Diminuição da quantidade de corretoras que operam a taxa zero no Tesouro Direto :-( Alguém aí conhece a Corval?

2 Flares Twitter 2 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io Made with Flare More Info'> 2 Flares ×

A coisa realmente tá difícil para o investidor pessoa física, quando o assunto é redução dos custos para investimentos. Não bastasse o movimento orquestrado pelas corretoras para aumentarem as taxas de corretagem na Bolsa de Valores, conforme analisamos neste tópico: Aberta a temporada de aumento de custos nas corretoras :-(, agora temos que lidar também com as modificações negativas ocorridas no âmbito das taxas para operar no Tesouro Direto.

Em novembro de 2011, fizemos um post – Agora já são 7 as corretoras que não cobram taxa de custódia para operar no Tesouro Direto! – destacando (e comemorando) o aumento significativo da quantidade de corretoras que anunciaram redução de taxa para operar no Tesouro Direto.

Pois bem.

Se naquela época a notícia era boa, agora a notícia é ruim: a quantidade de corretoras que oferecem taxa zero para operar no Tesouro Direto caiu. Confiram a tabela abaixo:

Corretoras TD Taxa Zero

Fonte: Tesouro Direto

Saíram da taxa zero a Socopa (que agora cobra 0,10%), o Daycoval (que na verdade cobra de 0 a 2%, dependendo do cliente e da negociação, na tabela antiga mesmo nessas condições ela constava entre as que ofereciam taxa zero; pelo sim pelo não, o Tesouro resolveu rebaixar a classificação dela) e a Concórdia (que aparentemente pulou fora do TD). Como novidade boa, apenas a entrada da Corval. Alguém aí conhece ela?

A CGD nada mais é do que a Banif com nova roupagem, e a Tullett Prebon (da qual eu nunca havia ouvido falar) é na verdade a Convenção, que já constava da lista anterior.

Caramba, só notícia ruim no mundo dos investimentos nesse ano de 2013. Até quando?

———–

Para encerrar, deixo aqui uma seleção de links com mais alguns artigos escritos no blog para saber mais a respeito do Tesouro Direto:

- A matemática não mente – Parte 2! Tesouro Direto está dando um banho nos fundos de renda fixa dos bancos de varejo.

- A matemática não mente: Tesouro Direto está dando um banho nos fundos dos bancos de varejo. Desde que…

- [via Estadão] Governo planeja extinguir as LFTs do Tesouro Direto

- Quanto maior a inflação, menor será o ganho real líquido com as NTN-Bs

- NTNB Principal 2035: investindo no Tesouro Direto com menos de R$ 100

- Títulos do Tesouro Direto indexados à inflação

- Tesouro Direto no Jornal Nacional! (e essa não é uma pergunta, é uma afirmação. Ou melhor, uma exclamação!)

- Dica de site do dia: Investindo no Tesouro

- Novo simulador do Tesouro Direto – interface amigável

Importante também destacar os ótimos textos escritos no Blog do Investidor, sobre estratégias criativas e originais para se operar no Tesouro:

- Qual Título Público escolher: LTN ou LFT?

- Estratégia de investimento mensal com Títulos Públicos pré-fixados

- Como investir para a Aposentadoria com Títulos Públicos?

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

,

20 Responses to Diminuição da quantidade de corretoras que operam a taxa zero no Tesouro Direto :-( Alguém aí conhece a Corval?

  1. gui 11 de abril de 2013 at 1:41 #

    a corval sao ops da ativa. quando o antigo dono da ativa morreu, eles reestruturaram, os operadores antigos fundaram a corval.

  2. Ranerio Vieira 11 de abril de 2013 at 9:44 #

    Qual seria uma boa opção por agora para investimento no prazo de 1 ano ou pouco mais? Eu fiz bastante investimento em Tesouro direto ano passado e gostei da rentabilidade, qual das opções (NTN-B, NTN, LFT, etc) vc recomendaria por agora para manter por mais de 1 ano? Estou meio confuso com a mudança de regras de caderneta, aumento da inflação (menor ganho real em aplicação financeira) e a Selic baixa.

    Abs.

    • Guilherme 14 de abril de 2013 at 16:14 #

      Ranerio, com um cenário de provável alta da SELIC, não há como inovar muito agora: vá de LFT, uma vez que o governo precisa aumentar a SELIC pra ver se consegue domar um pouco a inflação. O rendimento é bastante baixo, verdade, mas o risco é consideravelmente menor.

  3. Humberto Alves 11 de abril de 2013 at 17:42 #

    Olá turma do Valores Reais,

    Meu nome é Humberto Alves, sou gerente de afiliados do http://www.apostasonline.com e gostaria de lhes fazer uma proposta.

    Como não consegui encontrar nenhuma área para contato, poderiam me enviar um email para afiliados [arroba] apostasonline.com para darmos continuidade a negociação?

    Grande abraço

  4. Rosana 11 de abril de 2013 at 19:14 #

    Má notícia mesmo…
    Para mim o problema é que todas elas só aceitam Doc/Ted e não transferência entre contas. E não me lembro em qual, para transferências menores de 1k é cobrado 10,00.
    Dessa forma, continuo na Octo, mesmo agora cobrando 0,10%.
    Hoje recebi um e-mail falando sobre uma cobrança referente as taxas do Tesouro Direto pagos à BM&FBOVESPA. Não entendi, pensei que a cobrança semestral fosse só em janeiro e julho.
    Alguém recebeu algo assim?

    Abraços,
    Rosana

    • Guilherme 14 de abril de 2013 at 16:19 #

      Rosana, no seu caso, o custo de tarifa TED/DOC acaba sendo maior que a taxa de custódia de 0,10%. Então, continua valendo a pena você manter a situação do jeito que está. Afinal, o ótimo é inimigo do bom. :)

      Sobre essa cobrança da Octo, tá estranha. Talvez seja de algum título que tenha vencido ou que vc tenha vendido. Vamos aguardar o posicionamento deles.

    • daniel 24 de julho de 2013 at 8:53 #

      Rosana, tenho conta na spinelli e eles tem o metodo de transferencia para conta da corretora via boleto num valor até 10.000 e vc não tem nenhum custo dai com doc/ted e não cobram tx de admin pro TD. to gostando a unica limitação que encontrei foi que tb estou querendo colocar um pouco de $ em LCI e eles não trabalham por isso vou precisar abrir conta em mais uma corretora.

      • Guilherme 24 de julho de 2013 at 9:28 #

        Daniel, grato pelo depoimento. Quanto à LCI, procure um banco/corretora de primeira linha, haja vista que havia uma instituição – banco BVA – que oferecia ótimas taxas, mas que acabou “quebrando”.

        É certo que as LCIs possuem a proteção do FGC, mas recomendo cautela quanto ao banco em que vc irá investir seu dinheiro. Bons investimentos!

        Abç

  5. Bruno Nascimento 8 de maio de 2013 at 12:24 #

    Bom dia meus caros, respondendo a pergunta “Alguém aí conhece a Corval?”

    Sim tenho uma conta na corval e a gestora é a HPN invet posso falar que estou extremamente satisfeito.

    Grande abraço para todos.

    e valeu pelas informações.

  6. Ana 20 de agosto de 2013 at 16:14 #

    alguém me indica onde posso achar o be-a-bá pra quem quer começar a investir no tesouro direto?

  7. Ruben 20 de setembro de 2013 at 11:31 #

    Caro Guilherme, muito esclarecedor o seu blog.

    Sou novato no Tesouro Direto, sei que preciso primeiro escolher uma corretora, e estou com dúvidas. Moro no Rio, então precisa ser uma corretora do Rio (porque vou ter que assinar papéis), ou pode ser de outra cidade? Pergunto isso porque em SP há corretoras que não cobram taxa de custódia.

    No Rio todas as corretoras cobram, as que cobram mais baixo são a Ativa e a Icap (ambas 0,2%), a Ágora (0,23%) e a XP (0,25%). Caso eu tenha que optar por uma corretora do Rio, poderia ser qualquer uma dessas, ou haveria corretoras “melhores” do que outras?

    Desde já muito obrigado por sua atenção. Abraços,
    Ruben

    • Guilherme 20 de setembro de 2013 at 12:52 #

      Olá, Ruben, bem-vindo ao blog!

      Sobre sua dúvida, sim, pode ser corretora de outra cidade, de SP, MG ou qualquer outra! Não há necessidade de haver vinculação com a corretora da mesma cidade onde atua.

      Há, inclusive, algumas corretoras que permitem o envio dos documentos via Internet, sendo que, nos demais casos, você pode perfeitamente enviá-los via Correios.

      Quanto à “melhor corretora” para operar no Tesouro Direto, considero as melhores as que não cobram taxa de custódia. Dentre essas, sugiro que você faça uma pesquisa para ver qual a te agrada mais, mande emails para cada uma elas, converse por telefone para tirar suas dúvidas, enfim, nada substitui a experiência pessoal com o atendimento de cada uma delas, a fim de você verificar qual a que mais te agrada!

      Abç!

      • Ruben 25 de setembro de 2013 at 16:22 #

        Caro Guilherme, muito obrigado pela atenção de sua resposta. Entendi que, para valores baixos de aplicação, o custo de TED/DOC pode ser maior que a taxa de corretagem, contudo para valores altos o mais importante é que a corretora não cobre (taxa zero) taxa de corretagem, confere?

        Mais uma vez obrigado. Abraços,
        Ruben

        • Guilherme 25 de setembro de 2013 at 21:26 #

          Olá, Ruben, de nada!

          Sobre os custos, é exatamente esse o raciocínio! Dependendo do valor do investimento, a estratégia para minimizar os custos tem que ser específica e diferenciada.

          Abç!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Manual do Tesouro Direto - Prof. Elisson de AndradeProf. Elisson de Andrade - 17 de maio de 2013

    […] (2013) Diminui a quantidade de corretoras que operam a custo zero (Valores Reais) […]

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes

2 Flares Twitter 2 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 2 Flares ×