O que é Letra de Crédito do Agronegócio (LCA)?

Última atualização: 15.01.2015

Com a tendência de alta da taxa de juros – SELIC, atualmente na casa dos 11% a.a. – os investimentos atrelados a ela e ao CDI – tais como CDBs, fundos referenciados DI, LFTs, debêntures, letras de crédito imobiliário (LCIs) e outros títulos de crédito privados cujos rendimentos são vinculados à SELIC/CDI – têm ganhado destaque nos últimos meses, devido a uma explicação simples: quanto maior é a taxa de juros, maior o ganho dessas aplicações financeiras.

Contudo, para que você extraia o máximo de rentabilidade dessas aplicações conservadoras, é preciso observar dois fatores cruciais: alíquota de imposto de renda e taxas de administração. Há uma correlação negativa entre rentabilidade líquida e esses dois fatores, ou seja, quanto maiores forem as alíquotas do imposto de renda e a taxa de administração, menor será a rentabilidade líquida do investimento, e vice-versa.

LCA

Dentro desse cenário macroeconômico de alta nas taxas de juros, ganham destaque especial os investimentos que seguem a SELIC/CDI e são isentos de imposto de renda.

Já discorremos aqui no blog sobre as letras de crédito imobiliário (LCIs) e as debêntures incentivadas de infra-estrutura: ambos são produtos isentos do pagamento de imposto de renda, e, portanto, ótimas opções para incrementar os ganhos nos investimentos em renda fixa. Vamos, agora, nesse artigo, explorar as letras de crédito do agronegócio (LCAs), que apresentam estrutura muito semelhante à da LCI.

Conceito

Trago a esse artigo a definição contida na página da Cetip:

“A LCA é um título emitido por uma instituição financeira. É utilizado para captar recursos para participantes da cadeia do agronegócio. Criados pela Lei nº 11.076, esses papéis tem como um de seus atrativos o fato de que os investidores pessoas físicas têm seus rendimentos isentos de Imposto de Renda. Outro diferencial é o fato de as LCAs emitidas a partir de 23 de maio de 2013 terem cobertura do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) até o limite de R$ 250 mil por investidor.

O risco primário da LCA é da instituição financeira. Na inadimplência do banco, o lastro está penhorado por lei ao investidor final que pode requisitar sua propriedade ao juiz quando o banco não pagar o ativo”.

Trocando em miúdos, e dizendo de uma maneira bastante simplificada, podemos dizer que a LCA funciona como um empréstimo: você empresta dinheiro aos participantes do agronegócio, por intermédio de um banco, e é remunerado (= recebe juros) por esse empréstimo. Normalmente, o indexador dos juros das LCAs é o CDI.

3 grandes vantagens: isenção de imposto de renda, inexistência de taxas de administração e custódia, e garantia do FGC para valores de até R$ 250 mil

As letras de crédito do agronegócio apresentam 3 grandes vantagens em relação aos fundos referenciados DI e CDBs pós-fixados: primeiro, a isenção de imposto de renda sobre os ganhos de capital; segundo, a inexistência de taxas de administração e custódia; e, finalmente, terceiro, a garantia do Fundo Garantidor de Créditos para aplicações de até R$ 250 mil.

São, como se pode ver, as mesmas vantagens das letras de crédito imobiliário, já que ambas pertencem à mesma categoria de investimentos financeiros.

3 grandes desvantagens: aplicação mínima geralmente alta, ausência de liquidez diária e baixa disponibilidade

Por outro lado, 3 são as grandes desvantagens das letras de crédito do agronegócio. Primeiro, a aplicação mínima geralmente é alta, começando em R$ 5 mil em bancos pequenos/médios e indo até R$ 30 mil em grandes bancos de varejo. Segundo, a ausência de liquidez diária na quase totalidade das LCAs ofertadas no mercado (é preciso esperar um prazo determinado para fazer resgates do investimento, que varia de 1 mês a 1 ano ou mais), o que torna esse tipo de investimento praticamente incompatível com a formação de um colchão de segurança. Finalmente, uma terceira desvantagem consiste na baixa disponibilidade do produto, que é raramente encontrado nas “prateleiras” dos grandes bancos de varejo, sendo mais facilmente encontrado nos bancos de pequeno e médio porte.

Percentual do CDI

Repetindo aquilo que eu disse por ocasião das letras de crédito imobiliário (LCIs), aqui é que vem o grande diferencial das LCAs: como o rendimento é isento do imposto de renda, elas acabam ganhando um CDI líquido, diferentemente do que ocorre com os CDBs, em que, do rendimento bruto do CDI, ainda deve ser descontada a alíquota do IR, de acordo com a tabela regressiva (que começa em 22,5% sobre os rendimentos). Dessa forma, uma LCA que pague 84% do CDI líquido (valor que o Banco do Brasil paga, para aplicação mínima de R$ 30 mil) corresponderia a um CDB DI de 107,74%, considerando o prazo de aplicação de até 6 meses. Isto é, para que um CDB DI compensasse o investimento numa LCI, seria necessário que esse mesmo CDB pagasse 107,74% do CDI. A tabela abaixo mostra esses números com mais precisão:

Letra de Crédito do Agronegócio - LCA

A equivalência com o CDB DI vai diminuindo com o decorrer do tempo porque a alíquota do IR também vai diminuindo com o tempo.

Bancos que trabalham com LCAs – atualizado em 15.01.2015

Dos grandes bancos de varejo (BB, Bradesco, Caixa, Itaú, Santander, HSBC e Citibank), o único que conheço que trabalha com as LCAs é, como não poderia deixar de ser, o Banco do Brasil (BB).

O Banco do Brasil (BB) é fortemente utilizado pelo Governo Federal como instrumento de política agroindustrial, e é claro que ele ofereceria esse tipo de investimento. As LCAs do BB pagam 84% do CDI líquido e têm aplicação mínima (seja inicial, seja subsequente) de R$ 30 mil. E são esses exatamente seus pontos negativos, pelo menos quando comparados ao restante do mercado que trabalha com as LCAs.

Por quê? Ora, porque, em bancos concorrentes (leia-se: bancos médios e pequenos) é possível encontrar LCAs que (a) pagam mais, e (b) pedem um ticket de entrada menor. É aquela velha história da relação risco x retorno: quanto menor o risco, menor também o retorno prometido.

Além disso, vejam o que eu escrevi a respeito da aplicação mínima: ela vale tanto para a aplicação inicial quanto para aplicações subsequentes. Isto é, se você já tiver R$ 30k na LCA do BB, e quiser aplicar, digamos, mais R$ 2k, provenientes de parte de seu salário que acabou de cair na conta, de modo a totalizar R$ 32k em LCA, não será possível fazer essa aplicação adicional de R$ 2k. As aplicações adicionais também tem que ser de, no mínimo, R$ 30 mil.

O que fazer, nesse caso?

O leitor lexicon deixou uma dica interessante na caixa de comentários às LCIs:

“Quando pretendo aplicar valores inferiores a R$ 30k – por exemplo R$ 10k – resgato R$ 20k e reaplico R$ 30k no mesmo dia”.

Como não há incidência de taxas de administração, alíquotas de imposto de renda, e nem mesmo IOF nesse tipo de aplicação, trata-se de uma estratégia bem oportuna para aumentar “a massa de investimentos” na LCA, “driblando” o requisito da quantia mínima de aplicação por meio do resgate do montante que falta para completar os R$ 30k mínimos necessários.

Por outro lado, a LCA do BB oferece uma vantagem única no mercado: tem liquidez diária. Ou seja, é possível resgatar parcela (ou a totalidade) do investimento no primeiro dia útil após a aplicação, e também em qualquer outra data. Como as LCAs não pagam IOF, esse produto se torna, ao menos no BB, um investimento que concorre diretamente com os fundos referenciados DI oferecidos pelo próprio banco, os quais, apesar de também contarem com a liquidez diária, perdem na rentabilidade final devido ao pagamento de IOF (até 30 dias após a aplicação e inexistente nas LCAs), pagamento de taxa de administração (inexistente nas LCAs) e pagamento de imposto de renda (igualmente inexistente nas LCAs).

Em relação à “Poupança Ouro”, a vantagem da LCA é ter rentabilidade diária, ou seja, não é preciso esperar a aplicação “fazer aniversário” para ver o montante do dinheiro crescer em volume.

Outra grande vantagem da LCA do BB consiste na possibilidade de inclui-la como investimento na priorização de resgate automático de investimentos, conforme a dica dada pelo leitor Zico nos comentários ao post, o que facilita bastante o processo de reinvestimento nessa aplicação financeira. Para saber mais sobre o que é essa priorização, não deixem de ler o artigo que escrevemos a respeito: O que é priorização de resgate automático de investimentos, no Banco do Brasil (BB)?

Os requisitos para investimentos na LCA do BB são os seguintes: o cliente precisa estar enquadrado como PF A ou PF B. Para ter este enquadramento, o cliente precisa de uma renda de 8 mil reais ou ter 100 mil reais no BB – obrigado ao leitor Renato C pela informação!

Bancos de pequeno e médio porte também oferecem LCAs, e, nesses casos, um caminho bem prático consiste em, ao invés de abrir conta em dezenas de bancos pequenos, abrir conta numa corretora de valores ou outra instituição financeira que forneça a possibilidade de trabalhar com tais produtos. Aliás, já falamos sobre isso em outro tópico: Dica da leitora: investir em LCI por meio de corretora de valores!

Os bancos listados abaixo são meramente exemplificativos, ou seja, eles podem mudar o prazo de vencimento, aplicação inicial mínima e rentabilidade prometida. Os dados abaixo enumerados foram fornecidos com base na pesquisa realizada na última semana (17 a 21.02.2014), e não há garantia de que eles se mantenham no futuro.

Porém, a amostra abaixo já lhe fornece uma ideia bem abrangente acerca dos riscos e benefícios de se optar por trabalhar com bancos menores.

A Órama tem à disposição de seus clientes uma LCA do Banco Pine, com prazo de 90 dias de vencimento (carência de 90 dias, portanto), aplicação mínima de R$ 5 mil, e rentabilidade prometida de 91% do CDI.

A Planner é outra corretora de valores que trabalha com LCAs. Da Brickell Financeira, com prazo (carência) de 30 dias de vencimento, a aplicação mínima é de R$ 10 mil, e a rentabilidade é de 88% do CDI. Já a LCI do Banco Luso, com carência de 60 dias, e aplicação mínima de R$ 10 mil, a rentabilidade é de 90% do CDI.

Como se vê, há duas vantagens inegáveis no investimento em LCAs de bancos de pequeno e médio porte: aplicação mínima menor e rentabilidade maior (que segue a regra: quanto mais tempo você deixar o dinheiro investido, maior será o percentual do CDI a ser pago). Porém, em compensação, há carência de resgate, e o risco também é inegavelmente maior (vide o exemplo recente da “quebra” do Banco BVA).

Conclusão

Fecho esse artigo com as mesmas conclusões a que cheguei quando analisei a LCI.

Tal como qualquer outro investimento no mercado financeiro, as letras de crédito do agronegócio – LCAs – apresentam vantagens e desvantagens. Como vantagens, destaco a isenção de imposto de renda, o baixo risco, a proteção de até R$ 250 mil do FGC, e a remuneração atrelada a um índice (CDI ou índice de preços). Como desvantagens, destaco a restrição de liquidez (exceto para as LCAs do BB), o alto valor mínimo inicial (de R$ 5 mil a R$ 30 mil) e o fato de que, com esse investimento, você nunca estará conseguindo ganhar do CDI (a menos que consiga uma taxa acima de 100% do CDI). Para quem busca diversificar sua carteira pretendendo obter ganhos superiores aos do CDI, mesmo aplicando só na renda fixa, encontrará nos títulos do Tesouro Direto, por exemplo, uma ótima opção (à exceção, é claro, da própria LFT) – lembrando sempre que é possível também ter rendimentos inferiores aos do CDI, mesmo na renda fixa.

Apesar de seu baixo risco, a LCA não é recomendada para formação do colchão de segurança, dada sua restrição de liquidez – nesse caso, um CDB DI ou fundo referenciado DI seria mais indicado (exceção feita no caso da LCA do BB, para aqueles que assim optarem). Por conta também da falta de liquidez, a LCA não é indicada para pessoas que necessitem de recursos no curto prazo, ou para aproveitar oportunidades que apareçam de uma hora para outra (exceção feita, igualmente, à LCA do BB, que tem, conforme mostramos acima, liquidez imediata).

Por outro lado, para quem busca ganhos isentos de imposto de renda, na renda fixa, e tem paciência e disciplina para não mexer nos recursos no curto prazo, é uma alternativa adicional e interessante de investimentos conservadores, e, portanto, de diversificação de sua carteira de ativos financeiros.

É importante também atentar para a qualidade do lastro, bem como na idoneidade e credibilidade da instituição financeira que está negociando o produto, para não ter a surpresa desagradável de aplicar um valor significativo, e “ficar a ver navios”, ou seja, o valor do investimento não retornar à sua conta (o popular “levar calote”, caso a aplicação seja superior ao teto do FGC, ou mesmo caso o banco “quebre”, conforme já noticiamos aqui no blog: E se o banco, onde eu estiver investindo em CDB, quebrar? O FGC na prática (saiu na Folha de S. Paulo de domingo)…).

Lembre-se, igualmente, sempre de avaliar a relação risco/retorno de seus investimentos, só aceitando assumir riscos que possam se pagar, dado o seu grau pessoal de tolerância a riscos. Por fim, por se tratar de um investimento indexado que segue um índice, se você pretende ganhar do índice, é preciso diversificar sua carteira com outros ativos que possam lhe dar esse objetivo, como debêntures prefixadas e os títulos do Tesouro Direto, atrelados à inflação e/ou prefixados (mas com possibilidades de ficar abaixo do CDI também).

Bons investimentos! 🙂

Créditos da imagem: Free Digital Photos

Print Friendly, PDF & Email

, ,

541 Responses to O que é Letra de Crédito do Agronegócio (LCA)?

  1. Ranerio 24 de fevereiro de 2014 at 14:56 #

    Que artigo interessante. Jamais tinha ouvido falar dessa LCA.

    Posso fazer umas perguntas?

    1. No BB dá para aplicar online?
    2. Estou pensando em manter até por volta de outubro um valor de cerca de R$40 k. Neste caso vc recomendaria LCA ou Tesouro Direto, já tenho bastante investimento no tesouro direto e gosto, só que uso a BANIF.

    • Guilherme 25 de fevereiro de 2014 at 7:19 #

      Obrigado, Ranerio!

      1) Sim, é possível. No Internet Banking do BB, vá na aba “Investimentos” e procure por “LCA”.

      2) Para resgate em outubro, ou seja, daqui a 6 meses, a LCA é mais interessante, pois não paga imposto de renda. Para aplicações de prazo mais longo, as taxas dos prefixados e das NTN-Bs do Tesouro Direto estão excelentes, e eu recomendaria – ainda mais no seu caso, que aplica via corretora com taxa zero – aplicar pelo menos uma fatia de sua carteira de renda fixa no TD (isso, aliás, é o que estou fazendo, aproveitando essas incríveis taxas do TD).

      Porém, como você delimitou o prazo de resgate do investimento (até outubro), a LCA é a alternativa que rende mais, em termos líquidos (já descontados os impostos, que, aliás, não incidem na LCA).

      Abç!
      Abç!

      • Ranerio 25 de fevereiro de 2014 at 13:54 #

        Nooosssaaa , a LTN tá pagando hoje 12% AO ANO, estou pasmo!! Eu tenho a miha carteira de renda fixa atualmente em:
        LFT 070317
        NTNB 150515
        NTNB 150820
        NTNB Principal 150515
        NTNB Principal 150519

        Tem alguma sugestão? O LFT já me deu bom rendimento, agora que ele tá com taxa baixa.

        As NTNB pagando 6% + IPCA?? Maissss???

        • Guilherme 26 de fevereiro de 2014 at 7:00 #

          Olá Ranerio, a sua carteira de renda fixa já está excelente, mesclando diversas NTN-Bs de prazos diferentes, o que lhe proporciona uma mitigação do risco, que já é baixo, em função de você ter escolhido títulos de curto a médio prazo.

          Hoje, o BC anuncia a nova taxa SELIC, que o mercado aposta que aumentará 0,25%. Se houver um aumento brusco, para, digamos, 0,5%, é possível que isso se reflita nos juros futuros, aumentando as taxas da LTNs e das NTN-Bs. Isso pode significar um bom ponto de entrada para os prefixados LTNs (a de 2018, p.ex.), mas não é certeza.

          Para os padrões históricos, as atuais taxas das NTN-Bs estão muito boas. Se você conseguir e pretender carregar até o vencimento, pense na NTN-B 2024. O risco é maior em termos de flutuações de curto prazo, mas a rentabilidade é também um pouco maior.

          Abç

    • Tamara 15 de novembro de 2014 at 20:51 #

      Gostaria de saber sobre o BB DI PLUS. É mais vantajoso do que a LCA?

      • Guilherme 17 de novembro de 2014 at 9:12 #

        Tamara, não, é a LCA quem é mais vantajosa que o BB DI Plus.

        Abç

  2. Antonio 24 de fevereiro de 2014 at 15:30 #

    Excelente post. Dúvida sobre a garantia oferecida pelo FGC: Se um investidor tem aplicações em LCAs em dois bancos diferentes (2 instituições diferentes), sendo R$ 240.000 em cada instituição e os dois “derem o calote”, este investidor estará garantido pelo FGC em todo o montante (580m, sendo 240 em cada banco) ou apenas até o limite total de R$ 250.000? Grato.

    • João Carlos 25 de fevereiro de 2014 at 1:49 #

      240+240=480, não 580.

    • Guilherme 25 de fevereiro de 2014 at 7:21 #

      Você estará garantido em todo o montante. A cobertura do FGC é por CPF e por instituição financeira. Você pode ter R$ 240k em 7 instituições financeiras, p.ex., e o FGC garante a cobertura de todas elas.

      Abç

  3. TBB 24 de fevereiro de 2014 at 20:22 #

    Guilherme tudo bem? Você conhece o Banco Máxima? Recebi uma correspondência em casa ofertando seus investimentos. Achei estranho, pois eles tinham meu nome e endereço mesmo sem ter nenhum vínculo comigo. Ao entrar no site tive uma surpresa ainda maior. LCI de 2 anos pagando 106% do CDI. Se levarmos em conta a isenção de IR chegamos próximo de 125% do CDI. Podemos confiar?

    • Guilherme 25 de fevereiro de 2014 at 7:30 #

      TBB, tudo bem!

      Não conheço esse banco, embora já tenha ouvido falar. Certamente é um banco de pequeno porte que, para captar dinheiro, tem que oferecer taxas bastante agressivas.

      A taxa é excepcional – na verdade, é a primeira vez que vejo uma LCI sendo oferecida *acima* do próprio CDI. Porém, o prazo de carência é, pelo menos para mim, um pouco indigesto, já que você precisa aguardar até 2016.

      Existe a garantia do FGC e tudo o mais, mas eu realmente fico na dúvida. Eu prefiro graduar meus investimentos em termos de risco em função do rentabilidade.

      Como eu já corro e assumo riscos em outras classes de ativos, como ações (ETFs) e fundos imobiliários, eu prefiro ser mais conservador na renda fixa. Se o prazo fosse menor, digamos, 1 ano, até poderia pensar em alocar parcela de meus investimentos em renda fixa num produto com essas características.

      Porém, para 2 anos de prazo, e sem carência, eu prefiro assumir riscos um pouco mais elevados em troca de uma rentabilidade (esperada) também maior, e com a possibilidade de resgate antecipado (embora, nesses casos, não haja cobertura do FGC). Ou seja, investindo em títulos prefixados do Tesouro Direto, ações e mesmo fundos imobiliários.

      Também de vez em quando eu recebo ofertas de bancos/corretoras que eu não tenho vínculo. Eu acho, eu suspeito, que haja um compartilhamento de informações entre instituições financeiras/corretoras/bancos.

      Se isso não estiver especificado na política de privacidade da corretora/banco com a qual você tenha vínculo, essa prática é ilegal. Enquanto isso, temos é que tolerar e ver se existe alguma coisa que possamos aproveitar.

      Mas sempre com a advertência que já li de Mauro Halfeld: “investimento bom não vai atrás de você. Você é que tem que ir atrás deles”.

      Abç

    • Thomas VXA 21 de outubro de 2014 at 21:25 #

      TBB, você investiu neste Banco? Estou pensando em investir lá, mas achei o contrato um pouco extenso e com muitas demandas. Gostaria de saber suas experiências com esse banco. Valeu!

  4. Flavio 25 de fevereiro de 2014 at 12:01 #

    Já me ligaram do BB oferecendo essa LCA. Não apliquei pois o fundo DI onde estou aplicando rendeu nos últimos 5 anos, antes dos impostos, 98,9% do CDI, então achei que não compensava, mesmo descontando o imposto de renda.

    • Guilherme 25 de fevereiro de 2014 at 12:43 #

      Interessante sua observação, Flavio. Realmente, para aplicações superiores a 2 anos, esse percentual do CDI bate a LCA.

      Abç

  5. Eduardo 25 de fevereiro de 2014 at 18:16 #

    Essa taxa de 84% é sem negociação. Eu negociei e recebo 96,5% na LCA do BB. Mas aí tem que ter mais zeros.

    • Guilherme 26 de fevereiro de 2014 at 7:01 #

      Legal, Eduardo, não sabia que havia essa possibilidade de negociação de taxas maiores. Penso que o mesmo deve ocorrer com as LCIs do próprio BB.

    • Marcio 27 de julho de 2014 at 1:41 #

      Olá, Eduardo, sem precisar dizer qual o valor que você aplicou, me diga:
      1. Aplicando 3 milhões de reais eu conseguiria esta taxa?
      2. Qual o prazo para o resgate ?

      Abraço !

    • Carlos 11 de maio de 2015 at 13:14 #

      Bom dia Eduardo.

      Estava lendo seu “post” e fiquei interessado.
      Será se com 200.000,00 consigo a mesma taxa no BB q vc conseguiu

      sds

  6. Diogo 25 de fevereiro de 2014 at 19:29 #

    Eduardo, esta LCA de 96,5% que vc conseguiu negociar no BB também tem liquidez diária? Se sim, este montante é inferior ou superior a 100 mil?

    • Eduardo 25 de fevereiro de 2014 at 21:49 #

      Não tem liquidez alguma no 1o ano de 3. Depois diária. Mais de 100 mil.

  7. Flavio 26 de fevereiro de 2014 at 11:52 #

    Hmm, bom saber que existe possibilidade de negociação. Quem me ofereceu não disse nada a esse respeito.

    Eduardo, o que você quis dizer com “1º ano de 3”? Tem que deixar no mínimo 3 anos?

    • Thaigo Pereira 26 de fevereiro de 2014 at 16:24 #

      Flavio,

      Fui funcionário do BB e me desliguei a pouco tempo (início de 2014) e também desconheço esta negociação de taxas para clientes.

      Pelo menos para clientes de perfil varejo e estilo!

      Agora, se você for de perfil Private, pode ser que exista esta possibilidade, ja que desconheço a forma como o produto é operacionalizado neste segmento.

      Outro detalhe que não vi informado nem no artigo e nem nos comentários é a possibilidade de aumento da rentabilidade com o aumento do montante investido. O aumento é ínfimo, mas existe.

      Se bem me lembro era 84,25% para valores acima de 300 mil, 84,5 para valores acima de 500 mil. Acima disso não me recordo mais. Lembrando que estas taxas são para clientes de perfil estilo!

      Onde eu trabalhei já tínhamos o costume de resgatar e reaplicar para contornar a questão dos 30 mil, e os clientes eram avisados sobre isso.

      Até pq, para chegar ao 300 mil, por exemplo, não adianta ter 10 aplicações de 30 mil. Deve ser em um único título, ou seja, uma aplicação de no mínimo 300 mil.

      • Guilherme 27 de fevereiro de 2014 at 5:45 #

        Olá Thiago, muito interessante essa informação de aumento do percentual do CDI conforme o montante investido.

        A CAIXA faz o mesmo em relação à LCI, produto forte dela (crédito imobiliário): há pequenos aumentos conforme o montante investido.

        A questão de “driblar” o problema do aporte mínimo é facilitada graças à não incidência de IR nem de IOF nem de taxas de administração sobre os resgates, tornando esse produto altamente competitivo para solução de curto prazo, ainda mais agora que a SELIC foi para 10,75% a.a.

        Abç!

    • Guilherme 27 de fevereiro de 2014 at 5:42 #

      Flavio, pelo que eu entendi, tem que deixar no mínimo 1 ano, sendo que, se você deixar a LCA até o final, ela expira em 3 anos, ou seja, ao final de 3 anos, o montante que estava na LCA é automaticamente resgatado para a conta-corrente.

      Abç

  8. Inner 27 de fevereiro de 2014 at 23:58 #

    O Banco do Brasil não negocia LCA a 96,5%. Nem para o seguimento Private ou Super Private (Wealth Management), mesmo que o cliente tenha ganhado 111 milhões na Mega Sena.

    • edmílson 19 de agosto de 2014 at 8:21 #

      É verdade, sou cliente do segmento Private e só 90% do CDI, no meu montante.

      Percentual de 91% do CDI, só a parte de cinco milhões de reais.

  9. Ilo Navarro 2 de março de 2014 at 11:56 #

    A Caixa também trabalha com LCA.

    • Guilherme 2 de março de 2014 at 17:17 #

      Grato pela informação, Ilo. Se souber quanto a Caixa paga nas LCAs dela, por gentileza nos avise, para que possamos incluir essa informação no artigo.

  10. Guilherme 4 de março de 2014 at 20:24 #

    Interessante link trazido pelo leitor Cândido: http://www.valor.com.br/financas/3325058/novo-selo-traz-garantia-ao-investidor-em-operacoes-de-renda-fixa

    Seguem os comentários dele:

    “Olá Guilherme, parabéns por dedicar seu tempo e sua energia para elaborar um site que visa disseminar informações que podem melhorar a vida das pessoas. No dia 24/02/2014 você postou um artigo sobre LCA “O que é Letra de Crédito do Agronegócio (LCA)?” Envio esse link para lhe informar sobre o programa Cetip Certifica, uma resposta da empresa para tentar evitar que problemas como os enfrentados pelos investidores que adquiriram produtos do Banco BVA através de corretoras possam ocorrer novamente. http://www.cetip.com.br/CetipCertifica Através desse programa a CETIP confirma que a CTVM ou DTVM realiza o registro individualizado na CETIP dos produtos ofertados. Acredito que a adesão ao programa deve ser um dos critérios utilizados pelos investidores ao selecionar uma corretora a partir de agora”.

    Obrigado ao Cândido pelo compartilhamento do link!

  11. Kleber Rebouças 6 de março de 2014 at 0:07 #

    Guilherme,

    Excelente post!

    Até pelos comentários dá para perceber o quanto foi útil!

    Abraços.

    http://www.ricodinheiro.com.br

    • Guilherme 6 de março de 2014 at 11:10 #

      Obrigado, Kleber!

      Os leitores adicionam muitas informações úteis que complementam e ajudam a entender melhor a matéria do artigo!

      Abç!

  12. Dirley 8 de março de 2014 at 10:46 #

    Excelente artigo. Cuidadoso e informativo, como convém.

  13. Domingos Neto 9 de março de 2014 at 11:48 #

    Ola Guilherme
    Parabéns pelo site , muito legal !!

    Poderia me ajudar , tenho 500 mil disponivel e não sei onde aplicar. Sou conservador e posso esperar até 03 anos para o resgate.

    abs,

    • Guilherme 9 de março de 2014 at 16:23 #

      Olá, Domingos, obrigado e seja bem-vindo!

      Pelo seu perfil, as letras de crédito imobiliário e letras de crédito do agronegócio em bancos de primeira linha (até o limite do FGC) e Letras FInanceiras do Tesouro (LFTs) são investimentos mais compatíveis com suas características.

      Abç!

      • Domingos Neto 9 de março de 2014 at 22:47 #

        Muito Grato Guilherme !!

        Mesmo em bancos de primeira linha voce acha arriscado passar do limite do FGC ??

        Valeu,

        • Guilherme 10 de março de 2014 at 6:47 #

          Olá Domingos, em bancos de primeira linha (BB, Itaú, CEF etc.), penso ser menos arriscado passar do limite do FGC. Caso passe, sugiro conversar pessoalmente com o gerente de conta-corrente, uma vez que há chances de conseguir uma taxa de CDI melhor do que aquela disponível por meio de contratação via Internet.

          Abç!

          • beto 7 de abril de 2014 at 7:47 #

            tenho 249 mil reais e quero investir por um periodo de 6 meses. melhor é lca?

            • Guilherme 7 de abril de 2014 at 12:34 #

              Sim, é uma das melhores opções, ainda mais agora que a SELIC aumentou mais 0,25 p.p. semana passada.

  14. Julio Cesar 10 de março de 2014 at 8:25 #

    Caro Guilherme, excelentes orientações, parabéns !
    Tenho 80 k na poupança antiga e 30k em LCA do BB( 84 % CDI),
    como posso diversificar melhor estas aplicações ?. Sou conservador e gosto de ter uma boa reserva sempre à mão.
    Grato.
    Julio Cesar

    • Guilherme 10 de março de 2014 at 9:36 #

      Olá Júlio, obrigado!

      Sua carteira, para seu perfil, já está bem diversificada: ambos os investimentos que você já possui são conservadores e apresentam o requisito da liquidez diária, indispensável para reservas sempre à mão.

      Importante destacar que a poupança antiga ainda apresenta boa rentabilidade, melhor que a da poupança nova, e a LCA, na sua faixa de valores, ganha de todos os fundos referenciados DI do próprio BB.

      Abç!

  15. Saulo 1 de abril de 2014 at 10:01 #

    Olá,
    Excelente artigo!
    Estou com uma dúvida quanto ao LCA do BB, será que alguém poderia ajudar?
    LCA é juros sobre juros, diariamente? Fiz uma aplicação de 30000 e a forma de acompanhar o rendimento no site do BB não deixa isso claro. Eu preciso reaplicar os 30000 mais o rendimento para que este entre na base de cálculo do juros? Se for juros sobre juros, é juros sobre juros diariamente?

    • Guilherme 1 de abril de 2014 at 12:28 #

      Obrigado Saulo!

      Quanto à reaplicação, basta os R$ 30k, você pode deixar de fora da reaplicação os rendimentos, se quiser.

      Penso que os juros sejam calculados de forma simples, acompanhando a variação do CDI diário.

      Abç

  16. Pablo 5 de abril de 2014 at 16:32 #

    Tambem tive a mesma dúvida de Saulo. No extrato do bb, não há segurança de saber se os juros são compostos. Parecem se tratar de juros simples. Em sendo juros simples, o investidor terá que resgatar integralmente o montante e reinvestir no mesmo dia. Bem, em assim sendo, para ter maior rentabilidade, teria que todo dia útil fazer essa operação. Algueém saber afirmar com absoluta certeza sobre essa questão?

    • Saulo 7 de abril de 2014 at 9:39 #

      Ainda estou com essa dúvida… Sendo jurus simples, teria que ser feito como você comentou, Pablo, o que torna a LCA do BB um investimento não muito confortável em termos de “administração do investidor”. Não me agrada a ideia de ter que ficar tirando e colocando o valor novamente, diariamente, para somar os rendimentos à base de cálculo. Mesmo porque dessa forma iria perder o histórico que o próprio banco oferece naquela telinha de administração… Não consegui falar com meu gerente ainda, mas vou tentar entrar em contato com ele para esclarecer esse ponto pra mim.

    • Saulo 7 de abril de 2014 at 12:41 #

      Liguei para meu gerente e ele disse que não há necessidade de sacar o rendimento e reinvestir para incrementar a base de cálculo. Segundo ele, é juros compostos mesmo, ainda que não esteja muito claro no regulamento nem no site para acompanhamento.

      • Guilherme 7 de abril de 2014 at 17:56 #

        Boa notícia, Saulo. Grato por compartilhá-la conosco.

      • investidor 1 de maio de 2014 at 1:07 #

        Saulo,

        Já tinha visto sua resposta aqui antes. Contudo, a resposta do seu gerente não me satisfez. É que já escutei muita informação errada de gerentes sobre todo tipo de atividade e movimentação bancária. Desde simples operações como DOC e TED até outras mais complexas. Logo, desconfio de informações prestadas verbalmente. Por esse motivo formalizei uma reclamação no BB quanto à ausência de informações no prospecto em relação à forma e periodicidade de capitalização do investimento. Segundo a Resolução do Banco Central n.º 4.296/2013, o registo da LCA deve conter “a forma e periodicidade de capitalização e, se for o caso, de atualização monetária”. O prospecto é absolutamente silente a respeito, o que no meu sentir é uma desnecessária falta de transparência com o investidor. É que o registro da LCA deve conter a forma e periodicidade de capitalização. A única certeza que tenho é que a rentabilidade é 84% do CDI. E a periodicidade de capitalização? É diária, mensal, anual, trienal? Bem, vou aguardar a resposta oficial do BB. Assim que sair eu publico. Caso seja alguma resposta evasiva (o que eu acredito que vai ser), vou formalizar uma reclamação no Bacen. Mantenho todos informados.

        • Guilherme 1 de maio de 2014 at 7:01 #

          Excelente iniciativa, Investidor!

          Assim que tiver novidades, compartilhe-as conosco, pois essa é a dúvida de muitos leitores interessados na LCA.

          Abç

        • samuel 9 de maio de 2014 at 12:53 #

          Tenho esta mesma dúvida quanto à periodicidade de capitalização do meu investimento de LCA feito no BB. Não ficou claro se o valor investido é capitalizado diariamente, se apenas em dias úteis ou em dias previamente fixados, etc. Faz um pouco mais de 3 meses que realoquei todo meu investimento do CDB-DI para o LCA ambos do BB e, realmente, não notei muita diferença de rentabilidade entre os dois não. Minha aplicação está acima de 150k, semelhante ao que tinha no CDB e ambas com rentabilidade atual de 84% do CDI, contudo, como explicitado na matéria, o LCA deveria ter um rendimento final líquido, a curto prazo, bem maior que o CDB, pois é isento de IR e IOF. Entretanto o que observei nesses primeiros meses foi que, se eu tiver tido uma rentabilidade maior no LCA, esta foi quase imperceptível (esta foi minha sensação…até pq não pude comparar o valor exato do rendimento ao fim de 1 mês pq o extrato é bem pouco detalhado) e outra coisa que já observei é que parece que a capitalização do LCA não é feita em todos os 7 dias da semana e, inclusive, observei que nesta última segunda-feira (dia 5 de maio) não houve aumento de rendimento relativo ao dia anterior (domingo) e mesmo sendo a tal segunda um dia útil qualquer (não foi feriado). Então sobre este investimento ainda falta muito esclarecimento por parte do BB, tanto por meio de um contrato mais detalhado como em seu próprio site de acesso a conta e investimento…onde o extrato do LCA, para mim, é bem menos detalhado que o que eu tinha no CDB-DI em relação aos rendimentos diários e os comparativos de meses anteriores. O LCA é um ótimo e seguro investimento, mas acho que falta mais clareza principalmente na forma que é feita a sua capitalização que eu imaginava ser diária (7 dias na semana)…contudo, como falei anteriormente…observei que tem dias que os rendimentos permanecem inalterados.

          • Cristiano 9 de maio de 2014 at 16:13 #

            Samuel, nenhum investimento bancário vai ter rentabilidade nos dias em que o mercado do mesmo estiver fechado, como nos fins de semana e feriados nacionais. Dito isto, apesar de você verificar rentabilidade bruta parecida entre a LCA e o CDB à mesma taxa, a diferença virá na hora do resgate. No caso do CDB, o montante investido será diminuído do valor resgatado MAIS o IR calculado sobre o valor resgatado (além do IOF se o valor resgatado tiver menos de 30 dias de idade), enquanto na LCA o montante investido será reduzido apenas do valor resgatado, pois não há cobrança de IR nem de IOF progressivo.

            • Guilherme 9 de maio de 2014 at 16:51 #

              Exatamente!

              A diferença virá na hora do resgate.

              Excelente comentário, Cristiano!

              Abç!

            • samuel 9 de maio de 2014 at 23:09 #

              Valeu Cristiano. Dúvida sanada. Observei que a rentabilidade de ambos ocorre em 5 dias úteis. Pude observar com mais calma que a rentabilidade líquida realmente é bem perceptível.

    • edmílson 19 de agosto de 2014 at 8:42 #

      Bom dia, Pablo. O rendimento diário é incorporado ao capital inicial.

      O mercado trabalho com 126 dias úteis por semestre, ou seja, 252 dias por ano.

      Assim, em julho último tivemos 23 dias remunerados.

      Já em fevereiro, são menos dias.

      A CDI atual é 10,8% ao ano. CDI diária é 0,0407…%.

      Se for 90% dessa CDI = 0,0366..%. Por exemplo uma aplicação de R$ 10.000,00 rende R$ 3,66 no primeiro dia. No segundo, o rendimento será 10.003,66 a 0,0366 e assim sucessivamente. No extrato diário, você comprovara isso.

      Até breve.

  17. Joao Santana 5 de abril de 2014 at 17:11 #

    No pdf que encontrei sobre a LCA do BB encontrei o seguinte trecho:

    “3. DA TRIBUTAÇÃO SOBRE O RESGATE DA LCA
    3.1. O Banco fará a retenção e recolhimento do Imposto de Renda e do Imposto
    sobre Operações Financeiras (IOF) devidos por ocasião do resgate da LCA e na forma
    da legislação vigente. ”

    Isso não contradiz o que está aqui publicado?

    Link: http://www.bb.com.br/docs/pub/inst/dwn/RegulamentoLCAinter.pdf

    • Guilherme 5 de abril de 2014 at 19:22 #

      Olá João, observe que o banco fará a retenção de imposto “na forma da legislação vigente”.

      Como a legislação vigente determina a isenção do imposto de renda sobre os rendimentos auferidos, então o banco não fará retenção alguma. Fonte legal: Lei Federal 11.033, de 2004, artigo 3º, inciso IV.

      Talvez o banco tenha colocado esse item caso no futuro o governo resolva cobrar o IR.

      Eu já vivenciei isso na prática: precisei resgatar o valor de uma LCA que tinha no BB, e o valor que caiu na conta-corrente foi exatamente o valor que eu tinha até então no investimento. Não houve retenção de IR ou de IOF, porque tais impostos não existem na LCA.

      Abç.

      • Joao Santana 5 de abril de 2014 at 22:52 #

        Entendi. Muito obrigado.

  18. Carlos Henrique 5 de abril de 2014 at 22:58 #

    Guilherme,

    Já consegui economizar R$ 60 mil e estão aplicados na poupança. Você recomendaria aplicar todo esse dinheiro no LCA do BB? Pois, pelo que vejo este LCA apresenta a mesma segurança e facilidades da poupança, porém com uma rentabilidade maior.

    • Guilherme 6 de abril de 2014 at 8:42 #

      Olá, Carlos.

      Eu recomendo. No BB, com a LCA você tem a mesma segurança e a facilidade da poupança, tal como a liquidez diária, com o diferencial da rentabilidade diária, e não somente após o “aniversário” da caderneta.

      Abç

  19. beto goiania 7 de abril de 2014 at 7:54 #

    Afinal, eu posso ou não negóciar a taxa cdi com meu gerente do BB?

    • Guilherme 7 de abril de 2014 at 12:34 #

      Depende do volume de investimentos. Se for grande, pelo depoimento de alguns leitores aí em cima, sim, a taxa seria negociável.

      • beto goiania 8 de abril de 2014 at 7:24 #

        Guilherme, eu liguei para um amigo do BB, ele disse que não é negociãvel a taxa cdi. Mas eu acredito que eles sao orientados a falar que não são negociavel, senão vira regra . Sei lá

        • Guilherme 8 de abril de 2014 at 19:14 #

          Oi Beto, também acho que não é negociável, como regra.

          Contudo, acredito haver uma possibilidade de negociação se o valor for significativo (acima de R$ 300 mil, por exemplo).

  20. beto goiania 7 de abril de 2014 at 8:02 #

    Guilherme? o que voce acha da UNICRED? será que ela tem LCA? sou cliente la e gosto de trabalhar nesse banco

    • Guilherme 7 de abril de 2014 at 12:33 #

      Beto, não conheço a Unicred, portanto, não tenho como opinar.

      Se ela tiver LCA, e numa taxa boa, digamos, mais do que 84% do CDI, penso que é uma opção interessante, tendo em vista a cobertura do FGC.

      Abç

  21. beto goiania 8 de abril de 2014 at 7:27 #

    Guilherme eu tava pensando. Acho perigoso investir em banco pequeno como Unicred e Sicoob, principalmente em uma quantia consideravel, acho que vou ficar com o banco do brasil mesmo.. pode ate que pague menos, mas é dificil quebrar.

    • Guilherme 8 de abril de 2014 at 19:15 #

      Sim, Beto, tendo em vista o seu objetivo de curto prazo, é a opção mais adequada.

  22. beto goiania 8 de abril de 2014 at 20:11 #

    eu posso colocar 250 mil em um banco e 250 mil em outro? para nao correr o risco?

  23. Felipe 11 de abril de 2014 at 23:03 #

    Guilherme, hoje foi minha primeira visita ao site, mas achei muito produdivo as discussões nos comentários, sua participação ativa também importante. Já twitei o artigo e recomendo aplicação em LCA pelos motivos já descritos. Hoje meu gerente me avisou quando atingir 300k haverá uma melhora (não sei se de 84,2 para 84,5% do CDI, como citado por outros leitores) ou algo mais significativo como sugerido por outros. Parabéns pelo site. Vou investigar mais assuntos do meu interesse.
    Abraços.

    • Guilherme 13 de abril de 2014 at 10:36 #

      Muito obrigado pelas palavras e por recomendar meus artigos, Felipe!

      E legal também saber dessa melhora do percentual conforme o montante aplicado.

      Abç

  24. Felipe 12 de abril de 2014 at 20:53 #

    Caro Guilherme, possuo mais de 300k aplicados em LCA do BB a uma taxa de 84,25% do CDI, diferente do que outros falaram de fato náo há essa opção de negociação com o gerente. Porém existem outras opções: a CAIXA oferece para este montante 90,25% do CDI para resgate após 1 ano e Órama está oferecendo 100% do CDI também para resgate em 1 ano. O que você acha da Órama? Tendo 300k aplicados em LCA/LCI, a estas taxas da CAIXA valeria a pena cogitar Tesouro Direto (LTN para 2017)? Abraços

    • Guilherme 13 de abril de 2014 at 10:43 #

      Olá Felipe, a Órama me parece uma instituição séria e com uma proposta interessante de permitir ao pequeno investidor acesso a fundos de investimentos com taxas de administração mais reduzida.

      Não invisto lá, mas os comentários têm sido positivos. Só tome cuidado que, no caso de fundos, não há garantia do FGC, e, no caso de LCIs/LCAs, ela trabalha com bancos de pequeno porte, e os prazos de carência costumam ser grandes, de 1 ano para cima, o que aumenta substancialmente o risco (apesar de as taxas serem atrativas, é a velha questão da relação risco vs. retorno).

      Com essas taxas da CAIXA, penso que você pode manter o seu dinheiro lá. Ainda há incertezas sobre os rumos da economia, e considero esse um momento mais apropriado para investir nos pós-fixados atrelados ao CDI/SELIC, como a própria LCA da Caixa, tendo em vista a possibilidade de termos novos aumentos na SELIC.

      As taxas das LTNs já estiveram melhores – eu mesmo consegui comprar LTN acima de 13% no começo desse ano (e o máximo oferecido hoje não passa de 12,6%) – de modo que considero mais prudente ser mais conservador no momento, investindo nos produtos pós-fixados ao CDI/SELIC.

      Abç

      • Felipe 13 de abril de 2014 at 14:43 #

        Guilherme, muito obrigado pelas informações prestadas tão rapidamente. Deixe eu corrigir meu comentário anterior com relação a LCI na Caixa. As taxas são: Para aplicações a partir de R$100k e permanência de 1 ano 85,11% do CDI. Para aplicações a partir de R$300k e permanência por 1 ano , 87,11% do CDI. Para aplicações a partir de R$500k e pemanência por 1 ano, 91,01% do CDI. Ou seja, se o investidor não tiver uma urgência de resgate no período de 1 ano, a Caixa supera o BB em todos os aspectos, uma vez que o BB não oferece a opção de resgate após um determinado período de tempo. E para o BB os índices são: A partir de R$30k, 84% do CDI. A partir de R$300k, 84,25% do CDI. A partir de R$500k, 84,5% do CDI…sempre com resgate permitido para o dia seguinte. Abraços.

        • Guilherme 13 de abril de 2014 at 17:24 #

          Olá Felipe, muito obrigado pelas informações!

          Sua análise está perfeita, para prazos maiores, a Caixa oferece investimentos mais rentáveis.

          Abç!

  25. Neto 15 de abril de 2014 at 11:09 #

    Qual o valor mínimo no BB de resgate para a LCA ?

    • Pablo 15 de abril de 2014 at 16:07 #

      Depende de qt vc investiu. No bb, o investimento minimo em lca é de 30 mil. Sendo assim, se vc investiu 50 mil, so pode fazer resgate parcial até o valor de 20 mil. Se o valor for acima disso, o resgate tem que ser total.

  26. João Mário 18 de abril de 2014 at 11:58 #

    Alguém que tem LCA no BB pode me ajudar?

    Comecei investir em LCA nessa semana e percebi que hoje (feriado) não apareceu nenhum rendimento. O rendimento na LCA não é computado em dias não úteis? Vou ter o retroativo desses dias no primeiro dia útil da semana que vem?

    • Felipe 18 de abril de 2014 at 18:07 #

      João, a LCA rende de acordo com os dias úteis! Você verá o seu rendimento após o 1o dia útil da aplicação.

    • BETO GOIANIA 14 de maio de 2014 at 21:30 #

      Amigos, tenho 206 mil reais em LCA, fiz os juros aqui na calculadora e pelas minhas contas deu 0,68% ao mes. Tenho duvida sobre a garantia de 250 mil. EStou querendo colocar mais dinheiro e acredito ultrapassar os 250 mil reais. qual risco que corro? o risco é muito grande? qual opinião de voces?Abraços

      • Investidor 14 de maio de 2014 at 21:37 #

        O fundo garantidor de credito protege até 250 mil dos investimentos cobertos por ele (poupança, lci, lca) por cada CPF em cada instituição financeira.

  27. rogerio 18 de abril de 2014 at 17:47 #

    Prezados,

    tenho uma proposta do Banco Pine no valor de 100% CDI para LCA para um investimento de R$ 250000 com carencia de 1 ano,

    Alguem conhece este banco ? ele tem credibilidade ?

  28. Eduardo 19 de abril de 2014 at 0:00 #

    Contrariando os questionamentos, afirmo: o BB não paga mais 96,5% do CDI na minha LCA, mas 97%. É no segmento private, sim, e o valor da LCA é sigilo. Basta negociar.

    • Carlos 14 de maio de 2014 at 13:50 #

      Muito Boa dica
      Entretanto liguei para o BB Private do Rio De Janeiro e fui informado por uma gerente que o valor máximo da LCA é 94,5%.
      Tentei argumentar mas não se interessou
      Uma ajuda… Em que cidade tem esta conta private ? Poderia informar o nome do gerente ?
      Por ser uma informação privada se desejar pode enviar a informação para o meu e-mail

    • ottorino 8 de janeiro de 2016 at 8:44 #

      Atè um Milhoès paga sempre 84,50 mesmo 97% se vc investe mais de 5 milhoes

  29. Arthur 21 de abril de 2014 at 20:41 #

    Compensa deixar 70k na poupanca antiga ou aplicar em LCA do BB q paga 84% do CDI.? Obrigaro

    • Guilherme 22 de abril de 2014 at 10:00 #

      Deixe na poupança antiga, cujo rendimento é fixo. Numa eventual queda da SELIC, como a que ocorreu ano passado, quando chegou no patamar dos 7%, a poupança antiga renderá mais.

  30. José Carmo 22 de abril de 2014 at 21:12 #

    Guilherme, boa noite! Tenho LCA no BB a 84,25% CDI liquidez diaria, mas tenho uma parcela que pode ser para longo prazo. Vi que um leitor perguntou do Banco Maxima, e fui pesquisar e vi que o banco esta credenciado pelo CetipCertifica, conforme mencionou o leitor Candido. As taxas oferecidas pelo banco Maxima pra LCI realmente são bem atraentes , para quem pode deixar o dinheiro por um tempo:

    721 dias 105%
    540 dias 104%
    361 dias 103%
    181 dias 100%
    150 dias 98%
    120 dias 92%
    90 dias 90%

    Valeria a pena migrar uma parte para longo prazo, dentro do limite do FGC ?
    Obrigado pelo excelente post.

  31. José Carmo 23 de abril de 2014 at 0:52 #

    Guilherme, parabéns pelo post.
    Vi que o banco maxima é credenciado no CetipCertifica, orgão que o leito Candido comentou. Eles estão remunerando bem a LCI
    721 dias 105%
    540 dias 104%
    361 dias 103%
    181 dias 100%
    150 dias 98%
    120 dias 92%
    90 dias 90%
    Estou em LCA no BB, mas tenho uma parcela para longo prazo.
    Compensa aplicar até o limite fo FGC?
    Obrigado

    • Guilherme 23 de abril de 2014 at 15:28 #

      Olá, José, boa tarde!

      Pelas taxas praticadas pelo referido banco, vale a pena, *desde que* você esteja disposto a assumir uma possível dor de cabeça caso o banco “quebre”, e suporte também a falta de liquidez para prazos mais longos.

      Abç

  32. Carlos Henrique 23 de abril de 2014 at 10:13 #

    Uma dúvida sobre a LCA do BB. Posso desistir dessa aplicação em qualquer momento sem qualquer multa ou algo do tipo?

    Estou pensando em investir, porém, se eu precisar deste dinheiro em curto prazo posso retirar tudo da LCA?

    • José Carmo 23 de abril de 2014 at 12:32 #

      Carlos Henrique, a LCA no BB tem liquidez diária.

      • Carlos Henrique 23 de abril de 2014 at 13:09 #

        Não respondeu a minha pergunta. Posso fazer uma retirada total ou parcial sem quaisquer encargos sobre isso?

        • José Carmo 23 de abril de 2014 at 13:26 #

          Sim, vc pode fazer resgate parcial desde que o saldo não seja inferior a 30 mil e também pode retirar o valor total. Sem nenhum encargo. Sem IR e taxas.

          • Carlos Henrique 23 de abril de 2014 at 15:35 #

            Obrigado =)

  33. Felipe 3 de maio de 2014 at 16:34 #

    Caros, resgatei minha aplicação no BB a 84,25% do CDI e investi na Caixa em LCI a uma taxa de 86,15% do CDI. Porém, na Caixa observei que há uma taxação do IOF, mas segundo o regulamento no site esta taxação é apenas no 1o mês, desaparecendo no mês subsequente. Minha questão é: esta taxação será realmente descontada neste primeiro mês ou é apenas uma maneira de não resgatar este dinheiro antes de 1 mês?

    • Guilherme 3 de maio de 2014 at 16:51 #

      Olá Felipe, a tributação somente ocorrerá se você resgatar dentro dos 30 dias iniciais da aplicação.

      Se você resgatar o dinheiro depois de passados os 30 dias iniciais, não há cobrança de IOF.

      • Felipe 3 de maio de 2014 at 16:53 #

        Pois é, eu imaginei, mas sabe como é…a gente aplica o dinheiro e depois de 6 dias aplicados eu estou vendo uma parte do rendimento ser comido pelo IOF…dá uma certa agonia, mas valeu pela resposta. Abraços.

        • Guilherme 3 de maio de 2014 at 17:24 #

          Olá Felipe, realmente, temos que prestar atenção a esses pequenos detalhes.

          Mas fique tranquilo que no caso da LCA o IOF só incidirá sobre os primeiros 30 dias após a aplicação.

          Abç e bons investimentos!

  34. Cristiano Matos 7 de maio de 2014 at 10:15 #

    Foi falado aqui e até foi dúvida de vários:
    “Sendo jurus simples, teria que ser feito como você comentou, Pablo, o que torna a LCA do BB um investimento não muito confortável em termos de “administração do investidor”. Não me agrada a ideia de ter que ficar tirando e colocando o valor novamente, diariamente, para somar os rendimentos à base de cálculo.”

    juros simples nas LCA ????!!! Como assim??!!! LCA, CDB, CDI, poupança, LCI dão rendimentos em juros compostos sempre!!! Juros simples acontece em debentures e TD com juros semestrais não é mesmo?? tem algum lugar dizendo que LCA é juros simples que assustou tanta gente??

    • Investidor 7 de maio de 2014 at 16:49 #

      Fiz uma reclamação no BB para saber formalmente se são simples ou compostos. De todo modo, após minha LCA completar 30 dias, fiz os cálculos e acredito que são compostos com capitalização mensal. Estou no aguardo da resposta oficial do bb.

      • Guilherme 7 de maio de 2014 at 20:10 #

        Estamos ansiosos pela posição oficial do BB!

        Pelos cálculos que eu fiz, também entendo que são compostos com capitalização mensal.

        Abç

        • Felipe 7 de maio de 2014 at 20:30 #

          Pessoal, como assim? Basta vocês olharem seus rendimentos para ver que são juros compostos! Com relação a ficar retirando o dinheiro para fazer novas aplicações, é verdade, mas é bem tranquilo…

  35. Investidor 9 de maio de 2014 at 11:15 #

    Segue a resposta oficial do BB:

    “Informamos que a Resolução nº 4.296/2013 do CMN trata do registro da Letra de Crédito do Agronegócio – LCA, pelas instituições financeiras, em sistemas de registro e de liquidação financeira, conforme consta no Art. 1º da referida Resolução e cuja vigência se inicia em 02.06.2014 conforme art. 7°.

    O item 1.2.1 do regulamento da LCA, discrimina as informações constantes do título, inclusive os encargos negociados.

    Eventuais dúvidas em relação as características do produto, inclusive sobre sua forma de capitalização, podem ser esclarecidas junto ao gerente de relacionamento do cliente.

    A periodicidade de capitalização da LCA é diária, realizada na forma composta, considerando os dias úteis e ano base 252.

    Queremos reforçar nosso compromisso com o melhor atendimento e o respeito às suas necessidades. Por isso, caso você tenha alguma dúvida, entre em contato por meio dos nossos canais de atendimento:

    Estamos à disposição,

    Equipe BB Atende”

    Sendo assim, a capitalização é diária. Dúvida oficialmente sepultada.

    • Guilherme 9 de maio de 2014 at 11:40 #

      Valeu, Investidor!

      Juros compostos na LCA! Vamos que vamos!

      Abç

  36. Paulo 12 de maio de 2014 at 14:35 #

    Boa tarde Guilherme.

    Tenho 300k e vou investir. A curto prazo esse é um dinheiro que não irei usar (compra casa ou apartamento) mas usarei parte dos rendimentos para bancar algu, as despezas pessoais.
    Mimha idéia inicial é poupança, pela liquidez diária e facilidade. Mas estou pensando nas LCIs e LCAs, por não pagarem IR nem IOF. Mas há a remota possibilidade de colocar no Tesouro Direto, caso tenha algum papel com rendimento mensal ou ate semestral.
    O que vc recomenda, observando as taxas atuais? Tenho conta em BB e Itau e também em uma corretora de valores.

    Grato desde já

    Paulo

    • Guilherme 12 de maio de 2014 at 16:16 #

      Boa tarde, Paulo!

      Inicialmente, parabéns por ter conseguido juntar essa excelente quantia!

      Sobre sua dúvida, vejo que tem o objetivo de usar o dinheiro para bancar algumas despesas pessoais. Logo, liquidez é um fator importante para seus investimentos, somado ao necessário conservadorismo, haja vista que os juros serão utilizados, dentre outros objetivos, para bancar parcela de suas despesas domésticas.

      Penso que a melhor estratégia, no seu caso e para o seu contexto específico, sejam as Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs), do próprio BB.

      Como o valor que você tem é bastante alto, sugiro não fazer aplicação pela Internet. Isso porque é possível (mas não há garantias) de que você consiga uma taxa percentual do CDI melhor do que se fizesse a aplicação via Internet.

      Converse com seu gerente de conta-corrente e barganhe uma taxa melhor.

      Não custa também você tentar ver se o Itaú trabalha com LCI ou LCA (embora eu pessoalmente ache que as taxas do Itaú sejam muito baixas).

      Abç!

  37. BETO GOIANIA 14 de maio de 2014 at 21:34 #

    guilherme tenho 206k no banco do brasil. quero ultrapassar os 250k. qual risco? é muito grande? o que acha? abraços

    • Guilherme 15 de maio de 2014 at 16:13 #

      Oi Beto, no BB o risco é mínimo, portanto, se quiser aumentar os aportes, vá sem medo!

      Abç

  38. beto 19 de maio de 2014 at 22:11 #

    oLA. Qual a diferença de LCA E LCI em termos de rendimentos e segurança?

    • Guilherme 20 de maio de 2014 at 6:24 #

      Oi Beto, ambos são bastante semelhantes em termos de rendimentos e segurança, pois geralmente são indexados a um percentual do CDI, sendo que os dois também têm a cobertura do FGC.

      As diferenças maiores se encontram, basicamente, nos bancos emissores – risco de crédito – sendo que, quanto mais desconhecido ou menor o banco, melhor tende a ser a taxa, independentemente de ser uma LCA ou LCI.

      Abç

  39. José Carmo 22 de maio de 2014 at 15:28 #

    Guilherme, boa tarde! Tenho 250K para investir e me ofereceram um CDB do Banco Brasil Plural com prazo de 2 a 5 anos, que paga 1% ao mês, com rendimentos pagos todo mês na conta corrente, ou seja, os juros não são capitalizados, e os rendimentos são tributados pela tabela regressiva do imposto de renda, 22,5% nos primeiros 6 meses, 20% nos proxímos 6 meses, 17,5% no segundo ano e 15% a partir do segundo ano. O produto é garantido pelo FGC. Tenho uma outro opção que é uma LCI que paga 97% do CDI para 360 Dias com o Banco Pine, esse com resgate só no vencimento. O CDB seria uma boa opção? Obrigado

    • Guilherme 22 de maio de 2014 at 18:01 #

      Boa tarde, José!

      Antes de investir, você deve estar atento ao seu grau de tolerância ao risco, bem como à carência de ambos os produtos.

      Isso porque o CDB referido te obriga a ficar com o investimento “preso” no banco até 2016, no mínimo. Ou seja, se você aplicar amanhã, 23.05.2014, só poderá resgatar o valor principal no mínimo em 23.05.2016. Você aguentaria ficar sem poder mexer no principal durante esse prazo de 2 anos?

      Se sim, então o negócio seguinte é verificar se você se tolerância ao risco. Isso porque nenhum banco está livre de quebras, e, se o banco eventualmente quebrar, você poderá demorar muito tempo até receber o valor principal de volta. Você assumiria esse risco?

      Se sim para ambas as perguntas, é preciso considerar ainda o custo da oportunidade: e se até 2016 aparecem oportunidades melhores para investir seu dinheiro, como ações e títulos do Tesouro baratos, oportunidades de compras de terrenos, imóveis etc… deixando o dinheiro lá, você não teria como aproveitar nenhuma dessas oportunidades.

      Enfim, minha recomendação é aplicar somente uma parcela, talvez 20%, do seu capital total em produtos como os citados, que exigem carência longa. Outra parte eu colocaria em títulos do Tesouro Direto, que podem ser resgatados semanalmente, ou títulos privados de renda fixa com liquidez diária, como CDBs de bancos de primeira linha, e fundos referenciados DI com taxa máxima administração de 0,5% a.a.

      Abç!

  40. José Carmo 23 de maio de 2014 at 10:51 #

    Obrigado Guilherme! Na verdade esse capital é para longo prazo. No tesouro direto, quais tíulos seriam mais interessantes no momento, sendo que talvez o ciclo de alta da selic tenha acabado? Obrigado.

    • Guilherme 23 de maio de 2014 at 12:53 #

      Olá José, nesses momentos de indefinição de política econômica, e com a inflação ainda em alta, os títulos mais indicados são as LFts!

      Abç

  41. Priscilla 2 de junho de 2014 at 13:04 #

    Olá Guilherme. Adorei essa publicação e achei super útil para o meu atual momento.
    Tenho 2 aplicações em LCA no Safra sendo uma de 100.000,00 – 92% CDI – 6 meses; e outra 100.000,00 – me devolverá o dobro investido em 6 anos, risco Safra apenas.

    Já no BB tenho um Brasilprev de 25.000,00, no qual deposito 450,00 mês. Uma LCI de 2.000,00 – 80% CDI. E 650 ações BBAS3.

    Agora estou com uma entrada de 4.000,00 e uma perspectiva de entrada de 25.000,00 para 60 dias. Gostaria de investir em Tesouro Direto. Vc. acha adequado? Tb pensei na possibilidade de aumentar meu Brasilprev.

    No Safra não posso entrar na LCA pois o valor mínimo de investimento é de 100.000,00.

    O que vc. me recomenda?

    Não preciso mexer nesse dinheiro por uns 10 anos no mínimo.

    Obrigada, Priscilla

    • Guilherme 2 de junho de 2014 at 21:19 #

      Olá Priscilla, parabéns pelo belo patrimônio financeiro acumulado, de fazer inveja a muito marmanjo gastador!

      Quanto aos investimentos para os novos fluxos de receitas, considero, sim, muito adequado investir no Tesouro Direto, particularmente nas Letras Financeiras do Tesouro.

      O BC manteve a SELIC nos 11%, que deve se manter até as eleições. Como há muita incerteza e pressão inflacionária correndo solta, eu seria conservador e marcaria posição nos pós-fixados.

      No momento, as LFTs são o porto seguro. Aliás, é o que eu tenho recomendado ultimamente.

      Quanto a novos aportes no BrasilPrev, só considero interessante se houver possibilidade de maximizar o benefício fiscal.

      Abç

      • Priscilla 4 de junho de 2014 at 10:18 #

        Guilherme, muito obrigada pelo conselho. Seguirei e volto para te contar minha experiência.

        Abs.

        Priscilla

        • Guilherme 6 de junho de 2014 at 8:30 #

          Legal, Priscilla, depois conte para nós suas experiências.

          Bons investimentos!

          Abç

        • Cristiane 15 de julho de 2016 at 20:05 #

          Ola Priscila, o que vc achou dos investimentos do banco Safra, quero investir 250 mil em lci ou lca pré- fixado 13% ao ano? Se alguém souber falar um pouco mais sobre investimentos prefixados agradeço … Na verdade minha duvida é: no prefixado os 13 % ao ano é sobre o valor que estou aplicando, ou seja vou ter lucros em cima dos 250 mil? Obrigada

  42. cesar 18 de junho de 2014 at 16:39 #

    Tenho 60 k, investidos em cdb 98% hsbc.8 k fundo renda fixa e 13 k poupança. To pensando em colocar no bb 60k em lca.prazo 3 anos.qual melhor lca ou tesouro nacional?

    • Guilherme 18 de junho de 2014 at 18:53 #

      Olá César, depende de seus objetivos. Para acompanhamento da taxa SELIC, a LCA do BB e a LFT do Tesouro Direto são as melhores opções, mas é bom checar o percentual do CDI que a LCA do BB está pagando para essa faixa de valores (R$ 60k).

      Para investimentos até 2017, ainda há a opção da NTNB 2019, que está pagando 5,71% a.a. + IPCA, e que pode ser interessante se você ficar com o dinheiro investido até o prazo final de vencimento.

      Abç

  43. mario 2 de julho de 2014 at 0:13 #

    Tenho no BB 300K em poupança antiga e 130k na nova 56k em previdencia VGBL e 160 em CDB 100%CDI no hsbc . Estou pensando por 130k da poupança nova e mais 100k da antiga, poderiam me ajudar a encontrar uma forma melhor de aplicação conservadora para estes montantes? obrigado

    • Guilherme 5 de julho de 2014 at 8:35 #

      Mário, com esses R$ 230k disponíveis para investir, eu sugiro você pesquisar junto ao próprio Banco do Brasil qual é a taxa do CDI que eles te remuneram na LCA e na LCI.

      Também vale a pena pesquisar se o HSBC possui uma LCA ou LCI a taxas atrativas, uma vez que o valor que você tem para investir se encontra dentro do patamar suportado pelo FGC.

      Abç

  44. Eric 4 de julho de 2014 at 11:39 #

    Olá Guilherme,

    Para aplicar no LCA do BB precisa ser correntista?

    Att,

  45. Junior 10 de julho de 2014 at 15:58 #

    Olá Guilherme, parabéns pela matéria e pelas discussões. Muito legal o site.

    Tenho 30 mil para investir. Estou na dúvida entre LCA BB (que deve pagar 84% do CDI) ou um Fundo Referenciado DI LP com taxa de administração de 0,8% disponível devido ao sistema de Visão Integral do BB (que segundo a Lâmina de Informações Essenciais teve 93,68% de desempenho como percentual do CDI nos últimos 12 meses).

    Não tenho prazo para resgatar o dinheiro. O que me sugere? Abraços.

    • Guilherme 10 de julho de 2014 at 19:56 #

      Olá Junior, obrigado.

      Pelas informações que você me forneceu, eu sugiro a LCA BB, porque não só tem rentabilidade líquida superior ao Fundo Ref DI LP, como também fornece uma segurança tão boa quanto esse mesmo fundo.

      Abç

      • Junior 10 de julho de 2014 at 23:03 #

        Obrigado Guilherme, e parabéns novamente pelo site.
        Abraços.

  46. Wellington 15 de julho de 2014 at 17:14 #

    Obrigado pela excelente explicação, estava em dúvida e você superou as minhas expectativa. Encontrei o investimento que estava procurando.

  47. Barbara 18 de julho de 2014 at 10:57 #

    Olá, Guilherme!
    Tudo bem?
    Estou pensando em investir um dinheiro que hoje está em poupança regular do BB. Em torno de R$40k. Pensei em investir em LCA (no BB) ou LCI (na CEF). Qual dessas duas opções achas que é mais vantajosa?
    Obrigada.

    • Guilherme 18 de julho de 2014 at 11:20 #

      Olá, Bárbara, tudo bem, graças a Deus!

      Bom, em primeiro lugar, parabéns pelos R$ 40 mil economizados!

      Sobre o melhor investimento para esse montante, vá de LCA no BB, que, além de ter uma excelente rentabilidade, ainda conta com liquidez diária (mesma facilidade da poupança=, e rentabilidade também diária (ao contrário da poupança), ou seja, seu dinheiro vai crescendo a cada dia!

      Abç

      • Barbara 18 de julho de 2014 at 13:29 #

        Obrigada, Guilherme!
        Não é fácil economizar mesmo, mas querendo a gente consegue..hehehe
        Parabéns pelo post, que é de grande valia e poucas pessoas falam sobre isso.
        Abraço!

        • Felipe 18 de julho de 2014 at 13:54 #

          Permita-me fazer uma correção Guilherme. A pergunta que a Barbara deve-se fazer é: quanto tempo pretendo deixar esse dinheiro aplicado? Pois no BB você aplica em um dia a uma taxa de 84% do CDI e pode retirar a qualquer momento. Na Caixa, a aplicação em LCI lhe dara 85% do CDI se você puder esperar 2 meses para retirar o dinheiro, mas lhe dará 86% se você deixar por 1 ano. Em ambos a liquidez é diária, a grande questão é se você pretende retirar o dinheiro em pouco tempo.

          • Guilherme 18 de julho de 2014 at 14:40 #

            Oi Felipe, não sabia dessa rentabilidade crescente da LCI da Caixa.

            Sem dúvida, isso é uma coisa sobre a qual a Bárbara deve pensar, uma vez que, com esses novos dados, a LCI da Caixa é a melhor alternativa, se o propósito da Bárbara for deixar o dinheiro por mais de 1 ano.

            Abç

        • Guilherme 18 de julho de 2014 at 14:38 #

          Isso mesmo, Bárbara, com esforço e disciplina os resultados aparecem!

          Abç!

  48. Pascoal 19 de julho de 2014 at 0:33 #

    Caro Guilherme, acho que encontrei nesta publicação a opção de investimento que eu estava procurando, rs. Possuo um dinheiro investido na poupança, sou conservador e pretendo sempre ter uma reserva para algum gasto “inesperado”. De todo dinheiro que tenho aplicado na poupança, aproximadamente 1/5 é na antiga. Você recomenda eu retirar todo os 4/5 da poupança nova e colocar no LCA? (tenho conta no BB). Obrigado pelas dicas.

    • Guilherme 19 de julho de 2014 at 11:06 #

      Olá Pascoal, que bom que encontrou!

      Sobre sua dúvida, eu recomendo sim, a troca, pois tem as mesmas vantagens da poupança em termos de liquidez diária e segurança, mas apresenta o grande atrativo de ter uma rentabilidade bem superior.

      Abç

  49. Moisés 19 de julho de 2014 at 22:35 #

    Olá Guilherme. Estou iniciando minhas aplicações, após um período de saneamento financeiro. Terei R$ 3000,00 para investir mensalmente. Pretendo formar uma reserva para emergências e em seguida montar uma carteira de investimentos. Para a reserva de emergência você recomenda a poupança, LCA ou outro investimento.

    • Guilherme 20 de julho de 2014 at 12:48 #

      Olá Moisés, bacana que você tenha essa quantia para investir, que é muito acima da média da população brasileira. Mesmo quem ganha acima de R$ 10k não consegue economizar R$ 3k por mês.

      Bem, para sua pergunta, eu recomendo uma LCA de grande banco de varejo. A LCA do BB se enquadra nesse tipo de produto.

      Abç

  50. karina 19 de julho de 2014 at 22:58 #

    Caro Guilherme,

    Gostaria de parabeniza-lo pelo excente site.

    Meu montante aplicado em 3 instituicões é de R$132K, distribuidos assim:

    70k na poupanca, sendo que a maior parte é na nova.
    62k no HSBC DI Plus Premier desde dez/2013 ( é come cotas e não sei o percentual do DI)

    Gostaria de obter sua opinião. Deixo como está ou invisto em LCA ou LCI? ou vc sugere outro tipo de investimento?
    Minha intencão e ter o maior rendimento possível para comprar um imóvel.
    Abraco

    • Guilherme 20 de julho de 2014 at 12:51 #

      Olá Karina, obrigado!

      Também lhe parabenizo por ter essa quantia economizada. Num país em que até quem ganha bem (acima de 10 salários-mínimos) não consegue fazer sobrar no final do mês sequer 10% do que ganha, você demonstra que é possível construir patrimônio.

      Sobre sua dúvida, você tem um objetivo já pré-definido para o dinheiro, que é usá-lo para comprar um imóvel. Nesse caso, o investimento tem que ser necessariamente conservador, sem correr grandes riscos.

      As opções mais atraentes, nesse caso, são ou uma LCA no BB, ou uma LCI na Caixa.

      Abç

      • karina 20 de julho de 2014 at 19:55 #

        Obrigada Guilherme pela rápida resposta!

        Pelo q entendi, vc sugere q eu resgate o DI e as poupancas e ponha no LCA/LCI?

        E pq não o LCI do BB?

        Abç

        • Felipe 20 de julho de 2014 at 20:14 #

          Karina, posso lhe responder essa…o LCI do BB rende apenas 75% do CDI enquanto a LCA do BB rende 84% do CDI. A diferença é que no primeiro as aplicações são de R$1.000,00, já no segundo são de R$30.000,00. Portanto, se vc possui mais do que R$30.000,00 não vale a pena colocar no LCI do BB.

          • Guilherme 20 de julho de 2014 at 20:31 #

            Excelentes respostas, Felipe!

            Faço minhas suas palavras!

            Karina, siga as dicas do Felipe, é bem isso mesmo!

            Abç e bons investimentos!

  51. Paulo 20 de julho de 2014 at 20:17 #

    Caro Guilherme, parabéns pelo site e pelos objetivos e ótimos esclarecimentos.

    Tenho R$ 60k na poupança na CEF e penso em investir em LCI ou em LCA, no entanto tenho algumas dúvidas:

    1. Nesta publicação você comentou que “As LCAs do BB pagam 84% do CDI líquido e têm aplicação mínima (seja inicial, seja subsequente) de R$ 30 mil”. Caso tenha conhecimento ou algum leitor, poderia informar se a LCI da Caixa econômica ou do Banco do Brasil permitem aplicações subsequentes inferiores como por exemplo: R$ 1k ou R$ 2k mensalmente?

    2. Em uma das respostas, você comentou que: “O BC manteve a SELIC nos 11%, que deve se manter até as eleições. Como há muita incerteza e pressão inflacionária correndo solta, eu seria conservador e marcaria posição nos pós-fixados”. Você considera que é mais seguro fazer uma aplicação de 6 meses, ou poderia-se arriscar fazer para um prazo de 1 ano?

    3. Quanto as prazos eu tenho que investir obrigatoriamente 6 meses, 1 ano, 2 anos? Ou poderia investir 18 meses ou 20 meses?

    Obrigado pela atenção. Abraço.

    • Guilherme 20 de julho de 2014 at 20:35 #

      Olá Paulo, obrigado, vamos às suas dúvidas:

      1. Sim, até onde eu sei, as LCIs permitem aplicações subsequentes de R$ 1 mil.

      2. Pode fazer aplicações com prazo de 1 ano também. Você não irá deixar de ganhar, haja vista que os investimentos pós-fixados seguem uma espécie de “linha reta ascendente”. O que pode acontecer, no máximo, é o investimento render menos do que um prefixado ou pós-fixado atrelado à inflação. Mas não haverá prejuízo, no sentido de receber menos do que investiu.

      3. Pode investir por 18 ou 20 meses. O importante é cumprir os prazos de carência mínimos, que costuma ser bastante baixos nos produtos em que o respectivo banco é forte: LCI na CEF, e LCA no BB.

      Abç

    • Felipe 20 de julho de 2014 at 20:38 #

      Paulo,

      A LCI da Caixa ( produto mais tradicional do banco ) possui como padrão aplicações subsequentes de R$30.000,00 assim como a LCA do BB, porém se vc aplicar com a opção COM RESGATE poderá retirar o dinheiro após 2 meses e com isso juntar com os seus R$1.000,00 ou R$2.000,00 e reaplicar. Se for na opção SEM RESGATE, você não poderá retirar o dinheiro dentro do prazo estabelecido por você junto ao seu gerente. O tempo de aplicação quem decide é vc…lembrando que quanto mais tempo maior % do CDI, mas vc deve apenas retirar quando o tempo expirar.

  52. Paulo 20 de julho de 2014 at 22:05 #

    Obrigado Guilherme por responder tão prontamente e obrigado Felipe pela complementação e esclarecimentos.

    1. Felipe, quanto a LCI da Caixa: não poderia então fazer aplicações de R$1.000,00 ou R$2.000,00 tão livremente como ocorre na poupança, ou seja, aplicar mensalmente diretamente na conta de investimento da LCI? Teria de fazer esta operação de “opção COM RESGATE” a cada 2 meses, correto?

    2. Caros Guilherme e Felipe, qual a impressão de vocês sobre a Taxa Selic para 2015? Acreditam que ela deve cair um pouco, se manter ou até mesmo subir, depois das eleições?

    Abraços, grato de antemão pela atenção.

    • Felipe 20 de julho de 2014 at 22:39 #

      Paulo,

      1) Infelizmente não, mas note que esse problema é facilmente resolvido dá seguinte maneira, ao invés de fazer uma única aplicação de R$60.000,00 faça duas de R$30.000,00, uma COM RESGATE e a outra SEM RESGATE, depois de 2 meses o dinheiro que vc tiver “extra” junte ao resgate do depósito de opção COM RESGATE e faça uma nova aplicação. Isso tudo é fácil de fazer pelo site. No meu caso eu tenho um montante grande que está SEM RESGATE e duas aplicações de R$30.000,00 que revezo o resgate para juntar com o dinheiro extra do mês e reaplicar.

      2) O especialista é o Guilherme, mas eu como mero expectador e especulador, acredito que a taxa deve se manter pelos próximos três meses, mas com uma tendência de baixa para o final de 2015.

      • Guilherme 20 de julho de 2014 at 23:02 #

        Especialista é você, Felipe, que tem se mostrado tão prestativo em ajudar os leitores aqui no blog!

        Certamente, seu conhecimento avançado em finanças pessoais lhe coloca numa posição privilegiada, e nós, leitores, só temos a agradecer por comentários tão qualificados! Tenho aprendido muito com seus comentários sempre pertinentes, e acredito que os demais leitores também.

        Sobre o futuro da SELIC, concordo com você, tendência de baixa para o final de 2015.

        Abç!

        • Felipe 21 de julho de 2014 at 10:49 #

          Obrigado pelas palavras Guilherme, na verdade comecei a estudar mais aqui pelo seu site que se mostrou o mais acessível para os leitores. Acho importante que o brasileiro tenha contato constante com a educação financeira, pois neste caso específico, LCI/LCA se mostram extremamente interessantes face à poupança em todos os sentidos. Abraços.

          • Guilherme 21 de julho de 2014 at 12:44 #

            Legal, Felipe, é isso aí, com conhecimento e vontade, é possível extrair o máximo que o mercado financeiro tem a nos oferecer.

            Abç!

  53. Paulo 20 de julho de 2014 at 22:56 #

    obrigado Felipe, pelos esclarecimentos.

  54. karina 21 de julho de 2014 at 17:00 #

    Obrigada Paulo e Guilherme, pelos esclarecimentos.

    • karina 21 de julho de 2014 at 17:08 #

      Faltou agradecer o Felipe. Obrigada.

  55. Paulo 21 de julho de 2014 at 23:53 #

    Boa noite Guilherme,

    Quando eu faço uma aplicação subsequente em LCI:

    1. É estabelecido um novo prazo de resgate com base na última aplicação? Ou, o prazo válido continua sendo da primeira aplicação?

    2. E a carência? Gera um novo prazo em relação ao LCI a partir da última data aplicada? Por exemplo: por mais 60 dias como é o caso da CEF, tendo como base a última aplicação?

    3. Como citei na outra postagem sou cliente da CEF, especificadamente da poupança. Há necessidade de abertura de conta corrente na CEF?

    4. Preciso apresentar alguma documentação para abertura de conta investimento, haja vista, já ter uma conta no citado banco?

    Obrigado. Abraços

    • Guilherme 22 de julho de 2014 at 9:38 #

      Boa noite, Paulo:

      1. Sim, é estabelecido um novo prazo de resgate com base na última aplicação.

      2. Sim, gera-se um novo prazo em relação à LCI a partir da última data aplicada.

      3. Provavelmente não é necessário, mas é bom se certificar com um funcionário da Caixa.

      4. Provavelmente não, já que os dados para abertura de conta-poupança são basicamente os mesmos para a abertura da conta-investimento.

      Abç e bons investimentos.

  56. sergio augusto gonçalves rosa 22 de julho de 2014 at 18:07 #

    Guilherme, boa noite

    Tenho alguns investimentos no BB, do qual sou cliente há uns 20 anos. Sucede que tenho uma aplicação em LP no valor de R$193.ooo,oo que me parece render pouco. Estou pensando em mudar para LCA, onde já aplico há um ano e que me parece um bom investimento. Como já possuo uma LCA de R$230.000,00, caso eu invista em mais uma LCA de R$190.000,00, ficarei fora da cobertura do FGC, não é verdade? O gerente de minha conta está me sugerindo aplicar em fundo previdenciário ao invés de LCA. O que vc me sugeriria, neste caso? Grato

    • Guilherme 22 de julho de 2014 at 21:57 #

      Olá, Sérgio, boa noite,

      Sobre sua dúvida, sim, você ficará fora da cobertura do FGC.

      A sugestão do gerente é ótima para o banco, mas muito ruim para você, já que não existe nenhum produto de renda fixa de previdência que chegue perto dos rendimentos atuais das Letras.

      Nesse caso, uma alternativa para os R$ 190k é aplicá-los numa LFT do Tesouro Direto, onde você ganha praticamente 100% bruto da SELIC, descontadas as taxas de custódia (em torno de 0,2% a.a., se escolher uma corretora barata) e o IR.

      Abç

  57. David 23 de julho de 2014 at 18:54 #

    Ola Guilherme. Parabéns pelo seu site.

    Estou para investir em LCA no BB, pela praticidade de eu já ser correntista do banco e também pelo resgate diário que eu posso fazer investindo neste banco.

    Tenho 150 mil na poupança e quero aplicar em LCA como citei acima. Porém preciso deste dinheiro durante os meses (apenas os dois primeiros meses agora que não) para uma construção de imóvel. Vou tirando o que preciso mensalmente e tal, por isso juntei na poupança mesmo por causa de sua liquidez. Agora conheci a LCA, e pelo que voce fala acima a do BB é como se fosse uma poupança em que posso tirar o quanto eu quiser diariamente e tal, sem pagar IOF ou outra taxas…

    A minha pergunta é: Qdo vou investir em LCA pelo Internet Banking, o site coloca um prazo de vencimento para a minha LCA (2017, no meu caso) e que o valor mínimo é 30 mil. Se eu colocar os 150 mil posso tirar todo este dinheiro antes deste prazo de vencimento? Ou obrigatoriamente tem que ter 30 mil (valor mínimo de aplicação) durante a vincencia deste prazo de vencimento? Tipo, eu poderei tirar só 120 mil até 2017? No dia que vencer o banco me devolve os outros 30 mil? É isso?

    Obrigado.

    • Guilherme 23 de julho de 2014 at 20:49 #

      Olá David, obrigado pelos comentários!

      Bem, quanto à sua dúvida, sim, você pode tirar todo o dinheiro antes do vencimento. Na verdade, é bem normal que isso possa vir a ocorrer.

      Também não é preciso ter um saldo mínimo de R$ 30 mil. Você pode começar com R$ 150k, retirar R$ 50k, ficar com R$ 100k, depois retirar mais R$ 80k, e ficar só com R$ 20k. Não há problemas.

      No dia que vencer, o banco devolve pra sua conta-corrente o valor investido. É isso.

      Qualquer outra dúvida, é só perguntar!

      Abç

      • David 24 de julho de 2014 at 10:53 #

        Muito Obrigado Guilherme….

        Vou cair de cabeça na LCA então hehehe..

        Abs

  58. pascoal 23 de julho de 2014 at 19:14 #

    sou cliente do BB, tenho um dinheiro aplicado na poupança (já faz um bom tempo sendo que a cada mês aplico mais um montante) e pretendia aplicar parte em LCA. Como não consegui fazer a operação online, compareci a agência. Conversando com o gerente a respeito desta aplicação, para minha surpresa, o gerente me informou que este tipo de aplicação só é permitida para clientes de categorias mais elevadas que a minha e que geralmente o LCA não é oferecido em agências “de varejo”…
    Fiquei um tanto indignado com esta situação a ponto de pensar em mudar de banco! Alguém recomenda outro banco q trabalhe com LCA deste mesmo jeito que o BB (sem carência, com rendimentos diários…)?

    • Guilherme 23 de julho de 2014 at 20:54 #

      Pascoal, o gerente está errado.

      É possível aplicar em LCA no BB independentemente do segmento em que o cliente estiver enquadrado.

      Faça uma reclamação ao SAC do BB relatando esse problema, por telefone. Tenha os dados da agência e o nome do gerente, para ele ser notificado e repreendido internamente. Telefone: SAC BB: 0800 729 0722

      Se não der certo, envie pra Ouvidoria do BB: 0800.729.5678

      Se a Ouvidoria não funcionar, faça uma reclamação ao BACEN, via Internet: http://www.bcb.gov.br/?RECLAMACAODENUNCIA

      • Pascoal 23 de julho de 2014 at 22:53 #

        Obrigado pela resposta rápida, Guilherme!

        Foi justamente isto q pensei, ele está errado em me negar isto, tanto que a limitação do LCA é de 30 mil reais, isso já deveria ser o “suficiente” para que restringisse alguns clientes a este investimento, não é?
        Vou ligar pro 0800 do banco só pra ter o protocolo e partir direto a ouvidoria! Grato novamente pela orientação!

      • Pascoal 24 de julho de 2014 at 9:25 #

        Só pra atualizar: liguei para o SAC, a mulher falou que tem q verificar na agência (ou seja, não resolveu nada) e de repente me larga na linha até “cair”… Liguei na sequencia a ouvidoria, qdo digitei o numero de protocolo do atendimento a mensagem fala que não foi registrada nenhuma reclamação naquele numero q iria me transferir ao SAC para reclamar!

        É brincadeira esse banco bosta do brasil?

    • David 24 de julho de 2014 at 10:00 #

      Pascoal,

      Tive o mesmo problema que voce. Tentei aplicar pelo Internet Banking e deu ¨operação não permitida¨. Fui a agencia e o meu gerente me informou que esta aplicação é para apenas clientes que tem uma classifação A ou B na conta corrente. Para ter essas classificações passiveis de investimento em LCA temos que ter no mínimo 100 mil investidos no banco (pode ser poupança mesmo) ou ter uma renda de 9 mil reais.

      A minha sorte é que tinha os 100 mil na poupança e o meu gerente após dois dias conseguiu me reclassificar.. Feito isso agora posso investir pelo Internet Banking…

      Uma dica é que se vc tiver esses 100 mil em outros bancos e tal apenas para ficar dois dias na poupança do BB, o banco te reclassifica e depois voce pode tirar da conta ( foi assim que o gerente me deu a dica).

      Abs

      • Guilherme 24 de julho de 2014 at 12:12 #

        Obrigado pelas dicas, David, não sabia dessa classificação interna. Assim fica mais fácil investir na LCA.

        Fora a LCA do BB, outra alternativa equivalente seria a LCI da Caixa, sobre a qual comentamos em outro post: http://www.valoresreais.com/2011/03/13/o-que-e-lci-letra-de-credito-imobiliario/

        Também tem liquidez diária, a rentabilidade é parecida – 83% do CDI líquido – mas há uma carência inicial de 2 meses.

        Abç

      • Ranerio 24 de julho de 2014 at 15:31 #

        Caí para trás com essa informação. Esse gerente não quer é ajudar vc, aqui quando o gerente não faz o que eu quero, alega alguma coisa, eu abro um BACEN e na semana seguinte tá ele pedindo por favor que ele possa fazer o que eu pedi. Nem penso 2x. E eu gosto que ele tem o trabalho de escrever uma big carta pro Bacen explicando tudo. Aí na próxima vez que você pede algo ele já aprendeu que não é o zé ninguém que fica satisfeito com o “não dá”..

        Outra coisa, eu não tenho 100 mil em poupança e nem 9k mensal e tá lá a opção via internet da LCA…

        • Pascoal 24 de julho de 2014 at 17:24 #

          Davi e Raniero, obrigado pelas respostas!

          Poisé, este foi o fator da minha indignação, se o banco já estabelece um limite minimo para aplicar no determinado produto, isto já deveria ser o suficiente para ‘a seleção’ dos clientes! Agora o gerente me vem com esse papo de que tenho q ter conta de diferente categoria para poder entrar no LCA? Não da pra levar a sério um banco que pensa assim!

          • Pascoal 24 de julho de 2014 at 17:26 #

            *Ranerio, desculpe a falha!

          • Guilherme 24 de julho de 2014 at 18:20 #

            Olá Pascoal, compartilho com sua indignação.

            Essa postura do gerente tá me soando bastante estranha, tendo em vista o relato do Ranerio de que consegue visualizar a opção de investir em LCA sem ter os requisitos de R$ 100k de investimentos ou R$ 9k de renda.

            Eu sugiro então, a partir dessa informação, abrir um BACEN contra o BB, nos moldes anteriormente delineados.

            Torço para que você consiga investir na LCA do BB, dessa forma.

            Abç!

      • Renan 1 de outubro de 2014 at 15:18 #

        E só deixar na poupança por 2 dias que o banco muda a classificação automaticamente e libera a aplicação na LCA pela internet?

  59. Paulo 23 de julho de 2014 at 20:51 #

    Guilherme, boa noite.

    Você considera que é interessante neste momento (inclusive por conta período do eleitoral) fazer aplicação em LCA ou LCI por 12 meses (1 ano), até agosto ou setembro de 2015?

    Mais uma vez obrigado pela atenção.
    Paulo

    • Guilherme 23 de julho de 2014 at 20:55 #

      Olá Paulo, boa noite,

      Sim, é interessante, até para tirar proveito da taxa SELIC, que está num patamar elevado – 11% a.a.

      Abç

  60. luiz 24 de julho de 2014 at 21:20 #

    Olá Guilherme,
    tenho 115 mil em renda variável e 205mil em poupança, sendo: 95 mil na poupança antiga e 110 mil na poupança nova. Esse dinheiro e visando aposentadoria tenho 35 anos e consigo poupar uns 4mil por mês. Pretendendo melhor rentabilizar o capital investido na poupança, pretendo investir em LCA BB, pois sou correntista do mesmo, mas também pretendo investir em TD LTN principal ago2024 e mai2035.
    Dúvidas:

    1º Como estamos vivendo um período de incerteza você acha melhor eu aguardar posição na LCA, visto que tenho liquidez diária e é atrelado a Selic já que temos expectativa de aumento da mesma ou compro um pouco de títulos do tesouro logo?

    2º É valido eu manter algum dinheiro na poupança antiga pensando em queda da selic no futuro ou essa possibilidade e muito remota que não vale apena pensar nisso, se sim quanto você acha viável manter na poupança antiga.

    Obrigado.

    • Guilherme 24 de julho de 2014 at 22:19 #

      Olá Luiz,

      Inicialmente, quero lhe parabenizar pelo excelente patrimônio conquistado até agora, fruto certamente de muito trabalho e disciplina, bem como pela vontade de aprender mais sobre investimentos, a fim de extrair o máximo possível do dinheiro acumulado, afinal, nada melhor do que fazer o dinheiro trabalhar por você, não é mesmo?

      Respostas:

      1) Para mim é válido comprar um pouco de títulos do Tesouro agora, haja vista que o BACEN acabou de sinalizar que não vai baixar a SELIC enquanto a inflação continuar dando “suas caras”. Embora realmente estejamos vivendo um período de incertezas, as taxas dos títulos do Tesouro Direto continuam bastante atraentes: títulos atrelados à inflação continuam pagando acima de 5% a.a. e prefixados ainda acima dos 11% a.a. E a própria LFT é sempre um porto seguro em qualquer tipo de cenário econômico.

      2) Sim, é perfeitamente válido manter o dinheiro na poupança antiga como uma “reserva de oportunidades”, isto é, para aproveitar algum bom momento de preços atraentes na renda fixa. Nesse caso, você pode manter os atuais R$ 95 mil na poupança antiga, esperando as oportunidades que, mais cedo ou mais tarde, irão aparecer.

      Abç e bons investimentos.

  61. Arthur - RJ 24 de julho de 2014 at 23:28 #

    teste

  62. Alexandre 28 de julho de 2014 at 1:03 #

    É ótima a riqueza de informações sobre investimentos que encontrei nesse blog.

    Por falar em investimentos, eu tinha uma boa quantia aplicada em CDB no Banco do Brasil. Era R$ 330.000,00, mas a porcentagem que remunerava a aplicação, a meu ver, era tão pouca – 70% do CDI – que resolvi conversar com a gerente do banco e pedir uma remuneração melhor nessa aplicação.

    Contudo, a informação que eu consegui foi que o banco não negocia taxas de juros em investimento com os clientes, e que o Banco do Brasil, por ser um banco de grande porte e uma estatal sólida, não tem problema de capitalizar recursos através dos clientes, o que dá a eles essa vantagem de oferecer juros menos atrativo.

    Diferentemente do banco pequeno, que tem que oferecer um juro melhor, por ter dificuldade em capitalizar recursos em decorrência da fragilidade em relação a uma crise, desconfiança dos aplicadores em épocas de incerteza etc…

    Mas em relação à minha aplicação, como não consegui uma remuneração melhor no BB, resolvi pesquisar e cheguei na Cooperativa Unicred, onde consigo um juro de 90% do CDI, e uma participação nos lucros da empresa.

    Eu só espero que continue assim por bastante tempo.

    Um grande abraço a todos.

    • Guilherme 31 de julho de 2014 at 9:22 #

      Legal seu depoimento, Alexandre.

      De fato, bancos grandes não praticam taxas altas em seus investimentos, o que força o investidor a assumir mais riscos, ao optar por bancos de pequeno e médio porte.

      Abç

  63. Igor 30 de julho de 2014 at 12:24 #

    Uma dúvida com relação à LCA.

    Situação hipotética:

    Invisto 30k;

    No mês seguinte quero investir 1.5k, aí eu resgato os 30k e reinvisto 31.5k e vou fazendo isso todo mês.

    Terei prejuízos?

    O que pode acontecer?

    Desculpe, mas não sou bom em números.

    Obrigado

    • Guilherme 31 de julho de 2014 at 9:23 #

      Igor, fazendo isso que você simulou, não haverá prejuízos. Pelo contrário, só haverá ganhos, haja vista que não incidem taxas de administração, IOF nem IR nos resgastes, e a rentabilidade da LCA é sempre crescente, já que acompanha a SELIC.

      Abç

  64. Derval 1 de agosto de 2014 at 17:01 #

    Para conhecimento de todos e alegria geral, o Banco do Brasil que apresenta o menor risco, dada a sua maior segurança, já aceita aplicações e resgates de R$ 1.000,00 para LCA e a carência também baixou, apenas a taxa que continua a mesma.

    • Guilherme 2 de agosto de 2014 at 7:30 #

      Derval, isso não se referiria à LCI do BB? Pois acabei de consultar a página do BB sobre LCA, e lá diz que o montante mínimo continua sendo de R$ 30k: http://www.bb.com.br/portalbb/page100,114,32422,6,0,1,1.bb?codigoMenu=901&codigoNoticia=35521&codigoRet=17554&bread=2

    • Pascoal 2 de agosto de 2014 at 9:37 #

      Mas o LCA do BB não tinha carência! Deve estar se referindo ao LCI mesmo…

      • Guilherme 2 de agosto de 2014 at 17:49 #

        É o que eu penso.

      • Thiago 13 de agosto de 2014 at 15:15 #

        Pascoal, li seus relatos anteriores sobre as dificuldades de conseguir investir em LCA do BB por não se enquadrar no “perfil”.

        Conseguiu resolver?

        Att,

        Thiago

        • Pascoal 13 de agosto de 2014 at 16:15 #

          Boa tarde, Thiago!

          Não resolvi, pois desencanei de remeter reclamação ao BACEN, vou abrir uma conta na CAIXA e colocar no LCI deles, mesmo tendo carência de 60 dias, depois vira rentabilidade diária, igual ao LCA do BB.

          Att

  65. cris 2 de agosto de 2014 at 7:17 #

    Ola guilherme tenho uma duvida.
    Possuo 38 mil na regra antiga da poupança e 12 mil na regra nova totalizando 50 mil reais,vc poderia me dizer se seria melhor resgatar os 50 mil e investir no lci da caixa ou lca bb,se sim qual dos dois devo escolher. Vc teria como me dar uma estimativa de mais ou menos quanto renderia esse valor por mes? Pq na poupança me rende aproximadanente 270 reais mensais
    Obrigado

    • Guilherme 2 de agosto de 2014 at 7:28 #

      Olá Cris, sim, é melhor resgatar o valor da poupança e aplicar na LCI ou LCA.

      A LCI da CEF e a LCA do BB têm rendimentos líquidos equivalentes, já que as taxas se equivalem. O critério de escolha dependerá basicamente de suas preferências por operar neste ou naquele banco.

      Nas taxas de juros atuais, a LCA do BB – e a LCI da Caixa – deve render algo em torno de 370 reais mensais, mais ou menos, com a vantagem de ter rentabilidade diária, ao contrário da poupança, em que, se você sacar antes do aniversário, perde 100% do rendimento do mês.

      Abç

  66. antonio 2 de agosto de 2014 at 14:35 #

    eu tenho 300k aplicado no LCA Do BB com 84,25 de CDI

    Ontem fui na caixa e o LCI dela esta em 85,28 ate 180 dias e 86,198 em 360 dias. sera que consigo uma taxa maior no BB para LCA ? ou devo mudar mesmo para caixa e investir no LCI ou será no bradesco ou no iTAU consigo uma taxa maior de LCI?

    • Guilherme 2 de agosto de 2014 at 17:49 #

      Antônio, a taxa da CEF está melhor. Impossível o Bradesco ou Itaú oferecerem taxas melhores. Vá de LCI na Caixa.

      • antonio 2 de agosto de 2014 at 21:40 #

        obrigado

    • Felipe 2 de agosto de 2014 at 19:14 #

      Antonio, eu estava exatamente na mesma situação que vc, com 300k em LCA no BB, e não teve negociação, daí tirei todo o meu dinheiro e coloquei na Caixa.

      • antonio 2 de agosto de 2014 at 21:39 #

        Se não tiver jeito terei que fazer o mesmo que você fez

        obrigado

  67. Marcus 3 de agosto de 2014 at 0:10 #

    Hoje em dia devido a taxa Selic está maior que 8,5 por cento, os rendimentos da poupança antiga e a nova são os mesmo. Parabéns pelo site Guilherme. Amanhã estarei investindo meus 30 mil na LCA do BB..

  68. Antonio 3 de agosto de 2014 at 7:35 #

    Uma outra dúvida.

    Se tiver um LCI, durante o período que não posso resgatar e a aplicação ultrapassar a faixa de remuneração nesse período, o percentual de remuneração aumenta automaticamente, ou tem que esperar mesmo o período de resgate para então ter nova faixa de remuneração?

    Obrigado.

    • Guilherme 3 de agosto de 2014 at 13:13 #

      Antônio, eu penso que aumenta automaticamente, pois durante a carência você não pode ser prejudicado pela impossibilidade de movimentar o capital.

  69. Eduardo 4 de agosto de 2014 at 11:35 #

    Olá, será que não seria mais interessante essa aplicação?
    Recentemente me ofereceram no Itau uma aplicação de 190% do IPCA, com IR regressivo.
    Mínimo de 50mil, e carência de um ano.

    • Guilherme 4 de agosto de 2014 at 17:48 #

      Eduardo, fundo que oferece 190% do IPCA? Creio que te passaram a informação errada.

      Me diga o nome do referido fundo de investimento, para fazer uma análise para você.

      • eduardo 4 de agosto de 2014 at 19:19 #

        é isso mesmo, chama-se IPCA Max

      • eduardo 4 de agosto de 2014 at 19:38 #

        não é fundo, é o que chamam de Estruturado vinculado ao IPCA.
        mas o que acha?
        parece interessante neh? a menos que o IPCA caia um pouco, o que é o objetivo de manter a selic alta, ai acho que o LCA supera…

        • Guilherme 4 de agosto de 2014 at 20:06 #

          Eduardo, trata-se de um fundo de capital protegido, pelo que eu pesquisei na Internet:

          “No COE – IPCA Max, o cliente recebe 190% da variação do IPCA (Resultado Máximo), se a variação acumulada do IPCA divulgada durante o período da aplicação for maior do que zero. Já o Resultado Mínimo, somente o valor da aplicação (nenhuma rentabilidade), se a variação do IPCA divulgada durante o período da Aplicação for igual ou menor do que zero. O valor da aplicação em questão é de 50.000,00 e vai até o dia 15/05/17”.

          Fonte: http://dinheiroqrende.blogspot.com.br/2010/08/lci-letras-de-credito-imobiliario-cdb.html

          Eu tenho minhas ressalvas quanto aos fundos de capital protegido, em geral, pois eles exigem que você permaneça com seu capital completamente imobilizado durante o período de carência (que costuma ser de 6 meses a 2 anos, dependendo do produto), além de cobrarem taxas de administração que não ficam bem explicitadas para o investidor.

          Quanto à rentabilidade líquida desse produto, pode ser maior ou menor que a LCA, dependendo da variação da inflação.

          Contudo, penso que o melhor parâmetro para o IPCA Max seja a NTN-B do Tesouro Direto. E a vantagem é claramente da NTN-B. Pois elas pagam 100% do IPCA + a taxa de juros prefixada, que atualmente varia de 5,8% a 6%. Ou seja, considerando um IPCA de 6,5%, as Notas do Tesouro + 90% disso (5,8%), totalizando 190%, numa contagem bem “por cima”.

          E com diversas vantagens em relação ao produto do Itaú: liquidez semanal, resgates toda semana, transparência, baixo custo, ticket de aplicação menor, e rentabilidade líquida superior.

          Em resumo, minha conclusão é a seguinte:

          – Se quiser um investimento que acompanhe a taxa SELIC, as melhores opções do mercado, para quem é conservador e não quer correr riscos, são a LCI da Caixa e a LCA do BB.

          – Se você quiser um investimento que pague um juro real (acima da inflação, não importa se essa fique em 0,01% ou 7%), vá de Tesouro Direto, sendo as de prazo mais curto (vencimento em 2019 ou 2020) as mais recomendáveis caso você queira ser mais conservador. Não aplique nesse produto do Itaú: muito caro, muito ilíquido, e difícil de entender.

          No final das contas, os melhores investimentos sempre serão aqueles mais simples e mais fáceis de entender. 😀

          Abç

          • eduardo 4 de agosto de 2014 at 20:15 #

            ta certo.

            na verdade o gerente me mandou um prospecto, e não ha taxa… apenas o IR. Realmente o período é de um ano.
            Por enquanto esta rendendo acima do LCA.

            Mas acho que o cenário depende das eleições, entao ate as eleições vou aguardar sem bloquear o dinheiro. Isso se ate la o PT não terminar de quebrar o país!

            • Guilherme 4 de agosto de 2014 at 21:22 #

              Olá Eduardo.

              O prospecto do Itaú traz apenas a rentabilidade bruta. Ainda tem que ser descontado o imposto de renda.

              Esse produto está rendendo mais porque ele compra títulos do governo, as NTN-Bs, que estão apresentando por ora um desempenho melhor que a LFT.

              Mas não sabemos se isso vai se sustentar mais pra frente.

              Abç!

  70. eduardo 4 de agosto de 2014 at 20:17 #

    a verdade é que renda fixa rende muito pouco! não faz muita diferença 0,0xxx%..
    so que a bolsa e os fundos de acoes não tem um bom cenário no momento.

    • Guilherme 4 de agosto de 2014 at 21:26 #

      Eduardo, diferença na casa dos centésimos, dependendo do tamanho do capital, se traduzem de fato em diferenças não muito significativas.

      Agora, diferenças na casa dos x,0%, ou seja, antes da casa decimal, entre poupança e LCA/LCI, p.ex., já é outro papo, e vale a pena fazer o estudo, já que com cliques de botão se consegue ganhar, dependendo do montante aplicado, 4 dígitos de reais.

      Quanto à Bolsa, a tendência é ela ficar bastante volátil até outubro, pelo menos.

      O fato é que ela deu uma subida importante nas últimas semanas, e a questão é se isso vai se sustentar, ou teremos Bolsa de volta ao patamar inferior aos 50k…

  71. cris 6 de agosto de 2014 at 7:54 #

    Olá Guilherme!

    Como te disse antes, eu pretendo retirar os 50 mil e investir ou na LCI da CEF ou na LCA do BB, como você havia sugerido.

    Contudo, eu gostaria de saber se em ambos eu posso retirar o dinheiro quando eu desejar, ou se tem um período que o dinheiro tem que permanecer lá.

    Outra coisa, eu possuo somente uma conta poupança da caixa. É possível usar esse tipo de conta para tal investimento?

    Obrigado!

    • Diogo 7 de agosto de 2014 at 14:07 #

      Quanto à aplicação em LCA do BB, pode ser resgatado todo o valor no próximo dia útil ao investimento.
      Rendimento (diário, dias úteis):
      84% do CDI até 299.999,99,
      84,25% do CDI de 300.000,00 a 499.999,99 e
      84,5% do CDI acima de 500.000
      Os rendimentos acima são os gerais, mas se refere a cada aplicação, ou seja, deve ser superior a 30.000,00, mas para aumentar o percentual, deve ser de 300 mil ou mais e 500 mil ou mais.
      Sei que o BB dá outros percentuais para aplicações ainda maiores, mas não é divulgado oficialmente.

      • Guilherme 8 de agosto de 2014 at 10:51 #

        Grato pelas informações, Diogo!

        Cris, é isso mesmo que o Diogo disse.

        Sobre a CEF, você precisa abrir uma conta-corrente. E, em relação especificamente à LCI da CEF, é preciso aguardar um prazo de carência de 60 dias para poder resgatar o dinheiro.

  72. Eduardo 6 de agosto de 2014 at 8:24 #

    Pois é.

  73. antonio 8 de agosto de 2014 at 7:59 #

    Como é feito o cálculo de um rendimento por dia de um LCA a 84,25% do CDI, supondo uma quantia de R$ 100K, já que se um mês que tem 23 dias úteis rende mais que um mês de 20 dias úteis, uma vez que o rendimento é creditado dia a dia?

    Isso vale também para o LCI?

    Obrigado

    Antônio

    • Guilherme 8 de agosto de 2014 at 10:52 #

      Sim, vale. A rentabilidade diária opera somente nos dias úteis, sendo o rendimento líquido creditado diariamente.

  74. Lino 8 de agosto de 2014 at 20:36 #

    Guilherme,

    Tenho 480.000,00 aplicados em LCI – CAIXA a uma taxa de 86,5% do CDI. Há alguma opção no Tesouro Direto que possa render mais?

    Grato

    • Guilherme 8 de agosto de 2014 at 21:13 #

      Olá, Lino, depende basicamente de seus objetivos.

      Se a intenção é seguir a taxa SELIC, a LFT seria uma opção a considerar, mas ela renderia um pouco menos que a LCI Caixa nesse patamar.

      Se a intenção for garantir proteção contra a inflação, as NTN-Bs são a melhor opção, mas elas são instáveis no curto prazo.

      Se o objetivo for especular com uma possível baixa da taxa SELIC, e esta vindo a se confirmar, as LTNs são a melhor opção, mas são as mais arriscadas também.

      Enfim, tudo depende de seu objetivo. Você não perderá nada se continuar investindo tudo na LCI, afinal, o rendimento é crescente, porém, poderá deixar de ganhar – e, portanto, ter rentabilidade menor – se ficar somente com esse investimento, e de repente a inflação aumentar além das expectativas de mercado, ou a taxa SELIC iniciar uma trajetória de queda.

      Eu penso que uma diversificação inteligente, ainda que mínima, é a melhor opção, ou seja, repartir o patrimônio entre LCI, NTN-B com prazo até 2020 e uns 5 a 10% em LTN.

      Abç

      • Lino 8 de agosto de 2014 at 21:23 #

        Guilherme,

        Obrigado pela atenção e dicas.

        Abraço

  75. zico 10 de agosto de 2014 at 15:18 #

    Pessoal! Tenho outra dica sobre o LCA do Banco do Brasil s/a. Agora ele possui regate automatico, ou seja, se tenho r$ 30.000,00 aplicados, e quero aplicar, digamos, mais r$ 5.000,00, simplesmente efetuo uma nova aplicação de r$ 30.000,00, que é o mínimo, e o sistema se encarrega de resgatar, automaticamente, o suficiente para garantir a aplicação minima, ou seja, resgata r$ 25.000,00, soma com os r$ 5.000,00 que vao ser aplicados e o aplicador fica com r$ 35.000,00 aplicados.

    • Guilherme 11 de agosto de 2014 at 18:24 #

      Ótima dica sobre essa inovação da LCA do BB, Zico!

      Abç

  76. Thiago 13 de agosto de 2014 at 10:34 #

    Colegas, uma dúvida:

    Abri uma conta de serviços essenciais no BB com o objetivo de aplicar em LCA, meu rendimento mensal é 3k e o gerente me disse que mesmo eu tendo 30k, não poderei investir na LCA, pois não me enquadro no “perfil”.

    Lendo o regulamento, não achei nada a respeito dessa restrição.

    Alguém sabe se caso eu abra uma reclamação no BACEN eu conseguiria ou não tem jeito mesmo?

    Obrigado

  77. Marcus 13 de agosto de 2014 at 16:14 #

    Guilherme.. Acabei de voltar do BB.Fui fazer uma LCA no valor de 30.000,00,mas não conseguir, porque segundo o gerente eu tinha quer ter a classificação B e a minha atualmente é D.. Não entendi, porque apesar de eu não adquirir produtos no banco, tenho minha conta lá há 3 anos e não tenho nome sujo…Gostaria da sua opinião.. Desde já agradeço..

    • Pascoal 13 de agosto de 2014 at 16:21 #

      bem vindo ao time! se não me engano já somos em 4 só nos comentários deste post… hahaha

  78. Marcus 13 de agosto de 2014 at 16:23 #

    Thiago.. Aconteceu o mesmo comigo. Fui todo feliz no BB e me decepcionei. Esperar a resposta do Guilherme e tentar ver se consigo abrir uma conta na caixa e fazer uma LCI, porque na caixa é mais vantajoso do que a LCA…Abraços.

    • Thiago 13 de agosto de 2014 at 16:31 #

      Pascoal, Marcus e demais colegas.

      Vocês chegaram a abrir reclamações no SAC, Ouvidoria e BACEN?

      Se sim, qual foi o resultado?

      Att,
      Thiago.

      • Pascoal 13 de agosto de 2014 at 16:35 #

        Fui abrir reclamação no SAC pra pegar o protocolo e reclamar na ouvidoria! Quando fui atendido no SAC falei do problema, o super atendimento do BB falou que eu deveria ir na agência e perguntar pro gerente e desligou… Com o numero de protocolo liguei para a ouvidoria do BB, primeira coisa que pedem é este protocolo, mas qdo a digito vem uma mensagem falando q este protocolo não existe no sistema! Não reclamei no BACEN, primeiro pq não sei exatamente como proceder e depois, desencanei de culpar o gerente por isto, ta mais com cara de ser coisa do próprio banco negar este produto (LCA) pra certas categorias de contas!

        • Thiago 13 de agosto de 2014 at 16:47 #

          Teve um rapaz acima que abriu uma reclamação no BACEN e conseguiu.

          Procurem por Ranerio

          Acho que vale a tentativa.

          No aguardo de mais orientações.

          Att,
          Thiago

          • Ranerio 13 de agosto de 2014 at 18:32 #

            Oi gente.

            Já consegui tudo que quis via BACEN, abrir a conta digital, inclusive sou do segmento estilo e tenho a conta digital. Zero de tarifa, zero para TED e DOC, me agrada muito.

            O procedimento é simples. Vc nem precisa do protocolo da reclamação. Vc vai em http://www.bcb.gov.br e vai no canto inferior direito em fale conosco. Clica então em Reclamações contra instituições financeiras e administradoras de consórcio , e então em Registre sua reclamação , e vai preencher o seu CPF e uma letra de validação.

            Na tela de cadastro eu gosto de preencher só o nome e email, se preenche o telefone ligam muitas vezes (de outros bancos) de forma mal-educada por causa da reclamação. No email vc recebe a informação que a reclamação foi fechada no BCB e tem lá a resposta do banco. E se preenche o endereço mandam um monte de papel bobo depois da reclamação…A dica é só preencher o nome e email.

            Escolha banco e digite do lado o nome do banco, vai aparecer na lista suspensa e vc escolhe.

            Escolhe então o segmento e descreve o ocorrido. O banco vai resolver em 5 dias úteis se não me engano é o prazo. Lembre-se de colocar informações como seu CPF, número da agëncia, número da sua conta, nome do gerente,dia do ocorrido,etc e tal.

            Em uns 5 dias liga o seu gerente pedindo de joelho para que ele possa fazer o que você pediu no BCB.

            Funciona muito bem e eu nem perco tempo com SAC ou Ouvidoria de banco. Só atendem via BCB, não tem outro canal de comunicação com banco .

            • Guilherme 13 de agosto de 2014 at 20:50 #

              Thiago, Marcus e Pascoal, a solução do Raneiro é excelente e vai resolver o problema de vocês, que estão tendo dificuldades para investir na LCA do BB.

              É inacreditável e beira o surreal que alguns gerentes de varejo do BB insistam em negar atendimento ao cliente que quer investir num produto do próprio banco.

              Paralelamente a essa dica do Raneiro, outra alternativa que me veio agora à mente é explorar a grande mídia. A Mara Luquet tem uma coluna na rádio CBN que frequentemente relata problemas de pessoas com bancos. Ela entra em contato com os bancos, relatando os problemas, e os bancos, é claro, tentam resolver a situação para não ficarem queimados.

              Vocês podem relatar o problema no site dela: http://letraselucros.com/ que tem inclusive um telefone, que não sei se é o local para fazer reclamações, mas não custa tentar: (11) 3083-6439

              Abç

              • Pascoal 13 de agosto de 2014 at 22:07 #

                Obrigado a todos pelas dicas! Acho que vou abrir a reclamação no BACEN então, só não queria comprometer o gerente, ele até q foi bem educado no dia, me pareceu mais ter sido instruido pela instituição a não oferecer este produto aos clientes, mas enfim, se este é o unico jeito, farei…

                Atenciosamente

  79. Marcus 13 de agosto de 2014 at 18:39 #

    Tentei o SAC e ouvidoria e também não conseguir, como sempre. Ai fui direto ao Banco Central e fiz a reclamação com sucesso pelo site..

    • Thiago 13 de agosto de 2014 at 21:25 #

      Primeiramente, obrigado a todos pelas orientações.

      Marcus, se possível, depois nos diga se o resultado da sua reclamação no site do BACEN obteve êxito.

      Ficamos no aguardo.

      Obrigado

      Thiago

  80. Vitor Costa 14 de agosto de 2014 at 3:50 #

    Vcs que estão tendo problema em investir na LCA do BB são cliente Estilo? O BB, em seu website, dá a entender que esse investimento é exclusivo para clientes Estilo. Vi aqui: http://www.bb.com.br/portalbb/page100,114,32422,6,0,1,1.bb

    • pascoal 14 de agosto de 2014 at 12:34 #

      Então Vitor, eu não faço a menor ideia em qual categoria que se enquadra minha conta! O que será q significa ser um cliente “Estilo”? Possuo a tal conta universitária faz tempos e como ela me atendia e ainda atende bem e nunca me ofereceram alguma mudança, não vi necessidade de correr atrás disto.
      O problema está justamente na falta de informação ou conhecimento dos gerentes, ele bem que poderia ter dito assim: “como você pode ver no site, este investimento é para contas ‘estilo’, as diferenças da sua conta para esta são tais…”, e assim, oferecer a mudança E tem outra, ao meu ver, o produto do banco deveria estar disponivel para qualquer correntista, sendo que o pré-requisito já são os 30 mil reais para entrar nessa!
      Obrigado pela observação!

      • Ranerio Vieira 14 de agosto de 2014 at 14:43 #

        Oi Pascoal,

        Eu sou cliente Estilo, um cliente Estilo tem agências diferentes e gerentes diferentes nas agências. Tem a agência normal e com outro número a agência estilo. Os gerentes parece que tem uma carteira menor de clientes cada um e os últimos que peguei parecem bem treinados e com boa vontade para resolver as coisas.

        Por que vc não migra para o Pacote Conta Digital e então para o Estilo? Acho que é renda maior que R$8.000,00 ou mais de R$100.000 investidos no Banco. É OU e não E, pois eu quase sempre tive só o primeiro quesito, raras vezes tive investimento desse valor no BB, uso mais corretora.

        Quanto à discriminação para investimentos não sei se não pode, pois tem uma série de fundos que são voltados para os Clientes Estilo, tem Estilo no nome . Tem uma lista aqui http://www.bb.com.br/portalbb/page3,114,32409,6,1,1,1.bb?codigoNoticia=21610&codigoMenu=901&codigoRet=17511&bread=1_7

        Agora que essa história tá toda esquisita tá. Poxa, você está querendo deixar seu $$ no Banco, valor alto e o povo tá recusando o seu $$? Que banco é esse? Eu iria em outra agência.. Gerente mais desinteressado.

      • DHis 25 de agosto de 2014 at 12:41 #

        Também possuía conta BB universitária há anos. Mudei para Estilo por iniciativa minha. Nunca me foi ofertado ao contrário do que acontece em bancos privados, quando seu montante em investimento e/ou sua renda atinge um certo patamar. Eu procuraria uma agência e verificaria os pre-requisitos para o upgrade, se realmente quer aplicar em LCA no BB. De certa forma, trata-se de uma elitização de investimentos/investidores, assim como há diferenças em relação aos clientes Private. Se não me engano, meu gerente comentou que apenas o LCI do BB está disponível para o varejo.

  81. marcus 14 de agosto de 2014 at 12:08 #

    Pelo que está dizendo no site é isso mesmo.. Mas não sei se é permitido esse tipo de diferença, porque investimento não pode ter discriminação..

  82. Thiago 14 de agosto de 2014 at 13:59 #

    Item 1.3.1 do Regulamento da LCA disponível no site do BB:

    ” Dos Compradores: Pessoa física ou jurídica, cliente do Banco, com CPF ou CNPJ, capaz para realizar transações de compra e venda de títulos, doravante denominado Credor. ”

    Não sei se o segmento ou a Classificação “B” seria requisito para investir.
    Cabe contestar no BACEN e aguardar a resposta.

    Att,
    Thiago

  83. Rafael 15 de agosto de 2014 at 12:49 #

    Gulherme, poderia me tirar uma dúvida relativa ao LCA BB? Pelo que conversei com um colega os créditos são diários, porém apenas nos dias úteis. É isso mesmo?
    Obrigado.

    • Cristiano 15 de agosto de 2014 at 15:20 #

      Rafael, a grande maioria dos investimentos (não tenho certeza se são todos, por isso não afirmo) não tem rentabilidade em dias não úteis, principalmente devido ao não funcionamento dos mercados dos quais participam.

      • Guilherme 15 de agosto de 2014 at 21:03 #

        Rafael, o Cristiano deu a resposta exata. É isso mesmo, não há rendimentos em dias não úteis.

        Abç e bons investimentos!

  84. Clerton 19 de agosto de 2014 at 21:32 #

    Olá Guilherme, estou muito agradecido pelas suas informações, sou cliente do BB e a gerente me ofereceu aplicação em LCA, como não conheço nada além de poupança…rs…rs, fiquei desconfiado, fiz algumas perguntas as quais foram respondidas sem muito entusiasmos pela gerente, então disse a ela que iria pensar nesse tipo de aplicação. Mas ao ler seu artigo, foi como se ensinasse a uma criança sobre tal aplicação, quero dizer, agora estou bastante informado e decidi fazer a aplicação em LCA no BB. Também quero parabenizar todos os que comentaram uma ou outra situação, que como disse o Guilherme, complementam e tira muitas dúvidas de “leigos” em questão de investimento como eu.

    Obrigado Guilherme.

    • Guilherme 28 de agosto de 2014 at 14:58 #

      Que legal que tenha conseguido investir com o conhecimento construído no blog, Clerton!

      Parabéns e sucesso pra você!

  85. Rodrigo 21 de agosto de 2014 at 15:20 #

    Olá Guilherme,
    Primeiro gostaria de parabenizá-lo pelo artigo e pela atenção despendida aos comentários. E gostaria de tirar uma dúvida. tenho aplicações em TD e gostaria de saber se é recomendado uma alternativa para diversificação, ainda que minha proposta de investimento seja a longo prazo (acima de 5 anos), ou devo continuar concentrando os investimentos em tesouro direto mesmo.
    Minhas aplicações são majoritariamente em NTNB principal com vencimento em 2024.
    Estive pesquisando sobre LCIs LCAs, porém não me parecem o suficientemente atrativas para o longuíssimo prazo. Minha dúvida é: Valem pela diversificação ou é melhor me ater ao TD?

    Obrigado!

    • Guilherme 28 de agosto de 2014 at 14:59 #

      Rodrigo, melhor se ater ao Tesouro Direto. No longo prazo, ele tende a render bem mais que os investimentos alocados em bancos de varejo.

      Abç!

  86. pedro 22 de agosto de 2014 at 12:52 #

    outro excelente artigo!!

  87. pedro 22 de agosto de 2014 at 13:21 #

    excelente artigo

  88. DHis 25 de agosto de 2014 at 12:54 #

    Gostaria de uma opinião. Tenho 100k investidos em LCA BB e pretendo dar aportes ~5k mensalmente. Por ora, não tenho prazo para uso desta quantia. Meu gerente sugeriu aplicar em Fundos de Renda Fixa ao invés de LCA pois, segundo ele “mesmo com o IR, como a taxa de juros básico deixou de subir, os Fundos de Renda Fixa superam a LCA”. Eu não costumo acompanhar esses indicadores, por isso eu pergunto: o que acham?

    • Guilherme 28 de agosto de 2014 at 15:01 #

      DHis, é melhor continuar investindo em LCA.

      Aplicar em fundos de investimentos só é bom para o banco, que ganha com as taxas de administração. E o gerente, como empregado do banco, tem que recomendar produtos mais atrativos para o patrão dele, e não para o cliente.

      Continue com sua estratégia de aplicação em LCA, pois, no cenário econômico atual, é a melhor opção, pelo menos quando comparado com os fundos de investimentos do próprio BB,

  89. carlos 27 de agosto de 2014 at 8:51 #

    Bom dia

    gostaria de uma opinião

    Tenho 300.000 aplicados em LCI no BB com rendimento diário há uma taxa 84,25 CDI

    Tenho 150 000 aplicados em poupança

    existe uma LCI na Caixa de 1 ano e meio com taxa de 87% CDI

    Vale a pena juntar tudo e aplicar tudo em LCI

    ou investir um percentual em NTN ?

    minha duvida,

    vale a pena investir em uma NTN de 2019 , já que vou ter que pagar taxa de custodia

    administração e mais 15 por cento de imposto de renda ? e no caso da LFT é mais vantajosa

    do que LCI E LCA com rendimento que mencionei acima

    obrigado

    carlos

    • Guilherme 28 de agosto de 2014 at 15:05 #

      Olá Carlos, o rendimento da LCI da Caixa está melhor que o da LCA do BB.

      Mas penso que você deve investir parte desse dinheiro – principalmente o que está parado na poupança – na NTNB, que pode ser inclusive a de 2019, que oferece riscos menores.

      Como aparentemente você nunca investiu em Tesouro Direto, recomendo começar com 5% de seu capital total, até você se sentir confortável e adaptado com esse tipo de aplicação. Faça a alocação que julgar mais interessante tendo em vista seus objetivos de longo prazo e seu grau de tolerância a risco.

      Tem gente que aloca até 30%, ou mais, em NTN-B.

      Veja o que é melhor tendo em vista suas particularidades como investidor.

      Abç

  90. Marcus 28 de agosto de 2014 at 11:58 #

    Já que o BB não está aceitando o investimento, em razão de eu não me enquadrar na categoria A ou B, vou tentar abrir uma conta na Caixa e fazer a TED para lá e investir em LCI.

    Será que a Caixa tem restrições também ?

  91. Marcus 28 de agosto de 2014 at 12:46 #

    E respondendo as perguntas dos amigos… Depois da reclamação feita por mim no Bacen, o BB entrou em contato comigo via e-mail, dizendo a mesma coisa, que eu não me enquadro no perfil..Afff…

    Vocês que também não conseguiram, alguém conseguiu investir em LCI da Caixa? Teve alguma restrição?

    Abração.

    • Guilherme 28 de agosto de 2014 at 15:05 #

      Marcus, pelo menos aqui no blog nenhum leitor relatou restrição de investimento em LCI na Caixa.

      • Thiago 28 de agosto de 2014 at 16:52 #

        Marcus, o BACEN deu alguma resposta formal a você da negativa do investimento ou somente o BB?

        Grato

        Thiago

  92. Marcus 28 de agosto de 2014 at 17:38 #

    Guilherme…Fui na Caixa e realmente não tem restrição…Abri um conta-corrente isento de taxa, já que não vou utilizar serviços apenas investimento e já posso investir…

    Amanhã já vou fazer a TED. Conseguir uma taxa de 82,30 do DI, pois o valor que vou investir é baixo..32 K..Apesar de a LCA do BB ser melhor, a opção que tive foi LCI da Caixa..

    Thiago:

    O BACEN me mandou um e-mail dizendo q encaminhou a reclamação para o BB.E a ouvidoria do BB, me informou o mesmo que o gerente,que eu não me enquadrava dentro da classificação…

    Acabei abrindo uma conta na Caixa e amanha vou investir na LCI, que me deu 82,30 do DI…

    Abraços a todos e bons investimentos…

    • Guilherme 30 de agosto de 2014 at 9:24 #

      Olá Marcus, que bom que conseguiu abrir a conta na CEF sem maiores burocracias.

      O importante é que agora seu dinheiro estará rendendo bem com a LCI da Caixa.

      Abç

      • edmílson 30 de agosto de 2014 at 10:31 #

        A Presidente da República guarda fortuna em casa.O Presidente do Banco do Brasil,guardava 400.000,00 em casa.Estou pensando em fazer o mesmo.Gostaria de saber a marca do colchão que mais protege dinheiro em casa,se o ortobom,ortocrim, toraflex?

        • Guilherme 30 de agosto de 2014 at 16:48 #

          Kkkkkk…… esses políticos são exemplos típicos de que, quem não tem educação financeira, perde inúmeras oportunidades de fazer o dinheiro trabalhar para a pessoa…

          Abç

  93. marcus 1 de setembro de 2014 at 13:15 #

    Boa tarde…
    Acabei de fazer uma LCI na Caixa..Como tinha dito antes,tinha conseguido 82,30 % do DI com 60 dias de carência..Conseguir uma porcentagem maior,84,07 %,porém o prazo de carência é de 1 ano…Obrigado Guilherme por todas as dicas..Sabendo de investimentos melhores posta por favor…Abraços a todos..

    • Guilherme 2 de setembro de 2014 at 9:44 #

      Legal, Marcus, e olha só que curioso: você acabou conseguindo uma rentabilidade melhor na LCI da Caixa do que na LCA do BB… parabéns!

      Abç

  94. Leonardo 1 de setembro de 2014 at 22:59 #

    Guilherme.

    Tenho uma aplicação no BB rf lp plus estilo de 40k , com um aporte atual de 9k à 10k mensais. Vi muito em seu blog ser mencionado o LCI (CEF) ou LCA (BB) como melhores investimentos. Porem sempre ao questionar o gerente da minha conta o mesmo e taxativo em afirmar que estou na melhor categoria de investimento, que o banco BB tem outros correntistas neste produto que possuem alguns milhoes investidos… Logo não entendo. Qual seria a melhor aplicacao a longo prazo 5,10 … anos?

    Abs.

    • Guilherme 2 de setembro de 2014 at 9:48 #

      Leonardo, o gerente de sua conta está lhe passando informações erradas.

      O BB RF LP Plus Estilo só é vantajoso para o banco. Para o cliente, a LCA é mais vantajosa, pois rende mais e não há custos com taxas de administração.

      O seu gerente é empregado do banco, então, existe um conflito de interesses na atividade dele: trabalhar ofertando o que é melhor para o banco ou o que é melhor para o cliente? Ele está seguindo a primeira opção: ofertando o que é melhor para o banco.

      A longo prazo, nenhum dos investimentos que o banco oferece é a melhor opção.

      Fundos de renda fixa e letras de crédito só são interessantes no curto prazo.

      Para horizontes de 5 a 10 anos de investimentos, as melhores opções são Tesouro Direto, ações e fundos imobiliários.

      Ou seja, investimentos operados por intermédio de corretoras.

      Aqui no blog tem bastante conhecimento sobre o assunto. Dá uma lida na seção de arquivos e vá lendo os artigos que mais lhe interessem: http://www.valoresreais.com/arquivos/

      Abç

      • Leonardo 2 de setembro de 2014 at 10:48 #

        Obrigado Guilherme! Se eu não quiser uma corretora. Quiser gerenciar as aplicações eu mesmo o ideal sera LCA mesmo ou LCI caixa. Tem prazo náximo de aplicação nestas letras?

        * Estas de parabéns pelo excelente blog!
        Abs.

        • Guilherme 2 de setembro de 2014 at 18:19 #

          Olá Leonardo!

          Sim, essas aplicações tem um prazo de vencimento, que pode ser, p.ex., de 3 a 4 anos.

          Normalmente, quando você faz a aplicação você já consegue ver a data de vencimento na tela.

          Obrigado!

          Abç

  95. marcus 2 de setembro de 2014 at 11:36 #

    Guilherme..
    Na verdade a LCA do BB ia render um pouco mais 84,25 % enquanto a LCI me rendeu 84,07%.. Pouca diferença,mas na LCI da caixa terei que ficar 1 ano sem utilizar a grana..Mas fiquei feliz com o investimento,pena q investir só 33 k.. Graças a esse blog conseguir estudar o melhor investimento…Obrigado Guilherme e obrigado a todos q opinaram..

    • Guilherme 2 de setembro de 2014 at 18:20 #

      Olá Marcus, legal então, são rendimentos equivalentes, mas com a vantagem de que com a Caixa foi bem mais fácil fazer o investimento.

      Que bom que o blog te ajudou a escolher os melhores investimentos para você! Fico feliz!

      Abç

  96. antonio 6 de setembro de 2014 at 8:57 #

    tenho um rendimento de 84,25 e a caixa oferecia 85,25 em LCI pela quantia de 300000 k e ele falou que não valeria a pena trocar esse 1 por cento de diferença(diferencia seria de apenas 31,00 por mês nesse 1por cento) já que a caixa econômica esta com risco de falir e que o VGBL era melhor rendimento para ser aplicado e o LCA, e O LCI já foram rendimentos bons e que agora não valeria a pena que o VGBL estava rendendo mais nesse ano do que a LCI ou LCA, Eu fiquei de pensar, depois me lembrei que ele na falou em taxa de administração ou carregamento e falou também que VGBL em casa de falecimento não pagaria imposto e não entraria no inventario. Pesquisando acho que a taxa de carregamento para esse quantia e 0 a taxa de administração não consegui saber. fiquei com receio em relação a caixa econômica poder falir.Ele nunca tocou no assunto de tesouro direto . Sera que ele exagerou em relação a caixa e que a diferencia de 84,25 para 85,25 e insignificante? A taxa de carregamento é uma vez so e a taxa de administração e todo ano e isso mesmo ?

    • Guilherme 6 de setembro de 2014 at 15:18 #

      Olá Antônio, algumas considerações:

      1) Fuja do VGBL. Ele é um produto ótimo para o banco, mas péssimo para o cliente, em virtude das taxas de administração e carregamento. Mesmo que elas sejam baixas ou zeradas (no caso da de carregamento), a rentabilidade desses produtos costuma ser pífia, inferior até à da caderneta de poupança. Em resumo, continue nas letras de crédito;

      2) A CEF não corre o risco de falir. A diferença de 1% na taxa do CDI não é insignificante, ela lhe falou isso apenas para você não ir para o banco concorrente.

      Abç

  97. Renato C 8 de setembro de 2014 at 18:50 #

    No meu internet banking, ao tentar investir em LCA do BB também há a mensagem “Aplicação não disponível para seu perfil. (C999-834)”

    Esta mensagem de fato existe.

    Irei no banco amanhã tentar resolver isto – seja mudando de perfil, seja fazendo sabe-se lá o quê rs, mas acredito que terei sucesso junto ao gerente.

    Depois voltarei aqui para contar como foi.

    • Guilherme 10 de setembro de 2014 at 10:10 #

      Tomara que consiga resolver, Renato!

      Depois conte o resultado pra gente.

      Abç

      • Guilherme 10 de setembro de 2014 at 10:11 #

        Apenas um adendo: muitas vezes, uma simples atualização cadastral resolve. Peça para seu gerente verificar e atualizar dados como endereço residencial, telefones de contato, emails e *sobretudo* renda.

        Esse negócio de incompatibilidade de perfil pode ter a ver com a renda. Apenas um palpite.

        Abç

  98. Renato C 12 de setembro de 2014 at 14:03 #

    Fui no BB e seguem as informações:

    – Para estar habilitado a investir na LCA, o cliente precisa estar enquadrado como PF A ou PF B. Para ter este enquadramento, o cliente precisa de uma renda de 8 mil reais ou ter 100 mil reais no BB.

    (Esta informação acima pode ser atualizada no post principal, se quiser)

    Não tenho este perfil (quem sabe um dia rs), até tentei conversar com a gerente e perguntei se talvez ela não teria autonomia para fazer este tipo de enquadramento, contudo sem sucesso. No final da conversa, ela acabou tentando me empurrar um título de capitalização: um convite ao meu agradecimento pela atenção e desejo de um ótimo final de semana!

    Abraços, Renato C

    • Guilherme 12 de setembro de 2014 at 18:13 #

      Olá Renato!

      Puxa, que chato essa situação toda.

      Bem, há um investimento similar à LCA do BB, que é a LCI da CEF, conforme o Marcus conseguiu investir com sucesso.

      Obrigado pelas informações, vou atualizar o post!

      E é dose esse negócio de empurrar o TC, hein…..rsrs….

      Abç

    • Breno Oliani 2 de outubro de 2014 at 18:54 #

      Renato C,
      Você sabe me informar se, além de o cliente precisar ter uma renda de 8 mil reais ou ter 100 mil reais no BB, é preciso ser cliente ESTILO para ter acesso à taxa 84% CDA de LCA e liquidez diária??
      Obrigado, desde já.

      • Pascoal 3 de outubro de 2014 at 9:37 #

        Desculpe-me entrar no meio da resposta, mas não precisa ser cliente Estilo para aplicar em LCA, basta ter os 100k aplicados e solicitar para o gerente que ele libera essa aplicação (parece que muda a categoria da sua conta para B, sem mexer no pacote).

        • Breno Oliani 3 de outubro de 2014 at 10:40 #

          Obrigado, Pascoal.
          Pelo aplicativo do celular, já vi que consigo fazer aplicação LCA no BB. Minha conta é a a de serviços básicos, sem taxa nenhuma. Só tive que responder um questionário de “perfil de investidor”.

          • Pascoal 3 de outubro de 2014 at 15:26 #

            Bacana! Então quer dizer que a opção liberou sozinha, sem ter q falar com o gerente? Vou ver se pro meu perfil vai liberar também, não to nem um pouco afim de ir ao banco, hehehe!

            • Breno Oliani 3 de outubro de 2014 at 16:02 #

              Pascoal, pra falar a verdade, eu ainda não confirmei a operação, pois somente na semana que vem terei disponível a quantia mínima para aplicação. Mas já dei o aceite ao regulamento de aplicações LCA do BB, acessando o site. Só faltou clicar em confirmar. Espero que ainda não seja necessária qualquer autorização por parte de gerente, mesmo porque estão todos de greve por aqui.
              Assim que eu tiver a quantia para clicar em confirmar, informo aqui se deu certo ou não.

  99. Renato C 12 de setembro de 2014 at 19:45 #

    Para vc ver, Guilherme, achei incrível… iria entrar no banco querendo investir numa LCA e sair com título de capitalização! hahahaha

    A própria gerente, quando me ofereceu, disse que não era investimento, mas perguntou se eu não gostava de “jogar”. rs

    Isto demonstra que não basta ter a informação, é preciso ter a atitude para que ela seja concretizada em atos.

    Quanto ao investimento, irei pro CDB Recompensa do Santander, que dá 100%/101% do CDI, desde que se mantenha por 4 anos.

    Abraços, Renato C

    • Guilherme 12 de setembro de 2014 at 21:26 #

      Kkkkk…..

      E você disse tudo: só informação não basta, é preciso ter atitude para ser concretizada em atos.

      Essa gerente é típica do nosso Brasil “Brasilzão”, onde gerentes “profissionais” empurram para clientes “amadores” e carentes de educação financeira produtos completamente desnecessários.

      Sobre o investimento, a escolha desse produto é uma ótima alternativa, já que não paga taxa de administração.

      Abç!

      • Rosana 13 de setembro de 2014 at 13:19 #

        Renato,

        Você poderia tentar investir em LCA/LCI através de corretoras, já que os bancos pedem aportes impraticáveis para a maioria dos brasileiros.

        Infelizmente os gerentes não estão lá para indicar o melhor investimento para o cliente, mas para vender e proporcionar mais lucro aos bancos.
        Vale a pena ler esse post:
        http://www.valoresreais.com/2011/10/05/guest-post-surpreendente-confissoes-de-um-gerente-de-banco/

        Guilherme,
        Informação é tudo hoje em dia. Se não fosse isso, o Renato seria mais um a estar na fila dos que só tem prejuízo com títulos de capitalização.

        Abraços,

        • Guilherme 14 de setembro de 2014 at 20:22 #

          Exato, Rosana, as corretoras independentes trabalham com bancos médios e pequenos, oferecendo acesso a letras de crédito que, se por um lado apresentam maior risco, de outro apresentam uma rentabilidade superior.

          E sem dúvida, trabalhar a informação evita muitas “pegadinhas” como essa do TC!

          Abç!

      • carlos 14 de setembro de 2014 at 8:05 #

        bom dia,

        surgiu a seguinte duvida:

        Quanto ao investimento, ro CDB Recompensa do Santander, que dá 100%/101% do CDI, desde que se mantenha por 4 anos.

        não seria equivalente ao LCI de 85 %(100 – 15 de imposto de renda) da caixa e com menos tempo de carência?

        quando FCC que garante ate 250000, para não investir acima desse valor. esse cuidado tenho que ter também em relação aos bancos bradesco e itau por acaso ? que talvez se tiverem problemas eles seriam comprados talvez por outro banco e ai talvez não perdesse o dinheiro?

  100. Renato C 14 de setembro de 2014 at 15:21 #

    Exato, um CDB de 100% equivale a uma LCI/LCA de 85%, em função do IR.

    O Itaú e o Bradesco são os chamados “too big to fail” (muito grandes para quebrar). É evidente também que se algum banco deste porte entrasse em falência, talvez o FGC não tivesse nem recursos para cobrir o rombo.

    O FGC acaba sendo, assim, uma garantia maior aos bancos pequenos, em falências isoladas.

    Se você quiser ser muito conservador: mesmo investindo em bancos grandes, o ideal é diversificar entre eles e não deixar todo o dinheiro num banco só. Já não sendo tão conservador, mas ainda assim conservador: concentre seus investimentos num único banco grande, pois assim terá poder de barganha para obter um maior retorno para o seu capital.

    Abraços, Renato C

  101. Tiago 14 de setembro de 2014 at 19:40 #

    Nossa… fiquei espantado com a quantidade de comentários… Estava atrás de uma resposta para a minha dúvida sobre a LCA do BB, que não rende em feriados ou finais de semana e o pessoal aqui já destrinchou o bagulho!

    Acho que essa LCA do BB é uma maravilha, com resgate automático e sem carência, pena que poderia render mais.

    Meus gastos são quase todos no cartão de crédito, e o débito só vai ser feito no dia do vencimento da fatura, e enquanto isso a LCA fica lá rendendo, isso é ótimo.

    Outra coisa boa é que dá pra resgatar parcialmente e reinvestir no mesmo dia, se você não tiver 30k sobrando, mas quiser investir uns 5k, digamos.

    Eu montei uma planilha excel e fui alimentando-a com os rendimentos de 3 LCAs que tenho no BB e percebi que os juros são compostos sim.

    O rendimento da LCA a 84% do CDI em setembro/14 foi (até o dia 12) de 0,0342% por dia útil, mais ou menos, sobre o capital recomposto (já somado o rendimento do dia). Mas só rende nos dias úteis.

    Em mês com menos dias úteis a LCA rende MENOS! Em julho a LCA rendeu mais do que em agosto, uns 8% a mais… É meio estranho isso, mas no BB é assim…

    Queria um banco que pagasse mais, mas sabe como é… preguiça de sair do conforto que é essa LCA do BB

    • Guilherme 14 de setembro de 2014 at 20:23 #

      Valeu, Tiago, o pessoal aqui é fera e destrincha pra valer um assunto que está bem “na moda”! 😀

      Abç e bons investimentos!

    • carlos 14 de setembro de 2014 at 21:33 #

      em relação ao BB que tem rendimento por dia em relação ao LCA

      Outros bancos também não e assim rendimento ao dia

      ? em relação ao LCA ou mesmo ao LCI independente da taxa?

  102. Rodrigo 14 de setembro de 2014 at 20:07 #

    Tenho entre 100 e 200 mil em LCA do banco Indusval, que pagou 95% CDI para com carência igual ao vencimento em 3 meses. Achei bem interessante, mas gostaria de uma em que após a carência eu pudesse manter o investimento mas com possibilidade de resgate parcial, ou seja, carência diferente do vencimento. Próximo ao final procuro algo assim.

    • Guilherme 14 de setembro de 2014 at 20:25 #

      Olá Rodrigo, excelente essa taxa do CDI do Indusval, uma das melhores do mercado.

      Sobre uma letra em que a carência seja diferente da do vencimento, a única opção que eu conheço é a LCI da Caixa, porém, a rentabilidade é bem inferior a essa do Indusval.

      Se eu souber de algo parecido nas corretoras que trabalham com bancos de médio e pequeno porte, eu aviso aqui no blog.

      Abç

  103. Lucas 16 de setembro de 2014 at 11:03 #

    Olá, Guilherme. Estou avaliando 3 bancos para aplicar em LCA ou LCI no prazo de 180 meses e com valor até o teto do FGC:

    – Máxima – LCI – 100% CDI (rating SRRating – “BBB-“);

    – Indusval – LCA – 95% CDI – (rating S&P – “BBB-“);

    – ABC Brasil – LCA – 92% CDI (rating S&P – “BBB+”);

    O que acha sobre a credibilidade e rating dessas instituições?

    Apesar da possibilidade de quebrarem e ter “dor de cabeça” para reaver o valor pelo FGC, ainda há essa garantia maior de não perder o valor total.

    Saberia dizer qual o prazo que o FGC credita os valores em caso de sinistro?

    Abs,
    Lucas

    • Guilherme 16 de setembro de 2014 at 11:24 #

      Olá Lucas, eu não conheço esses bancos, mas as taxas estão excelentes, dentre as melhores do mercado. Mas se lembre: o retorno é sempre proporcional ao risco, o que é confirmado pelo rating atribuído a cada um. Olhando exclusivamente o rating, eu optaria pelo Máxima, no lugar do Indusval, e talvez repartiria o valor entre o Máxima e o ABC.

      Mas tudo isso olhando exclusivamente o rating, que não deve ser olhado como único critério, haja vista que as próprias agências de risco erram nas classificações dos bancos – vide o caso da crise de 2008, quando muitas agências atribuíam notas altas para bancos americanos que vieram a quebrar.

      Sobre um caso real de quebra de banco e posterior restituição dos valores aos clientes, recomendo a leitura desse artigo: http://www.valoresreais.com/2011/06/23/e-se-o-banco-onde-eu-estiver-investindo-em-cdb-quebrar-o-fgc-na-pratica-saiu-na-folha-de-s-paulo-de-domingo/

      Eu li em algum lugar, não me lembro bem agora, que o prazo médio seria de 60 dias, entre o anúncio da “quebra” e a disponibilização do dinheiro aos correntistas para saque, mas não sei se isso ainda vigoraria.

      Bons investimentos!

      • Lucas 16 de setembro de 2014 at 11:32 #

        Guilherme, a dor de cabeça e o prazo de ressarcimento do FGC não são tão ruins. pensei que era algo mais demorado.

        Consultei LCI também no Banco Pine e a taxa é de 97% para 180 dias(prazo mínimo), valor minimo de R$200.000,00

        O problema de repartir entre os bancos é o valor mínimo.
        – ABC Brasil possui mínimo de R$200.000,00.
        – Indusval, R$50.000,00.
        – Máxima, R$10.000,00.

        • Guilherme 16 de setembro de 2014 at 11:48 #

          Lucas, eu também pensei, mas aí percebi que o FGC é um patrimônio constituído exatamente com essa finalidade, dentre outras, de socorrer os cotistas. Isso cria maior confiabilidade ao sistema como um todo.

          Hum, sim, esse valor mínimo do ABC Brasil complica, até porque é o que paga menos. Poderia dividir entre o Máxima e o Indusval, então, desde que esteja disposto a assumir esse risco de eventualmente ter que entrar na fila do FGC (que vimos que não é de todo ruim).

          Abç

        • Thomas VXA 21 de outubro de 2014 at 21:27 #

          Lucas, você investiu neste Banco? Estou pensando em investir lá, mas achei o contrato um pouco extenso e com muitas demandas. Gostaria de saber suas experiências com esse banco. Valeu!

  104. Lucas 16 de setembro de 2014 at 11:47 #

    Ah, parabéns pelo conteúdo do post, pelos ricos comentários e respostas aqui cedidos. São poucos os blogs com bom conteúdo, como esse.

    Abs,
    Lucas!

    PS: Continuarei a ler com frequencia seus posts!

    • Guilherme 16 de setembro de 2014 at 11:48 #

      Valeu, Lucas, continue com a gente!

      Abç

  105. Felipe 16 de setembro de 2014 at 11:57 #

    Guilherme, eu também aprendi bastante com os comentários desse post. Se me permite,tenho algumas sugestões para posts: 1)Alugar ou Comprar um imóvel quando se possui mais da metade do valor à vista de compra? 2) Rentabilidade real (descontada à inflação) dos investimentos que aliás é um tópico interessante, pois na imensa maioria dos blogs se fala em rentabilidade real de 0,8% e eu me pergunto como??? No caso da LCI temos conseguido, com uma inflação de 0,5% algo em torno de 0,3% quando muito. 3)Tesouro Direto ou LCI/LCA qual é mais vantajoso para curto, médio e longo prazo?

    Abraços.

    • Guilherme 16 de setembro de 2014 at 12:01 #

      Olá Felipe, que bom que esteja aprendendo!

      Sugestões devidamente anotadas!

      Abç!

  106. Tiago 16 de setembro de 2014 at 13:05 #

    Pelos meus cálculos, a cada 10% de incremento no pagamento do CDI numa LCA ou numa LCI, o rendimento anual sobe 1%

    Por exemplo: uma LCA de 84% (como a do BB) rende em média 8,62% ao ano.

    Uma outra LCA que renda 94% (10% a mais) vai render 9,65% ao ano.

    São uns cálculos meio aproximados, usando o CDI da primeira quinzena de setembro, até porque o CDI varia ao longo do ano, até mesmo de um dia para outro…

    Mas é mais ou menos por aí.

    Compensa trocar o BB por um banco PINDORAMA para ganhar 1% a mais? Sei lá…. Se você tem 100k, são só 1k a mais no final do ano. Mas e a dor no estômago do seu dinheiro estar lá no PINDORAMA?

    • Guilherme 16 de setembro de 2014 at 20:02 #

      Oi Thiago, ótimas reflexões.

      Seus cálculos mostram claramente que não há rentabilidade maior sem assumir um maior risco.

      Eu prefiro assumir maiores riscos em classes de ativos que me proporcionem retornos proporcionalmente maiores, como ações.

      Na renda fixa, sigo a filosofia de combinar conservadorismo nos rendimentos aliado à liquidez dos investimentos. Com isso, perco em rentabilidade, claro, mas em contrapartida, ganho em segurança.

      Abç

  107. carlos 19 de setembro de 2014 at 21:17 #

    boa noite

    E possível um banco como o bradesco não ter lastro para a LCI

    achei isso muito estranho

    obrigado

    carlos

    • Guilherme 19 de setembro de 2014 at 21:56 #

      Olá Carlos, o Bradesco talvez não esteja interessado em ofertar esse tipo de produto.

      • Denise 21 de maio de 2015 at 3:09 #

        Procurei por LCI Bradesco e encontrei – será que é recente?
        Único porém é que só é acessível para clientes Prime (aplicação mínima R$20mil) e Exclusive (aplicação mínima R$5mil).

        Como li outro artigo criticando clientes destas contas especiais por conta das taxas caras de administração, gostaria de observar que eles tem um sistema de pontuação que diminui ou isenta o cliente destas taxas. Tem várias formas de acumular esta pontuação, mas o mais simples é ter um determinado valor investido (só não sei quanto). Então para quem já tiver acumulado um considerável valor em investimentos, é possível ter uma conta gratuita e com mais vantagens.

        • Guilherme 21 de maio de 2015 at 20:36 #

          Olá Denise, obrigado pela informação.

          De fato, o Prime tem um programa de relacionamento que concede descontos no pacote de serviços conforme o volume de investimentos no banco.

          Contudo, os valores percentuais que as LCIs dos grandes bancos pagam acabam não compensando, em geral, quando comparado com o valor que poderia ser obtido em bancos médios e pequenos, respeitando-se, claro, o limite do FGC.

          Abç

  108. Gleiton 24 de setembro de 2014 at 22:12 #

    Boa Noite !!

    Gostaria de saber o seguinte: se eu fizer uma nova reaplicação no LCI de um X valor no mesmo dia que foi feito a aplicação anterior, o valor será somado ou abrirá um novo dia base para esta aplicação ?

  109. ottorino 25 de setembro de 2014 at 7:39 #

    Eu mesmo, que tenho bastante no BB em LCA, com 84%, quando tenho 5/10.000 Reais para aplicar, vendo uma parte mais perto como vencimento, e depois aplico o vendido mais 5/10.000. O dia depois tenho já o ganho desse novo investimento.

    Por exemplo: se eu hoje tenho aplicado 30.000 reais com vencimento 08 Setembro 2016, vendo e depois aplico, tenho sempre 84% do CDI, mas o vencimento vai para 8/10 Outubro 2017.

    Assim tenho 1 ano a mais, e consigo aplicar menos que R$ 30 mil.

    • ottorino 26 de setembro de 2014 at 17:09 #

      Ja fiz. Resgatei 30.000 LCA con vencimento 09/08/2016, e reaplquei 37.000, com vencimento 08/09/2017. Amanha ja tenho ganho, e ganhei 1 ano a mais

  110. Santos 27 de setembro de 2014 at 6:41 #

    Excelente seu blog. Parabéns. Tem bastante informação boa nos comentários também.

    Depois de quase 7 anos economizando consegui R$ 190K na poupança antiga (aí me parece que sou conservador mesmo e medroso pacas), e R$ 160K na poupança nova.

    O BB me ligou recentemente para fazer um “upgrade” pra essa conta Estilo, e um gerente me ofereceu essas LCA/LCI.

    Depois de ler tudo aqui, eu pensei em algumas opções, e pedirei sua ajuda na possível estratégia para uma meta ambiciosa.

    – Projeto de longo prazo: Conseguir meu primeiro milhão em [patrimônio + capital] em 20 anos (faltam 13) 😀 .. ** isso é pra manter o foco na meta de economizar anualmente entre R$ 30-50K.

    – Médio prazo (5-10 anos): Adquirir um imóvel se os preços se tornarem atraentes e aparecer uma boa oportunidade.

    – Curto prazo (jan – abril 2015): comprar um veículo novo de até R$ 60K no máximo, ou um bom seminovo de até R$ 35K; e fazer uma viagem para o Japão.

    Alternativas para esses R$ 300K:

    – Plano A:
    a) Ir com R$ 250K pra LCI da CEF e manter esse investimento de 1 a 3 anos ou mais, dependendo se aparecer um bom imóvel.
    b) LCA no BB com os R$ 100K restantes.

    – Plano B
    a) Procurar um banco menor com % CDI melhor que BB ou CEF e aplicar em LCA/LCI com R$ 150K (se alguém conhecer algum disponível na cidade de Fortaleza que é pra onde irei migrar, já contrataram meus serviços lá e com taxas CDI atrativas eu agradeço).
    b) R$ 100k na LCI da CEF
    c) R$ 100K na LCA do BB.

    – Plano C – Tesouro Direto no lugar do item a do plano b.

    A dúvida que tenho é com relação a esse valor do % CDI.

    Para R$ 250K de investimento essa variação da taxa do CDI entre a CEF e o BB em um ano é muito significativa que compense tanto assim trocar de banco?

    Há alguma ferramenta q eu possa simular os ganhos conforme o montante de capital, tempo e a taxa oferecida?

    E visto q estou pensando em prazos dilatados de 1-3 anos ou mais, seria melhor investir esses R$ 250k todo no Tesouro Direto?

    Agradeço se me ajudarem. Sou novato em finanças e investimentos e só agora estou abrindo os olhos para essa arte.

    • Guilherme 27 de setembro de 2014 at 8:48 #

      Olá Santos!

      Inicialmente, parabéns pela disciplina e capacidade de acumulação de recursos financeiros nos últimos anos. Isso prova que você é uma pessoa que tem paciência para poupar e economizar, o que é fundamental para a construção de patrimônio financeiro.

      Também é importante ter metas de curto, médio e longo prazo, afinal, objetivos financeiros somente são úteis e válidos se estiverem alinhados a objetivos não-financeiros, e a estipulação de objetivos temporais bem demarcados no tempo funciona como uma espécie de “incentivo” para que você continue poupando, já que disciplina para economizar recursos você já provou que tem de sobra.

      A partir de agora, olhando para o futuro, vejo que é preciso fazer uma modificação no seu plano de investimentos, uma vez que você tem uma grande “massa de capital”, que pode muito bem render mais do que simplesmente ele ficar 100% concentrado em aplicações pós-fixadas ao DI.

      A sugestão, portanto, é adicionar o Tesouro Direto na sua estratégia de investimentos, principalmente com os títulos atrelados à inflação, uma vez que a pior coisa que pode acontecer é esse montante de capital acumulado perder poder de compra com o decorrer do tempo.

      Dessa forma, minha recomendação é repartir o capital em duas porções:

      – 50% em LCA ou LCI de banco de primeira linha: CEF ou BB.

      – 50% em NTN-B do Tesouro Direto, de prazo curto, ou seja, que vença em 2019 ou 2020 (lembrando que você pode sacar o dinheiro antes do vencimento).

      Sobre a LCA/LCI, vai do seu gosto pessoal escolher entre a CEF ou o BB, já que as taxas são muito parecidas. Se focar exclusivamente na rentabilidade, vá de CEF, já que ela é mais flexível nas opções: diga que você tem mais de R$ 100k para investir, e, se você suportar o prazo de carência, pode conseguir um percentual do CDI melhor do que é oferecido nas chamadas “taxas de balcão”. Isso envolve negociação pessoal diretamente numa agência da CEF.

      Quanto ao TD, minha recomendação para títulos de prazo curto é que você nunca investiu em TD, e, portanto, pode se sentir desconfortável com eventuais oscilações negativas de um mês para outro. A rentabilidade é menor do que nos títulos mais longos http://www3.tesouro.gov.br/tesouro_direto/consulta_titulos_novosite/consultatitulos.asp mas pelo menos você “sofre” menos com variações negativas em momentos de pânico no mercado.

      Abç e bons investimentos.

  111. Tiago 1 de outubro de 2014 at 13:07 #

    Adivinha quem investiu o R$ 1 milhão que ganhou do Big Brother em LCA do BB?

    http://noticias.uol.com.br/politica/politicos-brasil/2014/deputado-estadual/ms/23111986-fael-cordeiro.htm

  112. Adriano 1 de outubro de 2014 at 16:16 #

    Sou mais uma vítima do problema de perfil para LCA do BB. Mas tem um detalhe: eu já tenho LCA no BB.

    Fui aplicar mais um valor, e como há a aplicação mínima, fiz um resgate parcial (como recomendado pela própria gerente do banco – e já tinha feito esse procedimento outras vezes) para reaplicar. Aí apareceu a mensagem: Aplicação não disponível para seu perfil.

    • Guilherme 2 de outubro de 2014 at 12:35 #

      Adriano, peça para seu gerente de conta fazer uma atualização do cadastro. Pode ser que isso resolva.

    • Adriano 7 de outubro de 2014 at 15:59 #

      Depois de tentar falar com o SAC, CABB e twitter @BancoDoBrasil, fiz uma reclamação no Banco Central.

      Me ligaram da agência mas nem cheguei a atender.

      Agora consigo fazer novamente as aplicações.

  113. edmílson 1 de outubro de 2014 at 16:45 #

    LCI na Caixa Federal de R$ 3.500.000,00,quantos eles pagam sobre o CDI?Grato.edmílson.

  114. Renan 2 de outubro de 2014 at 10:24 #

    Também não consigo aplicar em LCI nem LCA aqui no BB, sendo que comprovei renda +10 quando abri a conta. Coloquei 100 na poupança, vamos ver se liberam como um colega acima disse…

  115. Youko 4 de outubro de 2014 at 13:19 #

    Oi, os bancos Santander, HSBC e Safra trabalha com investimento LCA? to querendo abrir uma conta para investir num desses 3 bancos…

    • Pascoal 5 de outubro de 2014 at 23:13 #

      O santander tenho certeza que tem LCI, no HSBC eu procurei estes produtos (LCI ou LCA) e não encontrei, no outro não faço ideia!

      • Youko 6 de outubro de 2014 at 10:01 #

        Além do banco do brasil, conhece outros bancos que mexe com LCA tirandoo o sofisa?

  116. Anderson 4 de outubro de 2014 at 17:59 #

    Ótimo blog. Parabéns,

    Tenho uma dúvida sobre resgate e vencimento da LCA do BB, tenho 60k aplicados com vencimento em 09/09/2017, caso queira daqui a 06 meses (abril/2015) resgatar todo o valor (capital + rendimento) e aplicar o valor em uma LCA de outro banco qualquer, terei que devolver ao BB os rendimentos auferidos nesses 06 meses em que aplicação ficou ativa ?
    Grato, Anderson.

    • Adriano 4 de outubro de 2014 at 18:36 #

      O que já rendeu já é seu, não tem que devolver nada.

    • Pascoal 5 de outubro de 2014 at 23:17 #

      não terá que devolver nada, como o colega já respondeu. Também não vai precisar pagar IOF pois LCA do BB é sem carência. Esta data de vencimento serve pra indicar quando a aplicação não renderá mais, mas basta investir de novo no produto para obter uma nova data de vencimento!

  117. Rafael 7 de outubro de 2014 at 13:01 #

    Não consigo investir em LCA no BB por causa do perfil, só a partir de Estilo, abri reclamação no Banco Central e não adiantou nada.

    • Ranerio 7 de outubro de 2014 at 16:03 #

      Eu já tinha falado nesse post ou em outro como faz a reclamação no Banco Central.

      É bem simples e bem eficaz.

      Uso muito.

      • Rafael 7 de outubro de 2014 at 16:08 #

        Ranerio, eu fiz a reclamação no Banco Central e me enviaram uma resposta padrão, que só está disponível de clientes Estilo pra cima, e disseram pra eu procurar minha agência pra descobrir outras opções de investimento.

        Você lembra o que disse na reclamação?

    • karina 11 de outubro de 2014 at 0:07 #

      Rafael,

      Você não precisa ser cliente do segmento Estilo para aplicar no LCA do BB.

      Basta ter renda de R$ 8 mil ou R$ 100 mil no banco.

      Eu não sou Estilo e tenho LCA.

  118. Rafael 7 de outubro de 2014 at 16:11 #

    Esse é o problema, Ranerio, li seus comentários, você conseguiu porque é cliente Estilo, eu não sou, logo, imagino que seja o mesmo caso dos outros que comentaram no post.

    • ranerio 8 de outubro de 2014 at 8:46 #

      Que esquisito, eu sei que tem os fundos de investimento Estilo, mas não sabia que a LCA era só para clientes do segmento Estilo…

      Você querendo investir e o banco não querendo seu $$. É cada uma né…

      • Breno Oliani 8 de outubro de 2014 at 9:14 #

        Não sou cliente Estilo.

        Minha conta é de serviços básicos, e consegui fazer o investimento na LCA.

        Obs: eu me enquadraria no “perfil” Estilo.

  119. Luciano Buzzacaro 22 de outubro de 2014 at 10:34 #

    Olá Guilherme,

    Estou passando só para parabenizá-lo pelo excelente post!
    Foi extremamente útil.

    Muito grato.

  120. Marcus 5 de novembro de 2014 at 19:56 #

    Olá Guilherme..
    Estou na dúvida,pois fiz um LCI na Caixa e não foi informado e nem me perguntado se era pós ou pré – fixado…Tem idéia de qual seja?Abração…

    • Guilherme 5 de novembro de 2014 at 21:41 #

      Marcus, é quase certeza que é pós-fixado. Acho que você consegue ver no Internet Banking… se a remuneração for de, digamos, 84,25% do CDI, é certeza que será pós-fixado.

      Abç!

  121. Renan 7 de novembro de 2014 at 12:00 #

    Sobre o problema da LCA, consegui liberar a aplicação somente depois de abrir uma reclamação no BACEN. Mas no meu caso eu já tinha o valor sugerido no post aplicado na poupança. O pessoal da agência me ligaram falando que liberaram LCA. PS: no sistema minha renda está 3 mil.

  122. Patrícia 9 de novembro de 2014 at 21:39 #

    Olá Guilherme!
    Tenho R$ 50.000,00 na poupança antiga e R$ 400.000,00 na nova, comecei a ler sobre investimentos e estou pensando em investir R$ 150.000,00 em LTN (com vencimento em 01-01-2017); R$ 150.000,00 em LFT (com vencimento em 07-03-2017); R$ 50.000,00 em LCA (no Banco do Brasil); R$ 50.000,00 em LCI (no Banco do Brasil) e deixar os R$ 50.000,00 na poupança antiga. Não precisarei do dinheiro pelo período de dois anos. É uma boa ideia?
    Desde já, obrigada.

    Patrícia

    • Adriano 17 de novembro de 2014 at 9:09 #

      Patrícia,

      Por quê você pretende aplicar uma parte em LCI do BB?

      A LCI do BB só tem desvantagens em relação a LCA. É um investimento para quem não está apto a aplicar em LCA.

      • Patrícia 25 de novembro de 2014 at 20:09 #

        Olá Adriano. Pensei em LCI por desconhecimento mesmo. Obrigada pela dica!

  123. Marcus 15 de novembro de 2014 at 13:09 #

    Patricia,

    LCA e LCI do BB é bom que você pode tirar a grana a qualquer momento,mas como você não vai precisar da grana, acho que valeria fazer a LCA da Caixa,pois você consegue negociar a taxa.

    Quanto maior o investimento e o tempo ,você consegue uma taxa melhor.

    Se eu fosse você tentava negociar nos 2 grandes bancos e ver qual taxas eles oferecem, para dai tomar uma decisão de acordo com seu objetivos.

    Boa sorte e bons rendimentos..

    • Guilherme 17 de novembro de 2014 at 9:02 #

      Olá Patrícia!

      A resposta do Marcus foi excelente. Como você tem um bom dinheiro investido, vale a pena tentar negociar com a Caixa e o BB, a fim de verificar qual possui as melhores taxas.

      Quanto ao dinheiro para investir no Tesouro Direto, considero muito boas as proporções que você pensa em aplicar.

      Abç!

    • Patrícia 25 de novembro de 2014 at 20:11 #

      Ok. A parte chata é abrir outra conta… Faz ideia de qual a taxa que a Caixa paga?
      Obrigada.

    • Patrícia 25 de novembro de 2014 at 20:25 #

      Obrigada pela atenção e pela dica!

  124. pedro 18 de novembro de 2014 at 10:46 #

    Boa noite pessoal, alguem sabe alguma lci ou lca com liquidez diaria para um aporte inicial de 25k?

    • Guilherme 24 de novembro de 2014 at 16:32 #

      Olá Pedro, a Caixa trabalha com a LCI nessas condições descritas por você.

      Abç!

  125. Rafael 25 de novembro de 2014 at 19:26 #

    Guilherme, boa noite,
    Pensando no longo prazo, estou na duvida sobre, em termos gerais, investir minhas economias em um Brasilprev ou fazer aplicações periódicas em LCA. Ja ouvi falar muito bem e, ao mesmo tempo, muito mal do Brasilprev.
    O que você me aconselharia, manter minha aplicação mensal de R$ 1.200,00 que faço atualmente em Brasilprev ou migrar para uma LCA.
    Em tempo, parabéns pelo chat, tirei diversas duvidas sobre LCA lendo os posts do pessoal aqui!!

    • Guilherme 30 de novembro de 2014 at 13:47 #

      Olá Rafael, boa tarde!

      A aplicação em previdência privada geralmente não costuma ser um bom negócio, ainda mais considerando as taxas de administração praticadas pela maioria dos fundos de previdência, dentre os quais se inclui a BrasilPrev.

      Você precisa saber se está tendo algum ganho útil com esse plano, por exemplo, se a taxa de administração é baixa, se você aproveita o benefício fiscal dos 12% etc. etc. etc.

      Na maioria dos casos, em termos de rentabilidade líquida, vale mais a pena investir os R$ 1.200 numa aplicação de renda fixa isenta de IR, como a LCA do próprio BB, ou então fazer um plano de previdência com Tesouro Direto, especificamente NTN-B.

      Abç!

  126. hlds 29 de novembro de 2014 at 19:24 #

    Parabens guilherme pelo site, material mto bom. Como sugestao gostaria de ver materia(s) sobre previdencia privada (brasilprev em particular).

    Gostaria de tb de tirar uma duvida sobre lca:

    Tenho um investimento bom no lca do bb rendendo 84% do cdi e recebi uma proposta da Unicred (cooperativa financeira), contudo acho que nao compensa mudar.

    A unicred rende 98% do cdi no meu montante, se deixar o dinheiro preso por 1 ano rende 102% do cdi.

    Mediante estas taxas, e calculando o rendimento com o desconto do ir, creio que o lca sai mais em conta, confere?? Como calculo o rendimento do lci/lca descontando o ir??

  127. hlds 30 de novembro de 2014 at 18:57 #

    Guilherme aproveitando,

    Se o lca paga 84% do cdi e nao tem IR, como se dá o calculo que este investimento renderia no montante, por exemplo, qto renderia esses 84% do cdi em cima de 100k?? Teria como fazer um calculo exato ou aproximado do rendimento??

    Outra duvida é em relacao à garantia de 250k do FGC, ela garante 250k somando-se tds os investimentos (lci, lca, cdb) ou é 250k no lci, 250k no lca, 250k no cdb??

    Vlw…

    • Guilherme 30 de novembro de 2014 at 20:18 #

      Sim, tem, na página da CETIP há uma calculadora da taxa do CDI: http://www.cetip.com.br/astec/series_v05/paginas/web_v05_template_informacoes_di.asp?str_Modulo=completo&int_Idioma=1&int_Titulo=6&int_NivelBD=2 onde você pode encontrar a taxa do CDI para determinado intervalo de tempo.

      Fiz o cálculo do rendimento do CDI no mês passado: 0,80% (considerando apenas o período de 1.11.2014 a 28.11.2014, e os dias úteis do mês).

      Dessa forma, 84% do 0,80 dá 0,672%, o qual, aplicado sobre um montante de R$ 100 mil, resultaria em R$ 672, já líquidos. Lembro que esse é um valor apenas aproximado.

      Sobre a garantia do FGC, ele é global, somando-se todos os investimentos de um titular de CPF por banco, e não por produto de investimento individualizado.

      Abç

      • Diogo 30 de novembro de 2014 at 20:49 #

        As aplicações em LCA do BB, tem dado 0,74% ao mês, considerando a média dos últimos 3 meses. Com aplicações maiores e taxa de 84,25% do CDI, está dando média de 0,78% ao mês. Ambos do BB.

        • Guilherme 30 de novembro de 2014 at 21:07 #

          Olá, Diogo, é verdade, eu me equivoquei nos cálculos.

          Grato pela correção.

          Abç

  128. lu 4 de dezembro de 2014 at 14:57 #

    Guilherme,

    Parabéns pelo trabalho. Gostaria de confirmar qual a rentabilidade real da LCA/BB?

    lu

    • Guilherme 7 de dezembro de 2014 at 10:46 #

      Olá, Lu, obrigado.

      Tem rendido 0,78% ao mês. Com a recente elevação da SELIC, deve ultrapassar os 0,8%.

      Abç

    • Carlos 21 de janeiro de 2015 at 20:26 #

      84%

  129. Adailton 25 de dezembro de 2014 at 11:08 #

    LCI e LCA não rendem nos feriados?

    • Felipe 25 de dezembro de 2014 at 11:45 #

      Adailton, nem LCI, nem LCA, nem Poupança…qualquer investimento leva em consideração dias úteis.

    • Carlos 21 de janeiro de 2015 at 20:25 #

      Só nos dias úteis: 252 dias no ano.

  130. Felipe 25 de dezembro de 2014 at 18:08 #

    Guilherme, atualmente estou com R$505.000,00 aplicados em LCI da Caixa a uma taxa de 90,05% do CDI, o que considero uma excelente taxa para um grande banco. Estava pensando em diversificar meus investimentos, mas creio que 2015 será um ano de juros altos, o que pode ser mais vantajoso do que essa LCI que possuo? Tesouro Direto? Abraços

    • Guilherme 25 de dezembro de 2014 at 20:01 #

      Olá Felipe, de fato é um excelente rendimento.

      Contudo, o problema das LCIs e LCAs pós-fixadas ao CDI é que o investidor nunca ganhará retorno superior ao CDI, o que pode ser problemático caso a taxa de inflação supere a taxa básica de juros.

      Nesses casos, recomendo diversificar as aplicações em Tesouro Direto, mais especificamente nas NTN-Bs, que pagam geralmente 6% a.a. + inflação, o que pode garantir retornos superiores ao CDI.

      Recomendo as NTN-Bs de prazo mais curto, de 2019 ou 2020, para evitar maiores oscilações nos preços dos títulos.

      As debêntures incentivadas de infraestrutura também podem ser opções interessantes para ganhos reais acima da inflação e do CDI.

      Abç

      • Ricardo 26 de dezembro de 2014 at 13:32 #

        Ótima taxa Felipe. Sua LCI permite o resgate após 2 meses ou somente no vencimento?

        • Felipe 26 de dezembro de 2014 at 15:51 #

          Ricardo, esta taxa é para um resgate daqui a 6 meses. Costumo deixar dois resgates um de maior valor sem resgate e um de menor valor com resgate, com isto não sou pego por imprevistos. Se fosse com resgate em 2 meses creio que ele daria algo em torno de 88% do CDI.

        • Felipe 26 de dezembro de 2014 at 15:56 #

          Guilherme, tenho 30 anos e portanto não vivi a época da inflação galopante, mas acho difícil que a mesma supere a taxa básica de juros, afinal esta última é o principal instrumento de combate da primeira. Pensei nas NTN-Bs, porém 2019 tá longe pacas!! E para um bom aproveitamento desses títulos é recomendável ficar com eles até o final. Obrigado pelas dicas! Ps.: Impressionante o sucesso deste post!!

          • Guilherme 26 de dezembro de 2014 at 19:01 #

            Olá Felipe, realmente, é difícil, mas tudo pode acontecer.

            Os EUA, por exemplo, tiveram juro negativo recentemente, dentro dos últimos 5 anos. Em períodos de crise extrema, com estagflação, é possível um cenário em que a taxa básica de juros fique abaixo até mesmo da inflação.

            Bons investimentos!

  131. Junior 3 de janeiro de 2015 at 12:09 #

    olá Guilherme,

    Td bem? feliz 2015!

    Vc acha que compensa trocar 30k da poupança antiga p/essa LCA BB ou LCI BB?

    Grato,

    • Felipe 5 de janeiro de 2015 at 19:33 #

      Junior, eu não sou sagaz que nem o Guilherme, mas posso lhe adiantar que acima de 80% do CDI já rende acima da poupança tranquilamente. Se você tiver a oportunidade em aplicar no LCA do BB ótimo, pois ela rende 84% do CDI, porém vc deve ser cliente Estilo para isso e aplicar um montante de no mínimo 30k. Já a LCI do BB eu não lembro quanto que era o valor do CDI, porém lhe darei duas dicas: 1) Se houver a oportunidade abra uma conta em uma corretora e aplique em LCA ou LCI de um pequeno banco, você conseguirá tranquilamente 92% do CDI em uma aplicação sem resgate por 60 dias. 2) Abra uma conta na Caixa e aplique em LCI, lá você terá a opção de aplicar COM ou SEM resgate, dependendo de suas intenções deixe parte do dinheiro em um e em outro, o mínimo para aplicação é de 30k.

      • Junior 5 de janeiro de 2015 at 20:22 #

        Valeu Felipe!

        Minha intenção na verdade era ter uma aplicação com melhor rendimento que a poupança no BB mesmo, e que tivesse liquidez diária no estilo dessa LCA. Já tenho conta em corretora com aplicação regular em títulos do Tesouro Direto.

        • Felipe 5 de janeiro de 2015 at 20:26 #

          Ah então vai de LCA no BB a 84% do CDI, porém você deve ser cliente Estilo e possuir 30k. O legal é que se nos próximos meses você tiver um montante menor do que 30k, você pode resgatar, juntar com o dinheiro que está na conta e reaplicar.

          • Junior 5 de janeiro de 2015 at 21:14 #

            Vixe Felipe, agora que vi que você já tinha chamado atenção p/ser cliente Estilo…hehehe… agora não sei q opção terei no BB.
            Talvez deixar numa LFT seja a melhor opção.

            mesmo assim agradeço sua ajuda!

            • Felipe 5 de janeiro de 2015 at 21:37 #

              Pois é…tem que ser Estilo…eu não lembro a rentabilidade da LCI do BB, mas não era grande coisa. Como você já está acostumado a aplicar em Tesouro Nacional eu creio ser a melhor opção mesmo e diversificar nos títulos atrelados a Taxa Selic e os atrelados a inflação.

              • Pascoal 6 de janeiro de 2015 at 10:59 #

                Bom dia!

                Me permitam a intromissão a respeito do LCA BB não é necessário ser cliente estilo para tal, mas sim ter investimentos de 100 mil pra cima, ai o gerente desbloqueia esse investimento pra você (o porre é ter q ir na agência ‘implorar’ essa liberação). Em relação ao LCI deste banco, o rendimento é de 80% do CDI e a aplicação minima é de 1000 reais, sem necessidade de investimentos de 100k, além da rentabilidade menor, a outra desvantagem em relação ao LCA é que esta aplicação tem 2 meses de carência.

                • Felipe 6 de janeiro de 2015 at 11:16 #

                  Perfeita colocação. Lembrando que se o cliente possui 100k em investimentos, isto o coloca apto a ser “Estilo”, uma vez que esta é uma das condições para entrar nesta categoria.

                • Carlos 21 de janeiro de 2015 at 20:18 #

                  A aplicação mínima em LCA no BB é de R$ 30k, acredito que não seja necessário os 100mil para a ativação do LCA no BB. Alguém poderia se informar com o BB?

                  • Pascoal 23 de janeiro de 2015 at 10:13 #

                    Então, a aplicação minima é de 30k e concordo com você que este valor já deveria ser o “restritivo” para a aplicação em LCA… Já debatemos este fato inclusive aqui neste forum e não teve jeito, o BB diz que esta aplicação em LCA é apenas para clientes com categoria B pra cima, ou seja, para ser categoria B a pessoa precisa ter a partir de 100k de investimentos na conta ou uma renda superior a 9k mensais, senão não habilitam!

  132. Junior 5 de janeiro de 2015 at 19:26 #

    Olá Guilherme,

    Vc viu minha pergunta aqui no texto sobre LCA?

    Obrigado

    • Guilherme 7 de janeiro de 2015 at 11:25 #

      Olá Junior, desculpa, me perdi ao responder ao último lote de comentários.

      O Felipe e o Pascoal já responderam de forma excelente suas dúvidas, de modo que a resposta é, no final das contas, sim, vale a pena trocar a poupança antiga pela LCI/LCA, ainda mais que os juros nesse ano tendem a continuar altos.

      Abç!

      • Mauro 8 de janeiro de 2015 at 11:21 #

        Acerca de uma eventual mudança na LCA em relação à isenção do IR, os que já têm aplicações em LCA serão afetados, eu pergunto….

        • Guilherme 8 de janeiro de 2015 at 20:14 #

          Não, Mauro, somente as aplicações que forem realizadas após a publicação do ato normativo que revogar a isenção de IR.

  133. Mauro 9 de janeiro de 2015 at 9:47 #

    A pergunta foi mal formulada, eu gostaria de saber se quem tem já na LCA 30k, e daqui uns 5 meses vem a aplicar mais 70k, e se daqui 4 meses o Governo Federal estabelece a incidência do IR para a LCA, eu pergunto, se quem já tinha investimento aplicado na LCA, será afetado em futuros depósitos, eu pergunto…..

    • Felipe 9 de janeiro de 2015 at 12:27 #

      O Guilherme respondeu corretamente sua pergunta…esses seus 30k aplicados em LCA antes da revogação da isenção do IR continuarão não sendo taxados, porém esses 70k colocados em uma nova aplicação, após a revogação da isenção do IR, passarão a ser tributados. O volume de depósitos na poupança tem diminuído em larga escala, basicamente por dois motivos: 1) O povo tá sem dinheiro para poupar. 2) Parte do povo se deu conta de que uma LCA ou LCI são mais vantajosas que uma poupança (o que pode refletir um aumento de consciência financeira da população). Daí quando um investimento torna-se mais atrativo do que deveria ser…tributo nele, afinal a grana está indo para ali. Por essa razão estou me preparando para aplicar em LCA ou LCI por um período mais longo, pois uma taxa de 90% do CDI será algo bem rentável para 2015 e 2016.

      • Guilherme 9 de janeiro de 2015 at 14:18 #

        Mauro, o Felipe respondeu de forma excelente sua dúvida.

        E o raciocínio por trás da possível tributação das Letras está perfeito. Por isso, é importante aplicações com vencimentos longos, para garantir ótimas taxas no futuro.

        Abç

    • Adriano 9 de janeiro de 2015 at 12:37 #

      Só acrescentando uma coisa.

      Mesmo a LCA do BB, que tem liquidez diária, possui um vencimento. Então as aplicações que você já tem e permanecerem até o vencimento não deverão ser tributadas. A partir do momento que vencer e você quiser renovar (ou reaplicar), pegará a nova regra.

    • Rosana 22 de janeiro de 2015 at 10:13 #

      Mauro,

      Futuros depósitos são considerados novos, então a cobrança será feita.
      Espero ter ajudado,
      Rosana

  134. Adriano 9 de janeiro de 2015 at 13:36 #

    Matéria dessa semana sobre LCI da caixa.

    Alguém está por dentro, sobre valores e prazos para conseguir essa taxa de 90% do CDI?

    http://www.valor.com.br/financas/3843480/caixa-paga-mais-caro-para-captar

    • Felipe 9 de janeiro de 2015 at 14:02 #

      Após ler a notícia fiquei com a impressão que era só chegar e conseguir esta taxa de 90% do CDI, mas não é bem assim…eu tinha uma LCA no BB a 84,25% do CDI (Cliente Estilo) e após conseguir R$500k consegui junto a Caixa 90% do CDI, com resgate daqui a 6 meses, porém na negociação levei meu salário para a Caixa. Antes de chegar a 500k, minha taxa na Caixa era de 87% do CDI para uma aplicação de 6 meses. Portanto, é necessário uma alta quantia e negociar para chegar a esses 90% do CDI. Pelo que vi na tabela do gerente, acima de 90% apenas acima de 1 milhão.

      • Guilherme 9 de janeiro de 2015 at 14:20 #

        Obrigado pelas informações, Adriano e Felipe.

        Pelo visto, a competição para captar recursos de clientes está ficando cada vez mais acirrada, o que pode ser sinal de que venhamos a ter percentuais do CDI cada vez mais altos, inclusive para bancos públicos.

        Abç

  135. Mauro 9 de janeiro de 2015 at 14:32 #

    Grato pelas respostas….então o quanto antes eu investir esses 70k talvez seja melhor….

  136. Breno 12 de janeiro de 2015 at 12:24 #

    Bem lembrado no artigo do link abaixo, teoricamente, o isenção da LCA/LCI só pode poderia acabar em 2016, tendo em vista as regras tributárias (anterioridade).
    Então talvez tenhamos esse ano inteiro de bons rendimentos. Espero que assim seja.

    http://m.infomoney.com.br/onde-investir/renda-fixa/noticia/3801291/isencao-lci-lca-poderia-acabar-2016-diz-tributarista

  137. Breno 12 de janeiro de 2015 at 12:30 #

    Por outro lado, indo mais a funda nesta questão jurídica do fim da isenção, o STF entende o contrário:
    “Os doutrinadores defendem a aplicação do princípio da anterioridade (não surpresa) ao que concerne a revogação das isenções tributárias. Entretanto, tal entendimento não é adotado pelo STF, que decide em sentido completamente oposto, uma vez que, para o referido Órgão, a revogação de norma isentiva não caracteriza instituição ou majoração de tributo e sim um retorno a situação a quo existente entre o contribuinte e o Fisco. Portanto, referido artigo tem intuito de esclarecer a possibilidade da aplicação do princípio relacionado à matéria em tela.”

    • Guilherme 15 de janeiro de 2015 at 8:29 #

      Realmente, Breno, há toda uma controvérsia sobre a partir de quando incidiria o IR nas Letras. Espero que somente valha a partir de 2016, se a tal lei vier a ser instituída.

      Abç

      • Jean 15 de janeiro de 2015 at 12:16 #

        Ola amigos,

        Tenho LCA pre fixado no BB com datas de vencimento 2016 e 2017
        Queria tirar uma duvida : se eu faço resgate antecipado, tem qualquer taxa, ou juros, que vem diminuir a taxa ja estabelecida ?

        Obrigado

        • Guilherme 15 de janeiro de 2015 at 13:19 #

          Não.

        • pascoal 19 de janeiro de 2015 at 13:17 #

          Olá Jean,

          Não há cobrança de taxas na movimentação do LCA do BB, também não incide nenhum valor sobre os rendimentos diários. A data de vencimento é só uma referência que acho que qualquer aplicação é obrigada a ter!

  138. Felipe 19 de janeiro de 2015 at 13:45 #

    Prezados, para vocês qual será o principal destino de quem aplica em LCI, dado o fato de que a LCI sofrerá tributação muito em breve? Tesouro Direto ou Fundos Imobiliários?

    • Guilherme 19 de janeiro de 2015 at 14:19 #

      Felipe, Tesouro Direto, principalmente LFTs, que seguem a taxa SELIC.

      Os fundos imobiliários também tendem a se beneficiar, mas penso que o público que investe em Letras irá continuar preferindo os investimentos tradicionais de renda fixa.

      Os CDBs também podem voltar a ganhar fôlego, mas só se oferecerem taxas atrativas.

      Abç

      • Breno 19 de janeiro de 2015 at 14:36 #

        Desculpe intrometer no assunto, mas assim que acabar a isenção da LCA e LCI, pretendo aplicar em LFT.
        Eu abri uma conta na corretora DIRECTAINVEST, atual RICO CTVM se não me engano (fundiu-se com a RICO). O problema é que, apesar de não ser cobrada taxa de administração, é cobrada uma taxa POR OPERAÇÃO no tesouro direto de R$16,00 (ano passado). Pode parecer pouco dinheiro, mas como eu gostaria de aplicar mensalmente o que resta do meu salário, esses 16 reais seriam um custo significativo.
        Alguém indica alguma corretora que não cobre nenhuma para aplicar em Tesouro Direto, se é que existe uma corretora assim?

        • Ranerio 19 de janeiro de 2015 at 14:45 #

          Breno,

          Será que não está falando da taxa de corretagem que é para ações e opções? Essa taxa não incide no tesouro direto. Eu tenho conta nessa corretora quando era banif, virou directa e agora virou rico, no banif era tudo zerado, mas agora eu sei que tem uma taxa da administração, algo assim, mas não cobra a taxa de corretagem para tesouro direto não.

          Uma que não cobra taxas é a easynvest, mas acho que não compensa trocar se não houver a taxa de R$16,00 que eu acho que só cobra para ações.

          • Felipe 19 de janeiro de 2015 at 15:20 #

            Olha eu tb tenho conta na Rico e lá para Tesouro Direto existe uma taxa de administração de 0,10%. Sinceramente eu prefiro uma corretora que cobre taxa ao invés de uma que não cobre, a razão é simples…se ela me cobra eu tenho pq cobrá-la tb caso alguma coisa errada aconteça. De fato, a LFT deve ser a escolha mais natural, porém os vencimentos em geral são longos (2 anos). Sei que existe a possibilidade de venda, mas aí temos que ficar bem atentos para não perdermos dinheiro.

            • marcos 19 de janeiro de 2015 at 15:25 #

              Se a aplicação for em LFT não existe possibilidade de rendimento negativo, pois a pessoa receberá a variação da taxa selic entre a data da compra e a data de venda.

            • Breno 19 de janeiro de 2015 at 16:14 #

              Mas no caso de vender LFT antes do prazo, o rendimento não vai ser a SELIC de qualquer forma? Assim não haveria como “perder” dinheiro investindo em LFT?
              Outra questão da LFT é que tem IR, que é regressivo com o tempo.

              Baixei a planilha do site a seguir, que compara os rendimentos de LFT, LCA/LCI, CDB, fundos DI e poupança de uma forma bem legal. Não sei se as fórmulas estão completamente corretas, mas colocando as taxas atuais de CDI, SELIC e poupança, as LCA/LCI estão melhores que LFT, mesmo com resgate do LFT depois de dois anos, com a menor alíquota de IR.
              Quando acabar a isenção de IR pra LCA, o jogo vai virar.
              Vale a pena baixar e comparar.

              http://www.clubedospoupadores.com/ferramentas/comparador-de-taxas-lci-lca-lft-cdb-fundos-di-e-poupanca.html

              • marcos 19 de janeiro de 2015 at 16:17 #

                O problema é que as melhores taxas de CDI para LCA/LCI só são obtidas para aplicações de valor maior.

                Geralmente, para aplicar com valores menores nesse tipo de aplicação deve-se buscar Bancos médios, o que muita gente não gosta devido ao aumento do risco.

          • Breno 19 de janeiro de 2015 at 16:07 #

            Obrigado pela resposta Ranerio. Essa taxa não é para ações. É para o Tesouro Direto mesmo. Mas observei que eles, “promocionalmente” dão isenção dessa taxa, conforme transcrito a seguir do TERMO DE ACEITE para aplicações no Tesouro:
            “CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E DE ADMINISTRAÇÃO DE CONTAS DE CUSTÓDIA DE TÍTULOS ADQUIRIDOS E VENDIDOS NO TESOURO DIRETO

            CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA: DA REMUNERAÇÃO
            11.1. Pela prestação dos serviços objeto deste Contrato, o CLIENTE obriga-se a pagar ao AGENTE, em moeda corrente nacional, a taxa de R$ 15,99 (quinze reais e noventa e nove centavos) por operação de venda ou de compra.

            11.1.2. O AGENTE concede ao cliente, em caráter promocional, por prazo indeterminado, a isenção total com relação ao pagamento total da taxa prevista no item 11.1. supra, podendo no entanto, a qualquer momento, mediante comunicação com ao menos 30 (trinta) dias de antecedência, iniciar a cobrança.”

            Felipe, eu fiz minha conta antes da DIRECTAINVEST se juntar com a RICO, quando ainda não havia taxa para aplicações no tesouro. Eles mantiveram pros clientes antigos da Directa a isenção.

            • marcos 19 de janeiro de 2015 at 16:14 #

              Valeu, Breno.

        • marcos 19 de janeiro de 2015 at 15:15 #

          Boa tarde,
          acho que sua informação está desatualizada Breno.

          Também opero pelo Rico no Tesouro Direto e única taxa incidente é
          0,10% a.a de taxa de administração: http://www.rico.com.vc/mercado/investimentos/renda-fixa/tesouro-direto

          Iniciei transãções lá em 10/2014.

          A corretora Spinelli não cobra taxa para aplicar no tesouro direto.

          Nesse link, você encontra relação de todas corretoras e taxas aplicadas para operar no tesouro direto: http://www3.tesouro.gov.br/tesouro_direto/consulta_titulos_novosite/consulta_ranking.asp

          • Breno 20 de janeiro de 2015 at 8:59 #

            Então Marcos, eu não tenho certeza, mas por eu ter feito conta na Operadora antes dela ser comprada pela Rico, quando não havia taxa de administração, talvez a isenção tenha se mantido. Mas é só achismo. Mas obrigado pela tabela do site do Tesouro.

            Easyinvest ta oferecendo LCA/LCI com rendimento de 97% do CDI “até 31/01/2015”. Será que é muito arriscado? Depender do FCG é complicado, né.

            • marcos 20 de janeiro de 2015 at 9:21 #

              Então aplicar em Banco médio até o limite coberto pelo FCG pode lhe render uma rentabilidade menor.
              O que você deve considerar é que caso a instituição quebre pode demorar um pouco para receber seu recurso mas não o perderá..
              Se em seu planejamento há espaço para aplicar nessa modalidade de aplicação de renda fixa LCA/LCI vale a pena analisar. Verifique os prazos de vencimento oferecidos e concilie com seus projetos de utilização do recurso.

            • Carlos 21 de janeiro de 2015 at 20:02 #

              Utilizo a corretora Easynvest, acho a plataforma ótima! Tenho investimento em LCI no ABC e no Tricury.

        • Carlos 21 de janeiro de 2015 at 20:10 #

          Tenho aplicações no TD através da Easynvest, taxa zero! Para LCI/LCA também.

  139. MAURO 20 de janeiro de 2015 at 11:55 #

    Boa tarde,

    Ontem o Ministro baixou algumas medidas fiscais, ainda bem que não foi dessa vez a LCA, espero que com essas medidas de ontem, seja adiado a decisão de incidência na LCA do IR.

  140. Luiz 20 de janeiro de 2015 at 20:46 #

    Sobre a tributação de Imposto de Renda, nas LCI e LCA, ainda que a lei que institua o tributo ocorra esse ano ele só poderá ser exigido a partir de 2016 (exercício financeiro seguinte).

    O que poderia ocorrer, ainda nesse ano, é a instituição de IOF (esse imposto possui caráter extrafiscal), que incide imediatamente após a vigência da lei (não necessitando aguardar o ano financeiro seguinte).

  141. Júlia 21 de janeiro de 2015 at 11:38 #

    Tenho 100.000,00 na poupança antiga no BB, tenho pensado em passar para LCA, mas conversando com meu gerente ele não demonstrou muito interesse em fazer tal mudança. O que me orienta? Vale a pena fazer tal troca ainda mais com a possibilidade de vir a ser cobrado IR?

  142. Edmílson Lopes de Sousa 21 de janeiro de 2015 at 17:58 #

    Boa tarde,Júlia. Aplique 99.000 em LCA pós do B.Brasil a 84% do CDI.O cdi,amanhã, deve ficar em 12,06a.a.x84%=10,13%a,a.Não encerre a conta poupança,deixe 1.000,00. Apoupança antiga deve está rendendo 7 ou 8%a.a.Se o imp.renda vier e a lca ficar menor,volte para a poupança. A lca pós do bb,tem liquidez diaria, voce faz saque de 500 ou mútiplos a hora que quiser .Novos depósitos em lca só de 10.000,00, mas se voce tiver dinheiro novo ,digamos de 3.000,oo, voce saca 7.000 dos 99.000,0 e deposita 10.000,00.Júlia, não a conheço,mas acabe com esse negócios de meu gerente.Ele é um bancário encarregado de atendê-la.Ele é gerente do Banco, não fique esperando que ele vá lhe mostrar bons negócios para você. Ele procura boas taxas para o banco que patrão dele, por isso ele não lhe falounessa opção de lca,que tem garantia de at´250.000,00.Você mesma pode fazer essa aplicação nas máquinas de auto atendimento ou procure um outro funcionário do Banco que não seja esse tal de gerente de relaciona,ento,que eu os chamos de gerentes calças curtas ou procure um parente para movimentar a máquina do auto atendimento.Fuja de clientes,pessoas desconhecidas,se você não souber movimentar o auto atendimento.Sou aposentado de um banco.Espero ter ajudado.edmílson.

    • Guilherme 22 de janeiro de 2015 at 14:56 #

      Edmilson, faço minhas suas palavras. Excelente aula de finanças pessoais aplicadas!

      Abç!

    • Júlia 22 de janeiro de 2015 at 18:07 #

      Obrigada Edmilson, Fiz o que vc me aconselhou, muito obrigada!

  143. Carlos 21 de janeiro de 2015 at 19:47 #

    Olá,
    Com a medida provisória de 2012 para a nova poupança, novos depósitos sempre ficarão com os seus rendimentos atrelados à nova lei. Então, não adianta deixar um pouquinho na poupança antiga para não feichá-la para no futuro depositar nela…isso não será possível. Qualquer depósito sempre será na nova poupança.

    • Guilherme 22 de janeiro de 2015 at 14:57 #

      Tem razão, Carlos, quanto a esse detalhe.

  144. Carlos 21 de janeiro de 2015 at 19:49 #

    Se houver IR, em 2015, para LCA e LCI como dito por Levy, por lei, a aplicação do IR, só em 2016!

  145. Fernando 22 de janeiro de 2015 at 0:41 #

    Pessoal, meu dilema é o seguinte, tenho 80 mil na poupança antiga. Vale a pena tirar uma parte de lá (tipo 40k) e aplicar numa LCA no BB? Por que imagina se faço isso e logo depois o governo poe IR na LCA. Vou acabar com esse dinheiro na poupança modelo novo…
    O que sugerem?
    Abraços

    • Guilherme 22 de janeiro de 2015 at 14:58 #

      Fernando, vale a pena fazer a troca. A LCA BB ainda tem um rendimento bem maior, agora ainda mais depois da elevação da taxa SELIC.

      Abç!

  146. Edmílson Lopes de Sousa 22 de janeiro de 2015 at 16:46 #

    Boa tarde, Guilherme.Tenho lca pós bb a 90% do cdi.Aqui onde moro,há ag. da Caixa Federal, mas não estava disposto colher informações lá,pois viram um bando de urubu na carniça.Recentemente, um grande jornal falava que a CEF estava capitando lci a 97% da cdi. Uma pessoa me disse que essa taxa é para 200 milhões de reais.Pergunto ao Amigo, você tem informação quanto a CEF estaria pagando em lci para um aporte de digamos mais ou menos R$3.800.000,00? No BB , a liquidez é diária.grato.

    • Guilherme 22 de janeiro de 2015 at 18:34 #

      Olá Edmílson, boa noite!

      Segundo informações que eu apurei, para essa faixa de aplicação a Caixa pagaria até 90% do CDI.

      Como essa taxa você já tem no BB, sugiro você ir numa outra agência da CEF, mostrar o percentual do BB, para ver se eles rebatem com uma oferta melhor, de 91% ou 92% do CDI.

      Abç!

      • Edmílson Lopes de Sousa 22 de janeiro de 2015 at 20:41 #

        Ok,Guilherme, muito obrigado.O cdi de hoje é 12,09%.aa, pelo meu cálculo.

  147. Charlin 22 de janeiro de 2015 at 21:35 #

    Boa noite. Pode-se dizer que a segurança da LCA é comparável à da poupança? E, quanto está rendendo a LCA ultimamente (valores líquidos)? Obrigado.

    • Guilherme 23 de janeiro de 2015 at 11:04 #

      Sim, pode. Nos comentários acima tem a informação do rendimento da LCA.

  148. Edmílson Lopes de Sousa 23 de janeiro de 2015 at 16:27 #

    Boa tarde , Guilherme.Tenho lca pos bb a 90% do cdi.Recebi propos da CEF a 93%,também liquidez diária, após carência de 60 dias.Eu aguento a carência.O BB paga dividendos ao acionistas,quando há lucro e publica balanço. A caixa não é mocidade anônima, paga di videndo ao governo e, parece-me não publica balanço ou não é fiscalizada pelo B.Central? Numa crise, quem quebra primeiro?Há muito perigo em migrar para a CEF?Num rápido cálculo, em um ano eu teria uma diferença de mais ou meno 14.000,00.É um conselho,claro,sem compromisso para você.Você pularia para a CAIXA?Grato,edmílson.

    • Guilherme 23 de janeiro de 2015 at 18:13 #

      Olá Edmílson, o risco de o BB e a CEF quebrarem é mais um risco teórico do que prático.

      Dadas as suas circunstâncias, eu migraria para a CEF. A diferença de rendimento líquido é considerável e vale a pena “sair da zona de conforto” e buscar rendimentos melhores, ainda que em um banco ao qual, à primeira vista, você não se sinta confortável.

      Abç!

      • Edmílson Lopes de Sousa 23 de janeiro de 2015 at 18:35 #

        Obrigado,Guilherme .Éo que eu vou fazer, se Deus.Já fiz todos os cálculos e,casualmente, me encontrei com um funci da Caixa indo para o trabalho,me receber sem tarifas, comprimir metas,etc.Mostrei meus extratos para ele, não tem perigo, num interior, conhecemos os Colegas.Sou bancário aposentado.Para quem tiver interessado na faixa de R$ 760.000,00, 89% da cdi.

        • Guilherme 23 de janeiro de 2015 at 18:38 #

          Olá Edmílson, então vale a pena fazer o investimento, nem que seja “a título de experimentação”.

          Parece que a Caixa está precisando de recursos para lastrear o (gigantesco) financiamento habitacional que eles gerenciam, e, dada a forte concorrência dos bancos médios e pequenos na captação de recursos, o fato de você vir com um aporte “pesado” pode fazer a diferença a seu favor.

          Abç!

          • Edmílson Lopes de Sousa 23 de janeiro de 2015 at 18:55 #

            Exato. Esta semana,um grande jornal falava que caixa estava a 97% do cdi.Certamente,para muitos milhões.Mas vai funcionar,já avisei ao funci para não ficarem me oferença, tit.cap. e outras burundagas. Se não de certo, volto para o bb daqui ou outra cidade.Obrigado.Guilherme.

            • Guilherme 23 de janeiro de 2015 at 19:47 #

              Isso mesmo, Edmílson.

              Os funcionários de bancos são muito chatos e repetitivos com essas tentativas de ficarem empurrando coisas que não prestam.

              Toda vez que vou ao Itaú, p.ex., o cara do caixa pergunta, ao final do atendimento, se eu quero fazer um PIC – Título de capitalização. Fecho a cara e sempre falo que não quero, e encurto a conversa, para não perder tempo.

              Bons investimentos!

              • Edmílson Lopes de Sousa 23 de janeiro de 2015 at 20:22 #

                Isso mesmo,querem cumprir as tais de metas, mas seu notar que estão aborrecendo, encerro a aplicação, depois dos 60 dias, carência.

                • Guilherme 23 de janeiro de 2015 at 21:55 #

                  Isso mesmo, Edmílson, vá monitorando o comportamento dos funcionários do banco, e, se eles ficarem muito chatos, encerre a aplicação.

              • Rosana 24 de janeiro de 2015 at 7:43 #

                Até no caixa dos bancos estão oferecendo esses famigerados títulos de capitalização?
                Que absurdo!!!!
                Sempre me oferecem pelo bankfone, mas eu também corto logo a conversa.

                • Guilherme 24 de janeiro de 2015 at 8:35 #

                  Pois é, Rosana, o Itaú está pegando pesado! Até ano passado, eu nunca tinha tido esse tipo de abordagem, mas pelo visto agora em 2015 a “orientação aos funcionários” mudou. Lamentável!

                  Outro banco que vive me incomodando é o HSBC. Minha sorte é que, como eles ligam sempre de um mesmo número, eu já gravei o contato no meu celular, e, quando recebo uma ligação deles, eu utilizo dois botões: o primeiro de atender, e, um segundo depois, utilizo o de desligar. Sem dó.

                  • Rosana 27 de abril de 2015 at 10:33 #

                    Guilherme,

                    Muito boa a sua estratégia.
                    Parece que a busca pelo lucro é tão grande que a ética rotineira e de forma crescente está sendo deixada de lado. No caso de muitas instituições financeiras, parece que é apenas mais uma palavra que figura no dicionário e nada além disso.

                    Abraços,
                    Rosana

                    • Guilherme 27 de abril de 2015 at 20:34 #

                      Isso mesmo, Rosana.

                      Nesse sentido, vou repetir aqui um trecho de uma resenha de um livro de J. Bogle, em que ele detona o sistema financeiro americano, mas cujas lições se aplicam perfeitamente ao nosso sistema brasileiro:

                      Em dinheiro, Bogle literalmente detona o sistema financeiro atual, e isso é visível pelos títulos dos três capítulos que o compõem, que são assim denominados: “custos demais, valor de menos”, “especulação demais, investimentos de menos