Resumão da semana: rali na Bolsa, queda de Fundos Imobiliários, Black Friday e mais!

O resumão dessa semana está recheado de comentários sobre as notícias que foram destaque nos últimos dias, incluindo o rali na Bolsa de Valores, a queda das cotações dos fundos imobiliários e advertências sobre o Black Friday que vem aí. Não percam! 😀

Rali na Bolsa de Valores

Uma conjugação de boas notícias vindas de vários lugares levou a um rali na Bolsa de Valores, que teve seu ponto alto na sexta-feira, quando o Índice Bovespa fechou com alta de expressivos 5,02%, aos 56 mil pontos, acumulando uma alta de 8% só na semana passada.

A principal dessas notícias favoráveis foi, sem dúvida, a confirmação dos novos integrantes da equipe econômica do governo. Como bem destacado pelo Finanças Inteligentes em seu último artigo,

“São profissionais altamente qualificados, de postura pró-mercado. Suas reputações valem mais do que um cargo importante no governo. Portanto, estima-se que o trabalho a ser executado nos próximos quatro anos será desenvolvido forma diferente daquele amplamente conhecido nos últimos três anos e meio. Em outras palavras, o intervencionismo do governo nas pastas deve a ser bem menor.

O mercado aprovou os nomes com razão e, mais do que isso, enxerga a necessidade de ajustes no ano que vem. Não há outra opção sobre a mesa. Com tantas notícias e especulações positivas, o índice Bovespa fechou a semana em forte alta, revertendo a tendência de curto prazo.”

A “depressão” pós-eleição abriu caminho para que muitos ativos na Bolsa ficassem com preço bastante atrativo, principalmente as ações das estatais (Petrobras, Banco do Brasil etc.).

Vamos ver como o mercado irá se comportar no último mês do ano, embora haja uma tendência de que as coisas comecem a ficar mais estáveis a partir de agora.

Queda nas cotações dos fundos imobiliários

Com a dificuldade do governo em segurar a pressão inflacionária, o que por sua vez significa taxas de juros em patamares na casa dos dois dígitos, os fundos imobiliários, como é natural, têm seguido na contramão da taxa SELIC: se essa tende a aumentar, a cotação daqueles tende a cair.

Nesse mês, os fundos imobiliários têm apanhado bastante. O Índice IFIX está com perdas de -4,14%, aos 1.344 pontos, abrindo caminho, desse modo, para que muitos fundos estejam com yields mais atrativos, na faixa entre 0,8% a 0,9% a.m., ou até mais, dependendo do fundo imobiliário.

Esse movimento de queda nas cotações dos FIIs tende a continuar nas próximas semanas, pois tudo indica que o Banco Central deva continuar com sua política de juros altos, quem sabe até aumentando a taxa SELIC.

Portanto, quem pensa em diversificar seus investimentos com foco em renda passiva isenta de imposto de renda, pode encontrar nesse movimento de queda das cotações boas oportunidades para assegurar a compra de “mais metro quadrado por menos dinheiro”.

Fiquem atentos, façam seus estudos e bons investimentos!

Black Friday Brasil: o que 2014 nos prepara?

No ano passado, sob o título Black Friday Brasil 2013: será que teremos de novo uma Black Fraude?, eu questionei a possibilidade de termos novamente uma maquiagem nos preços tal como havia acontecido em 2012.

blackfridaynobrasil

Felizmente, a situação melhorou um pouco, com algumas promoções mais condizentes com a data, que, como não poderia deixar de ser, só serve para o comércio vender mais e você, caro consumidor, gastar mais.

Como eu disse no ano passado, se você estiver com necessidade de comprar algum produto ou serviço, a palavra de ordem é pesquisar, pesquisar bem e com consciência, a fim de fazer seu dinheiro render mais e render bem.

E, se tiver alguma experiência de sucesso na Black Friday Brasil 2014, ou quiser compartilhar alguma promoção útil com os demais leitores, conte para gente na caixa de comentários!

Boas compras (se houver….rs) e boa semana!

, ,

8 Responses to Resumão da semana: rali na Bolsa, queda de Fundos Imobiliários, Black Friday e mais!

  1. Flavio Mattos 27 de novembro de 2014 at 22:53 #

    Esta aí a melhor promoção do Black Friday. Já caiu 35% este ano e está valendo apenas 67,4% do seu valor. Não percam. http://youtu.be/jUQWrhMOgoM

    • Guilherme 30 de novembro de 2014 at 13:54 #

      Concordo, Flavio!

      Há bons ativos na Bolsa sendo vendidos a preços bem convidativos.

      Abç!

  2. Leonardo 6 de dezembro de 2014 at 9:46 #

    Oi Guilherme,

    Que fontes você indica para estudo dos Fundos Imobiliários. Acho tudo muito confuso, cada um funciona de uma forma. Há algum site que você usa para comparativo e histórico de preços?

  3. Investidor Internacional 27 de dezembro de 2014 at 10:37 #

    O Brasil vai continuar no seu eterno vôo de galinha.

    No universo da Bolsa, apenas algumas empresas são confiáveis e tem histórico de longo prazo, mas nunca se sabe quando o governo vai colocar a mão pesada sobre elas.

    • Guilherme 28 de dezembro de 2014 at 8:31 #

      A escassez de empresas com históricos de longo prazo é realmente um problema.

      Abç

  4. Anna Monteiro 1 de janeiro de 2015 at 16:26 #

    Ano retrasado, eu estava atrás de cadeiras p computador, que fossem ideais p minha coluna. Pesquisei MUITO, mas eu só achava produtos caros ( pra mim ) . Na época, eu nem conhecia a tal Black Friday. Descobri ouvindo comentários do pessoal do trabalho. Pois bem, esperei o período da BF chegar e dei uma tremenda sorte: achei a cadeira ideal, e por um preço muito convidativo. Menos uns 700 a 900 reais A MENOS das que eu vinha encontrando e q eram semelhantes.

    • Guilherme 3 de janeiro de 2015 at 19:26 #

      Excelente achado, Anna!

      Aliás, você estava preparada para a oportunidade. E conseguiu uma bela economia!

      Parabéns!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes