tempo você gastar nesse “jogo de tolos”, mais tempo você terá para fazer coisas que realmente agreguem valor à sua vida. Cole seu investimento num fundo de índice, e seja feliz!

————————

Amanhã publicaremos a segunda parte da resenha, comentando as verdades 11 a 21, e fazendo a conclusão final. Não percam! Smile

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Print Friendly

4 Responses to Resenha: The Little Book of Main Street Money, de Jonathan Clements (livro em inglês) – Introdução, e Capítulos 1 a 10

  1. Jônatas 27 de novembro de 2010 at 18:02 #

    Estarei aguardando a segunda parte Guilherme,

    Abraço!

  2. Henrique Carvalho 27 de novembro de 2010 at 18:50 #

    Mais uma excelente resenha Guilherme!

    Ler no kindle está aumentando sua produtividade!!! E só de poder ler o livro no mesmo dia da compra, já traz uma enorme vantagem! Pontos para o Kindle!

    Aguardo a parte II da resenha!

    Abraços!

  3. Guilherme 28 de novembro de 2010 at 15:13 #

    Valeu, pessoal!

    Henrique, essa é uma das grandes vantagens do Kindle: não ter que esperar o livro chegar. Ganhamos precioso tempo com essa praticidade!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Resenha: The Little Book of Main Street Money, de Jonathan Clements (livro em inglês) – Capítulos 11 a 21, e Conclusão final « Valores Reais - 14 de julho de 2011

    […] artigo por email « As coisas com as quais você se importa IMPORTAM para você?    Resenha: The Little Book of Main Street Money, de Jonathan Clements (livro em inglês) – Intro… […]

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes