Black Friday no Brasil: não se deixem enganar…

Fonte da imagem: Página do Facebook do Vida de Programador

A imagem já diz tudo, né pessoal?

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Print Friendly

19 Responses to Black Friday no Brasil: não se deixem enganar…

  1. Renato C 22 de novembro de 2012 at 21:47 #

    rs

    Estou pensando em comprar especificamente uma TV destas que têm preço original de R$1500, R$1600… que se aparecer por R$1000 eu compro.

    Mas é muito difícil, vamos ver né….

  2. Django 23 de novembro de 2012 at 0:00 #

    Amigo, estou acompanhando o preço de um celular há um mês e o preço está em queda, semana após semana. Ontem (22/11), no waalmart, por coincidência, foi retirado o desconto de 10% à vista, caindo para 5%. Hoje, em pleno black friday, simplesmente não há desconto nenhum à vista. No shoptime, houve um acréscimo de 2% no pagamento à vista. Nas demais lojas, o preço é o mesmo.

    Fica a dica, nada neste país é sério. Nós somos vistos e tratados como trouxas. Esse Black Friday não me pegou mas deve ter enganado muita gente!

    Abs.

  3. Alem da Poupança 23 de novembro de 2012 at 7:19 #

    Infelizmente no Brasil é assim. Nosso suposto Black Friday nem se compara com o dos americanos. Lamentável esta jogada de marketing.

    Abraços

  4. Guibro 23 de novembro de 2012 at 14:51 #

    Quem reclama que os preços são caros “não só por causa dos impostos” deveria deixar de ser otário e ir logo ganhar rios de dinheiro abrindo uma loja. =)

  5. Vinícius 23 de novembro de 2012 at 15:33 #

    Uma saída para coibir este tipo de propaganda abusiva é denunciá-la ao CONAR (www.conar.org.br) que é uma organização que tem como objetivo que a publicidade enganosa cause constrangimento ao consumidor.

    Fica a dica.

  6. Robson 23 de novembro de 2012 at 16:40 #

    Na minha opinião, não é preciso denunciar nem nada, simplesmente não compre, pesquise sempre antes os produtos que tem em vista comprar, pra ter uma ideia do preço real.

  7. Rosana 24 de novembro de 2012 at 15:41 #

    Caso esse tipo de promoção volte a acontecer, para mim não terá mais nenhuma credibilidade.
    Bom artigo, gostei Guilherme!

  8. Joao 24 de novembro de 2012 at 18:58 #

    Não é só nesta data. No Brasil não existe o conceito de outlet, trata-se de mais uma loja.
    As liquidações são fajutas, como alguém pode dar 70% de desconto como vemos em vitrines? Das duas uma, ou anunciante é ladrão ou te acha otário.
    Outro engodo que o preço a vista é igual ao parcelado. Como? Quem paga o custo do dinheiro?
    Os impostos são abusivos mas as margens de lucro são extorsivas.

  9. Rosa 27 de novembro de 2012 at 14:55 #

    Essa roubada Black Friday eu tiro de letra. Comprar não é nem de longe umas das prioridades da minha wish lista. O que eu não estou tirando de letra são as ligações do meu gerente BB.
    Tenho minhas pequenas economias aplicadas parte na velha (e segura) poupança e parte em CDB. Mas, a aplicação do momento, segundo o meu gerente, trata-se dos fundos VGBL (o que é mesmo isso???).
    Rende o dobro do CDB e da poupança. Guilherme ou colaboradores aqui do blog, certamente aqui tem muita gente que entende muito, isso procede ou é black friday de gerente de banco, só enganação???
    Preciso ter algum argumento para, além de decidir, não deixar o gerente ficar comandanto minha reserva. Abraços,

    • Guilherme 1 de dezembro de 2012 at 17:01 #

      Olá Rosa!

      Essa informação de que o VGBL renderia mais é Black Friday de gerente de banco.

      Provavelmente ele te fez essa oferta porque estava precisando cumprir metas de captação de recursos estipulada pelo banco.

      Continua com suas economias na boa e velha dupla poupança + CDB, que certamente o dinheiro estará mais bem conservado.

      É isso aí!
      Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  10. Flavio 28 de novembro de 2012 at 8:41 #

    João,

    Esses descontos de “até 70%” que a gente vê nas vitrines funciona assim: tem um produto que custa $20, que está encalhado, e eles baixam para R$6. Esse é o desconto de 70%. O resto é de 5%, 10%, por aí.

    Ah, e quando você chegar esse de R$6 já vai ter acabado.

    Por isso que eu gosto de fazer compras nos EUA. Lá, desconto é pra valer e outlet é de verdade!

  11. Pobretão de vida ruim 28 de novembro de 2012 at 13:36 #

    Fiquei indignado com essa Black Friday, as lojas tentaram levar vantagem na cara dura mesmo.

  12. Guilherme Azevedo 28 de novembro de 2012 at 15:04 #

    O pior de tudo é que a Black Friday foi um sucesso. Como diz o Chaves: “extra, extra, milhares de pessoas enganadas, extra, extra…” rs..

  13. Bruno 28 de novembro de 2012 at 17:53 #

    Eu precisava de um componente para o meu PC, e por acaso comprei no dia da tal Black Fraude Brasil. Nem tinha grandes expectativas, sabia do engodo, mas precisava da peça. Comprei. Fui ver o preço uma semana depois: 5 reais mais caro. Essa foi minha economia, 5 reais hahah.

    Ê laiá…

  14. Ana Paula- MT 29 de novembro de 2012 at 9:46 #

    Guilhermeeeeee!

    Te echo de Menos xD

  15. Guilherme 1 de dezembro de 2012 at 17:04 #

    Pois é, pessoal, essa foi mais uma Black Friday que eu “passei em branco”, ou seja, sem aproveitar promoção alguma, seja porque muita coisa era promoção falsa, como alertaram os amigos aqui, seja porque eu não precisava das coisas que estavam de fato a preços menores.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  16. Rosa 3 de dezembro de 2012 at 9:08 #

    Guilherme, obrigada pela resposta. Acho que eu já estou entendendo um pouco de finanças e também de propostas de gerente de bancos. Valeu!

  17. Alexandre 23 de julho de 2014 at 11:51 #

    Pois é pessoal a Black Friday no Brasil sempre causa desconfiança. Mas o que me deixou muito entusiasmado foram as lojas de e-commerce estão trabalhando com muito mais honestidade e transparência com os consumidores. Pelo menos durante a ultima BF os descontos estavam incríveis e pude aproveitar muito os descontos que os sites disponibilizavam. As pessoas só precisam de mais atenção ter mais atenção, para não cair nessa velha história de “tudo pela metade do dobro”.

    • Guilherme 23 de julho de 2014 at 20:46 #

      Pois é, Alexandre, a de 2013 foi melhor que a de 2012. Esperamos que a desse ano também seja melhor que a do ano passado.

      Abç

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes