Agora já são 7 as corretoras que não cobram taxa de custódia para operar no Tesouro Direto!

8 Flares Twitter 5 Facebook 3 Google+ 0 Filament.io Made with Flare More Info'> 8 Flares ×

Investir no Tesouro Direto – o investimento mais seguro disponível no mercado brasileiro – está cada vez melhor. Além das melhorias prometidas para o ano que vem – que incluem diminuição da aplicação mínima, reinvestimento automático dos juros dos papéis que pagam cupons semestrais, além de diminuição dos custos operacionais, conforme explicamos nesse artigo: Valores Reais Express: investimentos no Tesouro Direto cairão para R$ 30, títulos privados no home broker em 2012, e reforçando a importância da diversificação na carteira de fundos imobiliários (caso NSLU11B) – e da promoção do Tesouro por diversos setores do Estado e da sociedade, inclusive da Receita Federal, está aumentando o número de corretoras que não cobram taxa de custódia (lembre-se, porém, de que, além da taxa do agente de custódia, existe a taxa da CBLC, de 0,3% a.a., + taxa de 0,1% no momento da compra do título).

Até bem pouco tempo atrás, as corretoras que não cobravam taxa de custódia eram as da tríade Banif, Spinelli e Socopa. Porém, com a “mãozinha” da Bovespa, conforme anunciado nesse artigo: Bolsa cria programa para ampliar número de investidores no Tesouro Direto… mas dando incentivo financeiro justo para as corretoras!!??, hoje esse número mais do que dobrou, existindo atualmente sete corretoras que cobram taxa de 0,00% (ou seja, nada) para operar no Tesouro Direto. Segue a lista, extraída diretamente da página oficial do programa Tesouro Direto:

Se alguém souber o motivo de o Banco Daycoval, apesar de não cobrar taxa, cobrar entre 0 e 0,25% ao ano, favor explicar na caixa de comentários (porque isso me parece contraditório).

Dessas sete corretoras, três – justamente as da tríade original (Banif, Spinelli e Socopa) – são agentes integrados, ou seja, oferecem uma facilidade, na qual o investidor pode efetuar compras (e vendas) de títulos do Tesouro Direto diretamente em seu site. Aliás, diga-se de passagem que o fato de ser um agente de custódia integrado deve ser um dos principais motivos pelos quais o Banco do Brasil seja o líder no ranking dos agentes por números de compras. Afinal, quem é correntista do BB e consegue o cadastro no Tesouro pode comprar e vender títulos do TD a partir do próprio home banking, o que é uma comodidade e tanto (embora eu particularmente ache que essa comodidade não valha os 0,5% de taxa de custódia que eles cobram). Eu mesmo  comecei a operar no Tesouro Direto no Banco do Brasil, lá nos idos de 2006, mas, evidentemente, como tudo na vida, evoluí e passei a operar por uma dessas corretoras listadas aí em cima (digamos que eu tenha seguido intuitivamente o pensamento de J. Bogle a respeito, conforme escrevi nesse outro texto: A mágica dos juros compostos você já conhece. Mas… e a tirania dos custos compostos?). ;-)

Ainda em relação à tabela acima, o prazo de repasse dos recursos, de acordo com a explicação contida no link acima referido, “leva em consideração o dia em que os recursos são depositados na conta da Instituição Financeira (Agente de Custódia). Os recursos financeiros referentes ao pagamento de cupom de juros e ao resgate do título, por ocasião de seu vencimento, estarão disponíveis na sua Instituição Financeira, a partir de 13h00 do mesmo dia de seu pagamento. Já os recursos resultantes de venda antecipada de títulos estarão disponíveis na Instituição Financeira, a partir de 13h00 do dia seguinte ao da venda”.

O interessante a notar é que outras corretoras também estão se animando a baixar o valor das taxas de custódia (ou “administração”, na linguagem do Tesouro), mas não a ponto de fazer frente às corretoras acima mencionadas. Exemplo: Itaú, que cobrava a horrorosa taxa de 4% a.a. + R$ 25 por operação (tá loco!?), resolveu baixar para 1% a.a. Grande mudança, continua sendo a corretora mais cara  do mercado, como se isso fosse colocar em perigo os seus fundos de investimento (que, não por acaso, continuam a estar entre os mais caros do mercado). Aliás, como quase tudo no Itaú que costuma ser caro – quando comparado ao da concorrência: tarifas de manutenção de conta-corrente, seguros e até a cotação do dólar utilizada no cartão de crédito

Por outro lado, o banco HSBC, que cobra 0,3% a.a. de taxa (uma das menores dentre os grandes bancos de varejo), tem como um de seus diferenciais permitir que o valor dos investimentos em Tesouro Direto seja computado para fins de obtenção de redução/isenção da tarifa do pacote de serviços, conforme explicamos nesse artigo: Macete para obter redução/isenção na mensalidade do pacote de serviços do Itaú Personnalité e HSBC Premier: manter custódia de ações na corretora do banco.

Para encerrar, deixo aqui uma seleção de links com mais alguns artigos escritos no blog para saber mais a respeito do Tesouro Direto:

- A matemática não mente – Parte 2! Tesouro Direto está dando um banho nos fundos de renda fixa dos bancos de varejo.

- A matemática não mente: Tesouro Direto está dando um banho nos fundos dos bancos de varejo. Desde que…

- [via Estadão] Governo planeja extinguir as LFTs do Tesouro Direto

- Quanto maior a inflação, menor será o ganho real líquido com as NTN-Bs

- NTNB Principal 2035: investindo no Tesouro Direto com menos de R$ 100

- Títulos do Tesouro Direto indexados à inflação

- Tesouro Direto no Jornal Nacional! (e essa não é uma pergunta, é uma afirmação. Ou melhor, uma exclamação!)

- Dica de site do dia: Investindo no Tesouro

- Novo simulador do Tesouro Direto – interface amigável

Importante também destacar os ótimos textos escritos no Blog do Investidor, sobre estratégias criativas e originais para se operar no Tesouro:

- Qual Título Público escolher: LTN ou LFT?

- Estratégia de investimento mensal com Títulos Públicos pré-fixados

- Como investir para a Aposentadoria com Títulos Públicos?

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

,

46 Responses to Agora já são 7 as corretoras que não cobram taxa de custódia para operar no Tesouro Direto!

  1. Henrique Carvalho 28 de novembro de 2011 at 12:15 #

    Está melhorando! :)

    E obrigado pela lista dos links sobre Tesouro Direto Guilherme.

    Grande Abraço!

  2. Gouvea 28 de novembro de 2011 at 21:09 #

    A Socopa não cobra taxa alguma.

    Off:

    Alguém já participou da Apimec Bradesco..?

    É que vai ter uma em minha cidade e me mandaram um convite….Alguma vantagem em participar?

    Abs.

  3. anonimo 29 de novembro de 2011 at 0:52 #

    essas corretoras não cobram taxa no td esperando que este seja um atrativo, mas esperam que o cliente invista em renda variável também. mas e se o cliente ficar só no td? qual a vantagem pra corretora?

    • MJC 29 de novembro de 2011 at 7:04 #

      A vantagem é que parte do que o cliente paga para a CBLC é devolvida para a corretora….

  4. Rosana 29 de novembro de 2011 at 21:23 #

    Muito legal você ter criado esse post!
    Não sei se você lembra, eu comentei em outro artigo que entrei em contato com a Concórdia para saber as taxas. Segundo eles, não haveriam taxas e quando perguntei se para operar somente Tesouro Direto haveria alguma cobramça, não responderam absolutamente nada. As primeiras repostas foram bem rápidas e já fazem quase 2 semanas que não recebo a última resposta. Disseram que enviariam a pergunta ao setor responsavel e… até agora nada.
    É como você disse: precisamos estar atentos as taxas (por ex, para retirada de dinheiro para a cc, etc) então, eu desanimei em relação a Concórdia pois para mim faltou transparência.

    Da EasyInvest o que recebi foi:
    “- Após abrir sua conta e nos informar que somente irá operar com títulos do Tesouro Direto, não terá cobranças até dezembro de 2012. Após esta data, ainda não está definido se haverá alguma taxa.”
    Mas se não me engano foi essa que você falou que cobra a retirada do resgate para a cc.
    De alquer forma, por enquanto continuarei com a Octo pois cobram 0,30% mas não tem nenhuma taxa a mais. E espero que eles também diminuam assim como outras corretoras começaram a fazer.
    Abraços e sucesso!

    • Darlan 30 de novembro de 2011 at 15:27 #

      Rosana,

      Talvez a Concórdia tenha alguma pegadinha, como a EasyInvest, e não esteja querendo revelar antes de você contratá-la …

      Guilherme, talvez o banco Daycoval utilize alguma taxa flutuante, como algumas corretoras faziam com as taxas de corretagem, e a taxa zero de TD só deva ocorrer sob algumas condições, ou em alguns momentos. Não tenho certeza, estou apenas supondo.

      Abçs.

  5. Marco 29 de novembro de 2011 at 22:21 #

    Parabéns por este blog com temas tão interessantes. Dentro deste tópico de renda fixa gostaria de ter algumas opiniões de vocês. Tem pouco mais de três anos que estourou a crise nos EUA, e como vocês devem lembrar, nesta época, devido a escassez de crédito, os bancos no Brasil começão a pagar boas taxas nos CDB’s. Neste período então eu fiz algumas aplicações em CDB’s com taxas acima da CDI. Infelizmente estes títulos vão vencer nas próximas semanas e as taxas dos CDBs hoje em dia não são mais as mesmas. Esta parte da minha carteira gostaria de manter atrelada ao CDI, de preferencia acima do CDI. Uma possibilidade que tenho ouvido falar são os LCI que tem o mesmo risco dos CDBs(risco do banco com garantia do FGC até 70.000), mas paga uma taxa liquida melhor. Vocês tem alguma dica a respeito de onde encontrar uma boa taxa em um bom banco ou se tem algum outro papel privado interessante sendo lançado por agora.

  6. Fábio 30 de novembro de 2011 at 15:37 #

    Também estou no mesmo caso que o comentário anterior. Gostaria de dicas para reinvestir com taxa acima do CDI . Obrigado. Parabéns pelo blog

  7. Rosana 30 de novembro de 2011 at 15:45 #

    Darlan,
    Eu não duvido nada do que está falando. Por isso continuarei com a Octo mesmo. No primeiro momento os e-mails foram muito rápidos e cordiais. E depois sumiram. Capitalismo selvagem. rsrsrs

  8. Gisely Chessed 30 de novembro de 2011 at 17:42 #

    Guilherme, depois vou te enviar um e-mail com um depoimento sobre o uso das técnicas de cancelamento do cartão de crédito para renovação de matrícula escolar. Foi totalmente sem planejamento mas eu economizei horrores!bjss

  9. Guilherme 30 de novembro de 2011 at 21:53 #

    Henrique, obrigado!

    Gouvea, eu nunca participei, mas acho interessante comparecer para ver se vale a pena.

    Rosana, obrigado! Lembro sim do email que você havia enviado para a Concórdia. Muito estranho eles não terem respondido o email. Ou melhor, nem tão estranho assim, afinal, talvez eles queiram que o cliente somente opere via home broker. É o tal do capitalismo selvagem…..rsrsrsrs

    Darlan, grato pela explicação. Acho que deve ser por aí mesmo…

    Marco, primeiramente, parabéns por ter conseguido excelentes taxas naquela crise de seca de crédito de 2008. Investimentos que paguem acima do CDI implicam, por sua própria natureza, riscos inerentes aos emissores, ou riscos derivados das flutuações de mercado. Portanto, se quiser taxas atreladas ao CDI, ou acima do CDI, terás que ver se a relação risco/retorno lhe é atrativa. Algumas opções pra você e pro Fábio:

    – LCIs;
    – CDBs de bancos médios/pequenos;
    – Títulos prefixados do Tesouro Direto: entretanto, tenha consciência de que, em eventual subida brusca da SELIC, o que parece improvável num cenário de curto/médio prazo, pode haver rentabilidade abaixo do CDI. O problema é que, com essa queda da SELIC pra 11%, hoje só se consegue papéis acima de 11% se tiverem vencimento muito longo (ou nem isso). Uma alternativa seriam os títulos pós-fixados a índices de preços, mas o risco de perder do CDI também continua.

    Gisely, envie sim, estou no aguardo e ansioso pela matéria! Quem sabe não vira matéria-prima para um artigo no blog!?

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  10. Rosana 11 de dezembro de 2011 at 11:46 #

    Guilherme,
    Estou pensando em abrir uma conta na Easyinvest já que até 12/12 não haverão taxas para o TD. E a Concórdia não respondeu mesmo…
    Tenho uma dúvida:
    A taxa que será cobrada após essa data incidirá também sobre os títulos comprados anteriormente? Explicando melhor, por ser uma taxa cobrada anualmente, se você comprar um título com vencimento para 35 por exemplo, até lá esse título terá taxa zero?
    Muito obrigada mais uma vez!

  11. Gouvea 11 de dezembro de 2011 at 13:41 #

    Abri minha conta na Socopa, eles não cobram taxa p/ investir no TD e nem tarifa de saque . Custo será apenas de DOC/TED , sendo que isso também pode ser de graça caso vc tenha uma conta digital( no BB e Itaú).

    As corretoras mais vantajosas são:

    MyCap ( p/ ações lote integral e fracionário – p/ quem não investe todo mês)

    Octo ( ações lote fracionário e p/ quem investe todo mês)

    Socopa ( Tesouro Direto) ou EasyNet

  12. Guilherme 11 de dezembro de 2011 at 18:45 #

    Rosana, pelos termos da promoção da Easyinvest, entendo que a taxa será cobrada após 12/2012 independentemente do vencimento do título, e ainda que o título seja comprado anteriormente. Concordo com você que a promoção ficou meio dúbia, dando margem a esse tipo de interpretação. Sugiro fazer uma consulta à corretora dando exatamente esse exemplo.

    Gouvea, legal sua estratégia. Além das corretoras que você citou, ainda há a Mirae, que cobra R$ 2,90 por ordem.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  13. Rosana 11 de dezembro de 2011 at 19:56 #

    Oi, Guilherme
    Agradeço pela sua sugestão, já enviei um e-mail perguntando exatamente isso. Meu receio é que comecem a cobrar algo maior do que pago atualmente e no longo prazo isso pesaria muito mais.
    Depois posto a resposta aqui!

  14. Rosana 12 de dezembro de 2011 at 18:18 #

    Oi, Guilherme

    Recebi a resposta da Easynvest:

    “A taxa cobrada anteriormente pela corretora era de 0,3% a.a. sobre o montante que o cliente tinha aplicado no Tesouro Direto, entretanto, ainda não existe uma definição de qual valor de taxa vigorará após dezembro de 2012 e nem se a isenção será prorrogada.

    Após esta data, caso a promoção não seja prorrogada, e a cobrança seja de 0,3% a.a., esta taxa será cobrada integralmente no 1º ano. Para os anos seguintes, será cobrada semestralmente. Lembrando que a cobrança incide sobre o total da sua posição em custódia e não sobre o montante da compra.”

    Acho que continuarei com a Octo mesmo…

    Abraços,

  15. Guilherme 13 de dezembro de 2011 at 17:31 #

    Então, Rosana, pelo visto vale a pena continuar com a Octo mesmo. 0,1% de economia, multiplicada a taxa composta anualmente, pode fazer uma grande diferença lá no futuro!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  16. Felipe 21 de dezembro de 2011 at 9:48 #

    Fiquei com uma pequena dúvida na hora de escolher minha corretora que não cobra taxa de custódia no TD. Estou entre a Banif e a Socopa. Ambas possuem sistema integrado ao TD, e não cobram taxa para esse tipo de investimento. Contudo, os termos de adesão da Banif me deixaram com uma dúvida… há uma cláusula no contrato que diz:

    “Tenho ciência de que para a manutenção da minha conta de depósitos ativa deverei manter na mesma um saldo credor de no mínimo R$ 1.000,00 ou posição de custódia em ações/opções ou saldo em fundos no mesmo valor.”

    Será que tenho que manter na minha “conta corrente” da Banif esse valor de mil reais, ou eles podem estar “aplicados” no TD (ou seja, no mínimo eu tenho que manter mil reais aplicados em títulos no TD que já é o suficiente)? Porque senão serão mil reais parados sem estar investido.

    Na Socopa não achei nenhuma cláusula no contrato que diga o mesmo.

    Alguém pode me dar alguma opinião a respeito?

  17. Renato C 21 de dezembro de 2011 at 12:28 #

    Olá Felipe,

    Eu optei pelo BANIF.

    Uso ele apenas para TD, meu saldo é zerado no BANIF, só transfiro para a conta da corretora o valor exato das minhas compras pelo TD. Então, respondendo sua pergunta, não precisa ter mil reais parado na conta do BANIF.

    Para comprar TD pelo site do Banif, é preciso que o dinheiro já esteja na sua conta da corretora. Para comprar TD pelo site do Tesouro Direto não, é possível comprar pelo site do TD e transferir em seguida para a conta da corretora (tem que estar na conta da corretora em D+1, eu geralmente faço TED pelo iConta do Itaú (mínimo de 3 mil) e não há problemas, não sei se um DOC daria tempo (pode perguntar pro BANIF).

    Ah sim, para operar TD pelo site do Tesouro Direto (e não pelo site do Banif), é preciso desbloquear esta opção junto ao Banif, via chat ou telefone. Daí eles te mandam uma senha para operar no próprio site do Tesouro Direto.

    Falow !

  18. Guilherme 22 de dezembro de 2011 at 17:52 #

    Olá, Renato C, obrigado por ter respondido a pergunta do Felipe. Daí a importância da leitura atenta das cláusulas constantes do Termo de Adesão, a fim de evitar custos adicionais (custos… sempre eles!).

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  19. Felipe 23 de dezembro de 2011 at 20:42 #

    Olá pessoal! Obrigado pela resposta, Renato!

    Eu estava entre 3 corretoras: Banif, Spinelli e Socopa – as 3 não cobram taxa de custódia e são agentes integrados do TD – e acabei optando pela Banif, motivos abaixo:

    Eu quase fui de Spinelli, pois a maior facilidade deles é que a documentação necessária exigida para abrir conta pode ser enviada scaneada através de e-mail – mas no atendimento online me informaram que eles cobram sim por TED para o resgaste do dinheiro que você tem investido no TD através da corretora para o banco de sua preferência.

    A Socopa era uma outra boa opção que eu tinha – não cobram TED, contudo a documentação exigia que fosse cópia autenticada; sinceramente, não estou a fim de encarar cartório nesse fim de ano.

    Logo, fui de Banif – não cobram TED e os documentos para envio junto à ficha cadastral podem ser cópia simples.

    Att.,
    Felipe

  20. Guilherme 28 de dezembro de 2011 at 21:17 #

    Parabéns, Felipe!

    Excelentes escolhas, sempre procurando o menor custo possível para seus investimentos.

    De fato, hoje não faz muito sentido exigir cópias autenticadas para atos de cadastro. Uma coisa que as corretoras devem pensar em abolir futuramente – e a BM&F Bovespa adotar como regra – se refere à abolição da exigência de firma reconhecida nas solicitações de transferência de custódia entre corretoras. Pelo que tenho percebido, as corretoras procuram dificultar ao máximo a saída de ativos para corretoras concorrentes.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  21. Fernando Royer 3 de fevereiro de 2012 at 1:30 #

    Olá Guilherme…
    Sou novo aqui no blog…
    Pelo que entendi você utiliza várias corretoras, uma para cada tipo de aplicação…
    Sendo assim, como faz para controlar a sua carteira? os seus rendimentos?
    Utiliza alguma planilha?
    Tem como disponibilizá-la?
    Abraço e sucesso pra você.

  22. Fernando Royer 3 de fevereiro de 2012 at 1:31 #

    Esqueci de ativar as notificações rsrs… agora sim…

  23. Guilherme 18 de fevereiro de 2012 at 14:48 #

    Fernando, centralizo tudo numa planilha Excel, mas faço a entrada de dados manualmente. Utilizo como base as planilhas disponibilizadas gratuitamente no site HC Investimentos, onde você pode pegar direto da fonte os modelos prontos!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  24. David D. 9 de março de 2012 at 23:15 #

    Guilherme, gostaria de uma recomendação em qual dessas sopas de letrinhas seria mais interessante aplicar no momento. NTN-B? Principal ou Normal? Estou com dinheiro parado na poupança e gostaria de colocar parte dele num investimento mais rentável, de preferência que renda acima ou igual ao CDI. Desde já agradeço!

  25. Guilherme 10 de março de 2012 at 16:17 #

    David, NTN-B Principal, porque os cupons de juros ficam “presos” no título, fazendo a rentabilidade um pouco superior. Uma opção interessante seria a NTNB Principal 2024.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  26. Rosana 11 de março de 2012 at 14:09 #

    Oi, Guilherme

    Gostaria de perguntar qual você acha que é o melhor título para ser comprado atualmente. Vi que a ntnb princ. 2015 está pagando apenas 3,86 e praticamente todos os títulos estão pagando muito pouco! Será que é um bom momento para investir no TD ou melhor procurar outras alternativas? Eu sou meio conservadora, então prefiro investimentos mais seguros. E no momento, CDB também não é um bom negócio…
    Agradeço por sua atenção mais uma vez!
    Muito sucesso,
    Rosana

  27. Guilherme 11 de março de 2012 at 18:44 #

    Olá Rosana!

    Concordo com você, o rendimento dos títulos do TD tem caído cada vez mais. Como você prioriza a preservação de capital, sem correr grandes riscos, o negócio é procurar por alternativas dentro da renda fixa. Dentro do TD, vale a pena olhar com carinho para as NTN-Bs de prazo mais longo, que ainda estão pagando acima de 5% a.a. brutos. O problema é a ocorrência de eventuais turbulências no meio do caminho, que podem ocasionar prejuízos caso ocorra venda antecipada. Se você se mantiver firme no propósito de carregar os papéis até o vencimento, as NTN-Bs de prazo mais longo podem sim se constituir em boas alternativas.

    Fora do TD e dos CDBs, uma opção a considerar são as LCIS, que são isentas de IR, mas exigem período de carência.

    Uma alternativa menos arriscada do que as LCIs de bancos privados são as debêntures do TD, mais rentáveis do que os títulos do TD e também menos custosas. Vou publicar uma matéria amanhã sobre elas.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  28. Rosana 12 de março de 2012 at 16:38 #

    OI, Guilherme
    Agradeço por sua resposta e pelo artigo sobre as debêntures, eu gostei! Vou ler com bastante calma depois para analizar melhor.
    Abraços e sucesso,
    Rosana

  29. Filipe C. 13 de março de 2012 at 20:26 #

    Boa noite, gente. Venho tentado entender um pouco sobre como funciona o investimento em TD e ainda estou precisando de um empurrãozinho. Uma dúvida que tenho é na escolha da melhor corretora. Busco uma corretora que não cobre custódia e cobre um valor decente na corretagem. Pelo que analisei, a Banif até agora foi a que mais me interessou. Procuro também um sistema móvel de home broker de fácil uso e completo. Alguma sugestão?

