Banco do Brasil (BB) muda para pior programa de relacionamento… versão 2011… para clientes Estilo

1 Flares Twitter 1 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io Made with Flare More Info'> 1 Flares ×

Dando sequência à nossa série de artigos Banco do Brasil (BB) muda para pior programa de relacionamento, que teve início em 2010, continuou nesse ano, com o artigo Banco do Brasil (BB) muda para pior programa de relacionamento… versão 2011, e prosseguiu com o post Ponto pra você: BB “lança” acelerador de pontos, inclui bônus de adesão, mas limita a transferência de pontos entre clientes, o leitor Dileão nos deu a dica:

“Guilherme, sai no site do BB Estilo o novo regulamento do Ponto pra Você. Agora tem que ter no mínimo R$ 60.000,00 em investimentos para isenção do pacote de serviços, e cada R$ 1.000,00 geram 1 ponto no programa de pontos no cartão”.

De fato, as novidades já constam na página do BB Estilo:

As mudanças foram para pior por 2 motivos: primeiro, porque diminuiu a pontuação dos investimentos. Até agora, por exemplo, R$ 1.050 num CDB dava direito a 3 pontos, os quais, por sua vez, transformavam-se em 1,5 ponto no programa do cartão (= milhas aéreas). Com o novo sistema, esses mesmos R$ 1.050 darão direito a apenas 1 ponto, o que equivalerá a apenas 0,5 ponto no programa do cartão.

E, segundo, porque aumentam o volume mínimo necessário para obtenção de redução/isenção no pacote de serviços. Atualmente, considerando-se exclusivamente o volume de investimentos, com R$ 52.500 em CDB consegue-se isenção do pacote de serviços (pois eles equivalem a 150 pontos, o mínimo necessário para obtenção da isenção). A partir de novembro, serão necessários R$ 60k. Pior: manter o salário no banco, usar o home banking, ter posse de seguro, ter tempo de relacionamento etc. etc. etc., deixarão de pontuar no programa de relacionamento. Como já afirmamos em outra oportunidade:

Trocando em miúdos, o que está ocorrendo é o seguinte: o antigo programa que estava baseado em relacionamentos com o banco (valorização de uso de serviços como débito automático, Internet, recebimento de salário, tempo como correntista etc.), está, gradativamente, se convertendo em programa baseado pura e simplesmente em investimentos (em que só se valoriza a manutenção de aplicações financeiras, via de regra, em produtos do banco).

Por outro lado, se há alguma coisa positiva nesse novo sistema, essa coisa positiva reside na “unificação” dos “valores” dos investimentos para obtenção da isenção. Em outros termos: no atual sistema, para ter isenção, ou o sujeito tem R$ 52.500 em CDB, ou R$ 60.000 em poupança (uma vez que 1 ponto requer R$ 400 em poupança), ou R$ 108.000 em previdência aberta (uma vez que para conseguir 1 ponto em previdência é necessário ter R$ 720 de saldo médio diário em previdência). Ou seja, no sistema de pontuação atual, o banco valoriza mais a posse de CDBs e fundos do que a própria previdência.

Com a nova sistemática, todos os investimentos passam a receber o mesmo “tratamento” para fins de isenção/redução no pacote de tarifas.

No entanto, fica aqui a crítica para o fato de terem deixado de fora, no cálculo do volume de investimentos, as aplicações em ações, como faz o Itaú Personnalité, e ações + Tesouro Direto, como faz o HSBC Premier, como, aliás, já havíamos apontado nesse tópico: Macete para obter redução/isenção na mensalidade do pacote de serviços do Itaú Personnalité e HSBC Premier: manter custódia de ações na corretora do banco.

Em relação ao “acelerador de pontos”, dissipou-se a dúvida que até então existia (se ele valia para uma única compra, ou para o total de compras num dado mês): valerá o total das compras, conforme nova tabela postada no site:

(Será que o pessoal do BB estaria lendo o blog, para fazer esse “esclarecimento”!? :-) )

Resumindo, termino com uma frase que considero ser bastante apropriada no contexto desse artigo: “como é difícil elogiar banco nesse país“!!! :P

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

,

18 Responses to Banco do Brasil (BB) muda para pior programa de relacionamento… versão 2011… para clientes Estilo

  1. anonimo 20 de outubro de 2011 at 17:56 #

    rapaiz, com o corte da taxa selic, em qual título do tesoro direto vc jogaria suas moedas?

  2. Guilherme 20 de outubro de 2011 at 20:46 #

    - Para quem se sente inseguro com a política monetária e o cenário futuro >>> LFT, que “cola” na SELIC, seja na baixa, seja na alta;

    - Para quem acredita que a SELIC continuará com a trajetória de queda >>> LTNs, que ainda estão pagando de 10 a 11% a.a. brutos;

    - Para quem visa o longo prazo e quer proteção real >>> NTN-Bs, que garantem juros reais em torno de 5% a.a. brutos

    Em resumo: eu faria um mix com as três. Eu jogaria “triplo”. :-D

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  3. Gustavo 20 de outubro de 2011 at 20:58 #

    Guilherme sempre rapido no gatilho!! =) Acho q vc trabalha no BB enão conta pra gente rsrsrs Abraços!!

  4. Juliano 21 de outubro de 2011 at 17:01 #

    A inflação está mostrando as caras até no programa de relacionamento…

  5. I40 21 de outubro de 2011 at 21:07 #

    Na Caixa, basta ter 18k na poupança, na média de 3 meses para ter isenção total de tarifas.

    Abraço

    I40

  6. Henrique 22 de outubro de 2011 at 14:38 #

    Olá,

    Minha esposa tem conta no Banco do Brasil, e eu nunca entendi qual é a lógica por trás desse “benefício” de taxas de juros diferenciadas.

    Vamos supor que eu tenha 100K investidos no BB, então olha só que legal: tenho uma taxa “reduzida” de 7,23% na conta especial.

    Mas pérai… se eu tenho dinheiro aplicado no banco, por que diabos eu vou pegar dinheiro emprestado, catso? Não dá para entender!

    Henrique

  7. Flavio 22 de outubro de 2011 at 21:27 #

    Henrique,
    Realmente, é estranho, mas em alguns casos faz sentido.
    Por exemplo: se o cliente tem esse valor aplicado num PGBL e seria tributado em 10% (ou mais) ao sacar alguma quantia, pode fazer sentido tomar um empréstimo a essa taxa por algum tempo.

    Mas, reza o bom senso financeiro que devemos ter uma reserva de liquidez para emergências e/ou para aproveitar oportunidades de investimentos que venham a surgir.

  8. Guilherme 26 de outubro de 2011 at 12:04 #

    Gustavo, não trabalho não…..rsrsrr

    Juliano, concordo!

    I40, grato pela informação!

    Henrique, a “lógica” parece ser a seguinte – além da explicação do Flavio: uma vasta base de clientes ainda recorre a dinheiro emprestado, mesmo tendo vultuosas somas no banco. É a falta de cultura de educação financeira até entre os que tem mais dinheiro….

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  9. Dileao 29 de outubro de 2011 at 16:54 #

    Caro Guilherme,

    No primeiro parágrafo após a primeira imagem do seu texto creio que possa haver um equívoco. Segundo entendi com base nas informações divulgadas no site do BB, a cada R$1.000,00 em saldo de investimentos se conquista 1 ponto diretamente no programa de pontos do cartão, e não 0,5, já que essa relação de pontuação pela metade deixará de existir, pois a própria pontuação do relacionamento será abolida. Como sobrará apenas a pontuação do cartão, esse 1 ponto será diretamente nele, sem passar pela redução de 50% como é feita atualmente na transferência dos pontos do relacionamento para os pontos do cartão.

    No geral, essa mudança do BB foi um grande tiro no pé, pois eu mesmo cheguei a contratar alguns serviços do banco com a finalidade de conquistar mais pontos e me isentar da tarifa de R$39,00 por mês (R$468,00 por ano!) de manutenção de conta corrente. Contratei seguro de carro, seguro de vida, pacote de SMS…

    Enfim, a partir do ano que vem isso não mais será um diferencial. Deixarei a cota mínima de investimentos para ter isenção de tarifa da conta corrente no banco e procurarei outros produtos financeiros no mercado ou em outros bancos, sem sequer ponderar as vantagens indiretas que teria caso contratasse com o BB, já que não mais existirão.

    Confesso que me impressiona a capacidade de alguns “gestores” em afundar a imagem e a reputação (para não dizer rentabilidade) de uma empresa no longo prazo em busca de resultados imediatos. Lucro hoje, mas menos clientes e produtos vendidos amanhã. Isso pra mim é um pensar muito pequeno…

    Abraços,

    Dileao.

    p.s.: esse meu último parágrafo vem muito da minha última frustração com o mundo empresarial. Outro dia fui comprar um chinelo Rider (aquele que dava férias para seus pés) e adivinha? Não existe mais… agora é igual Havaianas, acredita? Acho que vale um artigo qualquer dia, porque simplesmente jogaram na lata de lixo umas três décadas de marca em busca de um resultado imediatista…

  10. Guilherme 30 de outubro de 2011 at 18:18 #

    Dileão, quanto à pontuação de investimentos para fins de pontos no programa do cartão, tem razão! Vou fazer a edição do texto.

    E tem razão também sobre a política regressiva do banco. Uma pena.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

    p.s.: saudosos tempos dos chinelos Rider – acompanhada daquela música “Descobridor de Sete Mares” no comercial famoso nos anos 90… uma pena que tenham desperdiçado agora a oportunidade de fazer diferente….

  11. Credenciamento Finame 22 de novembro de 2011 at 13:29 #

    Ha muitos ainda que são pessoas mau informadas, acaba até mesmo entrando em frias por conta de “ignorancia” mesmo!

  12. Eduardo Pena 7 de dezembro de 2011 at 11:43 #

    Guilherme o seu post é muito válido, pois a mudança foi para pior. Procurando as informações no site do BB, encontrei uma tabela válida a partir de 05/11 com novos valores para a isenção de tarifa. Nessa nova tabela, com inverstimentos a partir de R$ 40.000,00, já é possível a isenção.

    http://www.bb.com.br/docs/pub/voce/dwn/TabelaPacoteVar.pdf

    O caminho para o link está nessa página:
    http://www.bb.com.br/portalbb/page44,116,2045,1,1,1,1.bb?codigoMenu=164&codigoNoticia=762&codigoRet=5553&bread=4

    Um abraço.

  13. Guilherme 7 de dezembro de 2011 at 15:00 #

    Credenciamento, verdade.

    Eduardo, obrigado pelos links!

    Examinando as informações do BB, é possível vislumbrar duas classes de clientes pessoa física:

    - Clientes com renda menor que R$ 6 mil ou investimentos menores que R$ 100 mil ou renda bruta agropecuária inferior a R$ 1,5 milhão/ano: para a isenção, são necessários R$ 40 mil em investimentos, conforme a tabela que você postou.

    - Outros clientes (Estilo, p.ex.): isenção válida para investimentos de, no mínimo, R$ 60 mil.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  14. Luciana 28 de dezembro de 2011 at 21:06 #

    Olá a todos!
    Alguém sabe e/ou tem o link sobre as regras de isenção da anuidade dos cartões do BB via gastos nos mesmos?
    Obrigada,
    Luciana

  15. Guilherme 28 de dezembro de 2011 at 22:01 #

    Olá, Luciana!

    Sobre as regras de isenção com base em gastos, infelizmente, essa é uma das coisas obscuras que o BB não divulga, pois esses dados não ficam disponíveis ao público.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  16. Marcelo Carnaúba 14 de junho de 2012 at 12:13 #

    Ontem(dia 14/06/12) recebi uma mensagem no internet banking comunicando uma mudança nas regras de pontuação. Usando o cartão de crédito, eu ganhava 1.6 pontos para cada 1 dólar gasto. Agora diminuiu a pontuação, hoje irei ganhar SOMENTE 1 PONTO para cada dólar gasto, e meu cartão é “PLATINUM ESTILO”.
    Gostava bastante de receber 1.6 pontos por dólar pois transformo em milhas Smiles. Estão pedindo pra eu sair!! E é isso que vou fazer!
    Banco do Brasil Estilo está piorando seus serviços.

    • Marcelo Carnaúba 17 de junho de 2012 at 0:24 #

      Falei com um outro gerente, e ele me falou que foi reduzido somente quando usado o cartão para pagamento de títulos, boleto… Agora não sei mais de nada…

      • Guilherme 6 de julho de 2012 at 8:09 #

        Oi Marcelo, realmente o BB cada vez piorando a vida dos clientes, reduzindo os benefícios.

        Quanto à pontuação, de fato a redução vale apenas para pagamento de títulos. Para compras a crédito, permanece a pontuação normal.

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes

1 Flares Twitter 1 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 1 Flares ×