  30. Filipe C. 13 de março de 2012 at 20:48 #

    Uma outra dúvida que tenho é se alguém sabe quais corretoras não cobram TED/DOC pelo Banco Santander. Abraço.

  31. Guilherme 15 de março de 2012 at 22:20 #

    Rosana, de nada!

    Filipe, além da Banif, outra opção que me parece interessante é a Socopa. Sobre a corretora que não cobra TED/DOC pelo Santander, eu não conheço, mas a Socopa não cobra TED/DOC para valores enviados de sua conta na corretora para sua conta bancária.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  32. Alex 6 de junho de 2012 at 1:31 #

    O Banif começou a cobrar taxa de custódia.

    • Renato C 6 de junho de 2012 at 9:55 #

      Olá Alex,

      Para quem tem apenas TD no Banif, não há cobrança.

      Renato C

  33. Claudia C 16 de agosto de 2012 at 18:51 #

    Olá Guilherme!
    Parabéns pelo blog!
    Estou pensando em investir em Tesouro Direto e virei sempre visitá-lo para tirar minhas dúvidas.
    Muito obrigada!

  34. Claudia C 16 de agosto de 2012 at 19:07 #

    Guilherme,
    Como sou leiga no assunto, gostaria de tirar uma dúvida…
    Segundo o post do Renato, podemos investir no Tesouro Direto diretamente do site do Tesouro Direto ou então pela corretora Banif.
    A pergunta é: faz alguma diferença, o que é melhor?
    Aguardo sua resposta,
    Obrigada!
    Claudia

    • Guilherme 16 de agosto de 2012 at 19:50 #

      Olá Cláudia!

      Primeiramente, obrigado pelas palavras, e seja bem-vinda ao maravilhoso e apaixonante mundo dos investimentos e finanças pessoais!

      Sobre a sua pergunta: tanto faz operar pelo ambiente da corretora ou do Tesouro Direto. As funcionalidades são as mesmas, bem como as ferramentas.

      É isso aí!
      Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  35. FightClub 10 de setembro de 2012 at 14:49 #

    Tenho TD no BB e estou pensando em transferir para uma dessas corretoras que não cobram taxas. Gostaria de saber se há alguma garantia dessas corretoras de que não haverá cobrança no futuro (sei que isso é difícil, mas só por curiosidade). Mas o que eu queria mesmo é uma indicação de como proceder para fazer a migração, se é complicado, se faço tudo direto com a corretora ou preciso também tratar com o BB. Se houver algum link que informe o “passo-a-passo” eu agradeço.. rs Obrigado!

    • Guilherme 11 de setembro de 2012 at 21:32 #

      1) Não há garantia;

      2) Solicite no BB um formulário de ordem de transferência de ativos, preencha, reconheça a firma e entregue de volta para o BB.

      É isso aí!
      Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

      • FightClub 11 de setembro de 2012 at 23:00 #

        Valeu!

  36. Carlos 1 de fevereiro de 2013 at 20:25 #

    Infelizmente, a Socopa anunciou hoje que começará a cobrar taxa de administração de 0,1% ao ano a partir de Março de 2013 :(

    • joaquim 2 de fevereiro de 2013 at 10:32 #

      É verdade Carlos! Já estou abrindo conta em outra que mantém Zero de tx adm para fazer transferência dos títulos…hehehe

  37. Ray Mendes 25 de abril de 2013 at 22:34 #

    Estou pensando em fazer meu primeiro ivestimento em TD.Qual a corretora mais pratica para operações?

    • Guilherme 28 de abril de 2013 at 12:00 #

      Ray, as corretoras mais “práticas” são aquelas que permitem operar no próprio site da corretora. São conhecidas também ocmo “agentes integrados”, estando essa informação no próprio site oficial do TD.

      Procure “casar” um agente integrado com uma corretora de taxa zero. Isto é, que ambas sejam a mesma corretora.

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes

8 Flares Twitter 5 Facebook 3 Google+ 0 Filament.io 8 Flares ×