[Guest post] 10 funcionalidades que um bom app de controle e registro de gastos deve possuir

O blog Valores Reais tem o orgulho de apresentar hoje mais um guest post vindo de um de seus qualificados leitores. ūüôā

Trata-se do Jos√© Adriano, que, na nossa era de aplicativos de celular – mais conhecidos como “apps” – nos indica 10 funcionalidades que um bom app de controle e registro dos gastos deve possuir. Ser√° que esse aplicativo – com todas ou boa parte dessas funcionalidades – j√° existe? Se ainda n√£o existir, ta√≠ um prato cheio para desenvolvedores trabalharem ūüôā haja vista o uso cada vez maior de aplicativos de celular para organizar diversas facetas das finan√ßas pessoais: controle de investimentos, compra e venda de a√ß√Ķes por meio de corretoras de valores, home banking etc.

Mas por quê usar aplicativos de celular para controle de gastos pode ser importante nesse contexto?

A resposta √© que eles podem servir como auxiliares relevantes para mudan√ßas de padr√Ķes de comportamento.

Exemplos: uma pessoa que queira implementar novos hábitos Рquaisquer hábitos, como meditar, acordar mais cedo etc. Рpode usar um app específico para isso, como o Strides. Um app de leitura, como o Kindle, pode incentivar você a ler mais livros. O próprio José Adriano dá um exemplo de aplicativo que o auxiliou numa questão específica relacionada ao consumo diário de água.

Se os aplicativos podem ter essa serventia, por quê não então usar um app de registro de gastos para você ter mais poder e mais controle sobre suas despesas diárias? Esse é o ponto.

Mas também não pode ser um aplicativo tão básico que não te ajude nos detalhes que se fazem necessários para posterior análise dos gastos.

Por outro lado, ele n√£o pode ser complexo demais a ponto de requerer um manual de instru√ß√Ķes para utiliz√°-lo.

No texto abaixo, o José Adriano apresenta 10 funcionalidades, portanto, que podem servir de referência para a elaboração de um bom aplicativo de controle dos gastos.

Confiram!

………………………..

“Acredito muito nos apps pra mudan√ßa de comportamento. Um dos que gosto muito √© o Hydro Coach. N√£o s√≥ ele te lembra de tomar √°gua mas o faz de uma forma muito conveniente, que √© a conscientiza√ß√£o. Cada vez que ele te lembra, ele d√° uma mensagem explicativa da import√Ęncia de tomar √°gua.

Os textos são aleatórios, mas sempre muito interessantes, principalmente pra quem gosta de aprender sobre o corpo humano.

Utilizando esse app, consegui melhorar MUITO meu consumo de √°gua. Quase todo dia tomo agora 2,5 litros, o que era uma √°rea da minha vida que estava negligenciada.

Veja, por exemplo, uma das mensagens emitidas pelo Hydro Coach no meu Android:

Por outro lado, venho h√° tempos procurando um app para controle ou registro de gastos. N√£o que eu seja perdul√°rio, pelo contr√°rio. Mas gostaria de contabilizar cada centavo gasto, e ter um acompanhamento, INCLUSIVE pra monitorar MEU N√ćVEL de infla√ß√£o, que obviamente √© muito superior ao da infla√ß√£o oficial.

N√£o achei ainda um bom aplicativo pra isso.

Então esse é o espaço apropriado: eu conclamo os leitores do blog a elegerem um app pra isso. Ele já existe?

Tenho alguns requisitos para o app. Talvez eu seja exigente demais, porém, gostaria que esse trabalho (de registro de gastos) não fosse tão laborioso, de modo que pudéssemos usar o tempo, economizado com essa tarefa, na escolha de bons ativos para aquisição, o que de fato fará a diferença na nossa vida financeira.

Claro que podemos e devemos controlar e cortar gastos. Mas isso tem um limite. Por mais que diminua a conta de luz, ela existe! N√£o d√° pra ficar no escuro!

O que realmente MUDA a situa√ß√£o √© adquirir ativos! Sem negligenciar os gastos, mas o que “alavanca”, de fato, nossa vida financeira, √© a compra de ativos, ou a sele√ß√£o de bons investimentos.

Imagine que uma pessoa seja hiper organizada no controle de gastos, mas invista seu milhão de reais na poupança! Péssimo!

Enfim, é preciso controlar e registrar os gastos, porém, sem ser obsessivo com isso, lembrando que há muito mais além da economia/poupança.

Portanto, √© preciso ser “r√°pido” desse lado, pra poder se esmerar nos investimentos.

De qualquer modo, enumerei alguns requisitos que penso para o aplicativo. Vamos a eles!

1. Facilidade de uso

Tem que ser f√°cil de utilizar, isto √©, ser “descomplicado”. Idealmente eu poderia lan√ßar a despesa com a m√£o esquerda (eu sendo destro) enquanto pago com a outra!

Isto é, enquanto pago o café com a mão direita, eu já poderia estar lançando a despesa com a esquerda!

Nesse aspecto, eu gostei muito de um app chamado Toshl, que n√£o s√≥ permite o registro de forma muito f√°cil, mas vai dando dicas meio que “brincando” sobre os lan√ßamentos.

Por exemplo, ele fala assim:

“Hey, voc√™ est√° gastando muito com cafeteria! Que tal reduzir?”

Esse app é muito gracioso. Mistura um pouco o conceito de vídeo game com lançamento de despesas, o que faz com que essa tarefa deixe de ser maçante.

Ele tem uns “monstrinhos” que d√£o mensagens desse tipo.

Tem que ser um app algo pr√°tico e agrad√°vel sen√£o √© dif√≠cil incorporar nos h√°bitos…. Lembrando que nossa “miss√£o” n√£o √© s√≥ o controle de gastos. Temos muito mais √† frente (investir inteligentemente).

2. “A detalhar depois”

Uma ideia para o item anterior seria permitir registrar uma despesa “a detalhar depois”. Ou seja, a gente lan√ßa o valor gasto rapidamente e “tica” que tem que detalhar depois, o que seria feito com mais tempo (e n√£o na fila do caixa!).

3. Sincronia com bancos

Muitos dos meus gastos (acredito que de muita gente) √© feito via cart√£o de cr√©dito, d√©bito ou mesmo d√©bito autom√°tico. Ou seja, grande parte das transa√ß√Ķes J√Ā EST√ÉO REGISTRADAS ELETRONICAMENTE. Basta captur√°-las.

Então penso que esse é um requisito fundamental do app, tanto por permitir economia de trabalho como por permitir a conciliação posterior desses dados com a fatura.

Nesse aspecto, j√° vi alguns aplicativos que leem SMSs e outros que se conectam diretamente ao Banco.

Gostei do GuiaBolso nesse quesito por√©m, a insist√™ncia dele em “empurrar” produtos de cr√©dito, fora a “lerdeza” extrema do servi√ßo √© irritante. Perde o foco.

Ele deixa de ser um produto pra controle de gastos pra ser um de venda de servi√ßos. Poderia at√© ser isso desde que n√£o desvirtuasse sua fun√ß√£o principal…

De qualquer modo, um app que capture tudo isso do BANCO seria fantástico. Imagine já capturar por exemplo os débitos automáticos! Show de bola!

4. Rastreamento individualizado

Também gostaria de um que rastreasse separadamente a carteira. A carteira que carregamos no bolso. Por exemplo:

“Eu transferi “tanto” pra carteira e agora o saldo dela √© tanto. Est√° batendo? Todos os gastos em dinheiro foram registrados? Ou esqueci algum?”

No meu caso, as despesas em dinheiro em esp√©cie atualmente s√£o “micro despesas”. S√£o aquelas que n√£o vale a pena pagar com cart√£o. Caf√©, almo√ßo, um picol√©, esmola no sem√°foro etc.

N√£o s√£o grandes gastos, mas n√£o podem ser negligenciados.

5. Vers√£o Web

O app ou servi√ßo precisa ter vers√£o Web, isto √©, ter “sync”. Isto porque, assim como eu, muita gente fica na frente do computador o tempo todo! Inclusive voc√™, presumo! kkkkkk

Ent√£o precisamos de um site que possamos averiguar, enquanto estamos no PC, a quantas andam as despesas.

Ah, e claro, n√£o perder os dados com a troca do celular! Ainda mais que s√£o dados financeiros!

6. Exportação para o Excel

Permitir o download dos dados via CSV para Excel. Também porque nós mesmos gostaríamos de fazer nossas próprias análises ou gráficos no Excel, por melhores que sejam os controles do app.

Muitos apps têm gráficos e mais gráficos de despesas.

Por√©m, o mais “vers√°til” eu creio que √© exportar os dados, e a gente fazer as an√°lises que quiser. O app pode ter alguns gr√°ficos b√°sicos, mas a funcionalidade de exporta√ß√£o √© fundamental.

Para os mais aficcionados em informática, como eu, isso permitiria jogar o arquivo em algum sistema próprio inclusive. Ou seja, o banco de dados do aplicativo se tornaria legível por outros sistemas. Imagine fazer um controle próprio de inflação.

7. Categorização dos dados

Outra coisa trivial seria a categorização dos gastos, por exemplo, supermercado, combustível etc. Isso todos têm.

Outros t√™m tamb√©m o recurso de “tags”, o que ajuda muito, e √© diferente da categoriza√ß√£o.

De qualquer modo, essa tamb√©m √© uma “feature” essencial. Claro que com liberdade de edi√ß√£o (cria√ß√£o/elimina√ß√£o de itens a vontade).

8. Gastos recorrentes ou eventuais

Outra coisa que sinto falta : gastos RECORRENTES ou EVENTUAIS.

Gastos recorrentes ocorrem todo mês (conta de água/luz etc). Eventuais seriam, por exemplo, um PRESENTE ou manutenção do carro.

A ideia seria que o app nos permitisse controlar o gasto “basal” ou seja, o gasto pra manter o custeio da vida em si, fora os gastos excepcionais.

Responderia √† pergunta: “quanto eu preciso pra viver BASICAMENTE?” Por outro lado, acompanhar de forma separada os gastos EVENTUAIS permitiria descobrir exageros…

9. Preço

Servi√ßo gr√°tis ou pago? Acho que h√° margem pra cobran√ßa, desde que o servi√ßo seja “top”.

A versão gratuita poderia ter todos os features, porém limitados. Exemplo: exportação para o Excel só das primeiras 10 despesas. Ou seja, a versão gratuita poderia ter todos os features abertos, porém estes seriam limitados.

Assim, o usu√°rio pode conhecer todas as funcionalidades. Ou seja, travar a QUANTIDADE dos recursos utilizados, mas n√£o a DIVERSIDADE dos mesmos.

10. Apropriação mensal

Gosto de pagar alguns serviços ou produtos À VISTA, sendo que o consumo ou apropriação deles deve ser MENSAL. Exemplos : IPVA, Seguro do Carro, Academia etc.

Ent√£o, o aplicativo tem que ter alguma forma de gerenciar isso. O pagamento √© √ļnico (ou em algumas parcelas) sendo que a apropria√ß√£o √© MENSAL. Isso √© importante para o c√°lculo do nosso custo mensal.

Conclus√£o

Enfim, talvez eu seja muito exigente ! Mas quem sabe algum leitor do blog j√° tenha a resposta a esses quesitos”.

…………………….

Sobre o autor: leitor antigo do Blog, José Adriano, Analista de Sistemas. Investe em renda fixa, fundos imobiliários, e está fora da renda variável, porém, pretende voltar, com mais conhecimentos (e menos ousadia!). Gosta de se informar pela Web (blogs etc.), porém, prefere ler livros a respeito do mercado financeiro.

……………………….

NOTAS ADICIONAIS:

Embora eu não use atualmente nenhum app específico para o registro de gastos no celular (uso o HandyShopper no PalmOS para tal tarefa), de cabeça, me veio à lembrança o aplicativo do YNAB, sistema de controle do orçamento doméstico já abordado no blog:

Os 4 princípios do sistema de controle do orçamento doméstico do YNAB

Trata-se de um servi√ßo pago mediante uma assinatura anual (84 d√≥lares mais IOF, o que d√° cerca de R$ 300 anuais pela cota√ß√£o atual do d√≥lar), que fornece algumas das funcionalidades enumeradas pelo Jos√© Adriano: vers√£o Web, j√° que h√° apps tamb√©m para desktop, iOS, Android, tablet etc., facilitando a sincroniza√ß√£o de dados atrav√©s de m√ļltiplas e diferentes plataformas (item #5); exporta√ß√£o para o Excel (item #6); categoriza√ß√£o das despesas (item #7). Acredito que tamb√©m possibilite a classifica√ß√£o dos gastos entre recorrentes e eventuais (item #8), bem como a ferramenta da apropria√ß√£o mensal (item #10), uma vez que um dos 4 princ√≠pios fundamentais da filosofia YNAB √© guardar para um dia chuvoso. Na quest√£o pre√ßo (#9), eles oferecem a possibilidade de testar, de forma gratuita, todas as funcionalidades do app por 34 dias, atendendo, portanto, nesse item, a um dos requisitos enumerados pelo Jos√© Adriano.

√Č claro que, por se tratar de um produto voltado para o p√ļblico norte-americano, faltaria a funcionalidade de sincroniza√ß√£o com os bancos brasileiros (item #3), mas nada que uma sugest√£o aos desenvolvedores do YNAB n√£o possa ser pelo menos feita. ūüėČ

Em √ļltima an√°lise, o pr√≥prio Excel “in persona”, digamos assim, poderia ser utilizado. Isso seria feito mediante a assinatura do pacote Office 365, que custa entre R$ 24 a R$ 29 por m√™s, dependendo do plano e da forma de pagamento (impressionante como a Microsoft ainda monopoliza, d√©cada ap√≥s d√©cada, esse mercado de pacotes de apps para escrit√≥rio, principalmente com o trio Word, Excel, PowerPoint).

Esse pacote garante a instalação de uma versão específica para celulares do Excel (além, óbvio, da versão para desktop), sendo que a sincronização, entre as diferentes plataformas (celular, tablet, desktop) das planilhas contendo os registros de gastos poderia ser feita usando o serviço de armazenamento na nuvem OneDrive (um concorrente do Dropbox), que é da própria Microsoft e vem nesse mesmo pacote, e garante uma franquia de armazenamento de 1 TB.

O grande problema do uso do Excel é a provável perda de agilidade e facilidade na entrada dos dados (item #1), que acaba sendo um dos itens mais importantes Рse não for o item mais importante Рnum aplicativo de celular.

Al√©m disso, ele √© impr√≥prio para quem n√£o est√° acostumado a utilizar o Excel no dia a dia, j√° que, conforme vimos no come√ßo do artigo, ele requer um manual de instru√ß√Ķes, ou um curso, ou v√°rios anos de pr√°tica, at√© ser plenamente aproveitado.

Para pessoas já acostumadas a lidar com o Excel no dia a dia, não haveria problemas em utilizá-lo também como aplicativo de controle de gastos, mas ele jamais conseguirá alcançar a praticidade e a simplicidade de outros apps de controle dos gastos, desenhados e projetados especificamente para essa atividade.

E você? Conhece algum aplicativo de celular que possua todas ou a maioria dessas funcionalidades enumeradas pelo José? Participe dos comentários!

 

Print Friendly, PDF & Email

,

39 Responses to [Guest post] 10 funcionalidades que um bom app de controle e registro de gastos deve possuir

  1. Mari 22 de janeiro de 2018 at 7:23 #

    Eu utilizo o App do Minhas Economias. Embora ele n√£o lance os dados automaticamente, como o GuiaBolso, creio ser esse o √ļnico defeito, ele apresenta uma interface harmoniosa, possui vers√£o web, que te apresenta diversos gr√°ficos de entradas, sa√≠das, por categorias e tem tamb√©m a exporta√ß√£o de dados que pode ser .pdf ou .xls.

    • Jo√£o 22 de janeiro de 2018 at 21:18 #

      Puxa, utilizo esse app h√° um ano e confesso que n√£o sabia da vers√£o web. Obrigado pela simples e super √ļtil informa√ß√£o. Ano passado, tive um trabalho danado para passar as informa√ß√Ķes do app para uma planilha.
      Aproveito para elogiar o Minhas Economias. Ele é muito simples de alimentar e facilmente manipulável às necessidades e demandas da maioria das pessoas. Eu, a cada dia, reinvento o app e faço ele ficar melhor para meu dia a dia.
      Quanto ao post, muito bom, muito √ļtil como sempre. Gostei da dica #10 e vou coloc√°-la em pr√°tica.

      • Guilherme 23 de janeiro de 2018 at 15:56 #

        Grato pelas dicas do Minhas Economias, Mari e Jo√£o!

    • Ant√īnio Maria 28 de janeiro de 2018 at 21:54 #

      Usava o guia bolso porém, sempre me incomodou a impostação da senha do meu banco. Desde o fim do ano passado conheci o aplicativo Minhas Finanças do BB e, para minha surpresa, tudo que era manual agora faço direto do app do próprio banco. Ainda tem alguns ajustes para fazerem no aplicativo mas, mesmo assim, ele até que funciona direitinho.

  2. Andre Tavares 22 de janeiro de 2018 at 9:01 #

    Existe algum além do guia bolso que sincroniza com bancos? Para mim é fundamental ter isso e estou cansado do guia bolso.

  3. Angelo Manosso 22 de janeiro de 2018 at 9:22 #

    Fica a dica de app: Expense (a vers√£o paga custa R$ 16,00). Ele possui quase todas essas features comentadas no post. Recomendo.

    • Marco Ant√īnio 22 de janeiro de 2018 at 20:41 #

      Olá! Vou deixar minha contribuição aqui. O App Spending2 preenche a maioria dos requisitos do artigo.
      √Č muito bom, apresenta or√ßamento mensal concomitante √†s despesas registradas. Exporta, sincroniza, √© f√°cil de usar, permite contas diversas, exporta para excel e categoriza os gastos. √Č pago. Recomendo.

    • Jos√© Adriano 23 de janeiro de 2018 at 8:42 #

      Angelo : por favor qual expense ? Procurando no Google Play por “expense” vamos encontrar v√°rios…

  4. SwineOne 22 de janeiro de 2018 at 13:16 #

    Gostaria de recomendar o aplicativo Banktivity (acredito que apenas para iOS, al√©m de uma excelente vers√£o para Mac que, embora n√£o seja a mesma coisa que uma interface web, permite fazer opera√ß√Ķes no computador). Acabo de descobrir que a vers√£o para iPhone tornou-se gr√°tis, embora n√£o sei se ela depende de alguma forma do aplicativo para Mac (este sim √© pago, e eu tenho o aplicativo, ent√£o n√£o sei dizer o que acontece com quem n√£o tem). Caso n√£o dependa, esta √© na minha opini√£o a melhor alternativa para quem tem um iPhone. Talvez n√£o tenha todos os recursos pedidos no post, mas me atende extremamente bem.

  5. Denes 22 de janeiro de 2018 at 13:32 #

    Esse app ja existe o nome dele é minhas economias. Utilizo ele desde 2014

  6. André 22 de janeiro de 2018 at 13:38 #

    Olá Guilherme! Muito boa a enumeração do que é realmente importante para um bom app, escrita pelo José!

    Eu destaco o item 6: ele é importantíssimo. Nunca sabemos quando tempo vai durar a empresa que fornece o app, então, é legal termos isso muito bem guardado para nosso histórico.

    Tor√ßo o nariz, entretanto, para o item 3: n√£o me sinto √† vontade de compartilhar o acesso da minha conta com um terceiro. Sabe-se l√° o que os hackers podem fazer…

    Não é segredo talvez para você, pois já escrevi sobre o que utilizo, mas pode ser ainda estranho para alguns: Microsoft Money 99 e planilhas criadas por mim mesmo. Não acredito que aparecerá algum app que me fala mudar de ideia rsrs

    Grande abraço!

    • Guilherme 23 de janeiro de 2018 at 15:57 #

      Verdade, André, o Money ainda tem muitos adeptos no mundo todo. Incrível como a Microsoft deixou uma bela lacuna, que ainda está para ser preenchida, por aqueles que utilizavam intensamente o Money.

      Abraços!

    • Din√™i Gazoni 24 de janeiro de 2018 at 12:29 #

      Concordo em g√™nero, n√ļmero e grau.

      N√£o sou t√£o pr√°tico e utilizo o Kmymoney que lembra muito o Microsoft Money 99 (alguns leitores nem devem se lembrar desta √©poca :). Prefiro desta maneira, pois sou meio paran√≥ico e n√£o gosto da id√©ia de minhas informa√ß√Ķes informa√ß√Ķes financeiras estarem a√≠ circulando pela nuvem. √Č o pre√ßo pela seguran√ßa. A curva de aprendizado n√£o √© t√£o f√°cil, mas a documenta√ß√£o est√° em pt_BR ūüôā e nada que boa vontade e tempo n√£o resolvam. Os relat√≥rios s√£o altamente personaliz√°veis e export√°veis para Excel e, CSV.

      Para os gastos em dinheiro utilizo o aplicativo no celular Gastos Di√°rios somente para controle do dinheiro da carteira (cada vez menos necess√°rio) e depois fa√ßo o lan√ßamento no Kmymoney. √Č o custo da seguran√ßa, mas todo o processo n√£o consome nem 5 minutos di√°rios.

      Tenho todo o controle de receitas, despesas e investimentos à mão. O importante é que para mim funciona!

      Acredito que um ponto relevante pelos leitores deve ser a boa vontade em aprender a utilizar as aplica√ß√Ķes e se as mesmas est√£o funcionando ao prop√≥sito esperado.

      Abraço a todos!

  7. cleber 22 de janeiro de 2018 at 14:21 #

    Eu utilizo o quickbooks zeropaper, seria mais voltado √† utiliza√ß√£o por pequenas empresas, mas √© uma m√£o na roda. Atende pelo menos 7/10 dos itens. Facil de categorizar, pois j√° vem com os recebimentos, as despesas fixas, as variaveis, os impostos e pessoas, e voc√™ cria sua propria categoria, cadastra fornecedor ou cliente s√≥ pelo nome no momento do lan√ßamento. Fa√ßo as provis√Ķes e as parcelas muito facilmente, consigo visualizar o fluxo de caixa disponivel para o proximo mes. Prefiro lan√ßar as despesas uma a uma, mas deixei um cart√£o s√≥ para gastos de supermercado para agilizar e ter melhor controle de tais gastos, pois vamos com muita frequencia para comprar legumes e frutas. (n√£o d√° para estocar) Fecho mensalmente os valores e p√° sei certinho quanto posso comprar de novos ativos ou simplesmente consumir para lazer.

  8. Rogério Olegário 22 de janeiro de 2018 at 16:29 #

    Oi Guilherme, que √≥timas sugest√Ķes dadas pelo Jos√© Adriano. Eu recomendo a ele dar uma olhadinha no programa web http://www.librattum.com.br. Trata-se de um programa que atende h√° muitas das solicita√ß√Ķes dele, deixando de lado, propositalmente, duas delas: o lan√ßamento autom√°tico de despesas – os criadores da metodologia entendem que a automa√ß√£o dos lan√ßamentos tira a visibilidade e a consci√™ncia situacional dos gastos. Assim, o programa leva o usu√°rio para um or√ßamento prospectivo, fazendo o usu√°rio olhar para a frente, e n√£o retrospectivo, afinal nada se pode fazer sobre o que j√° foi gasto. A outra √© a sincronia com os bancos – eles entendem que, al√©m desta sincronia dar muita margem √† hackers, o saldo da conta corrente √© falso, especialmente para quem usa cart√£o de cr√©dito ou cheques. O pre√ßo √© R$ 9,90 por m√™s e se vc fizer um pagamento anual ter√° dois meses de uso gratuito ao final. Eles ainda n√£o tem um APP, mas prometem um para breve. Vale a pena experimentar. O primeiro m√™s de uso √© free.

  9. Leobardo 22 de janeiro de 2018 at 19:18 #

    Indo mais al√©m… Tb h√° algum aplicativo para o controle das aplica√ß√Ķes? Possibilitando e automatizando os balan√ßos necess√°rios!
    Eu uso para controle dos gastos Meu$… Mas n√£o √©
    para celular.

    • Marcos Arcanjo 27 de janeiro de 2018 at 20:48 #

      Para controle de aplica√ß√Ķes o guia investimento √© √≥timo.

      Permite controlar renda fixa e vari√°vel e atualiza carteira com cota√ß√£o vigente al√©m de manter hist√≥rico das opera√ß√Ķes

      Muito pr√°tico

  10. An√īnimo 22 de janeiro de 2018 at 19:39 #

    Uso o “Minhas Finan√ßas”, do Sicoob. F√°cil de mexer.

  11. Bruna M. 22 de janeiro de 2018 at 20:22 #

    Uso o YNAB desde a versão 4 (desktop). Não tem sincronização automática dos bancos brasileiros, mas é possível importar os arquivos OFX, super tranquilo. Não acho barato, já testei outros apps mas acabei voltando pra ele porque é confiável e posso ver minha vida financeira como um todo. Além do foco ser no orçamento, em ESCOLHER como gastsr nosso dinheiro e não apenas acompanhar os gastos.

  12. A Virada do Jogo 23 de janeiro de 2018 at 5:04 #

    Ol√° Gulherme, muito bom o guest post!

    Eu uso em meu smartfone o aplicativo Canarinho. √Č simples e bem pr√°tico, al√©m de permitir que os dados sejam exportados para o excel.

    • Guilherme 23 de janeiro de 2018 at 15:59 #

      Obrigado, VJ, e grato por compartilhar a dica!

  13. sandro 23 de janeiro de 2018 at 7:33 #

    Muito bom, estou divulgando aqui o post, a quantidade de pessoas que vejo sem um mínimo de controle é impressionante.

    • Guilherme 23 de janeiro de 2018 at 15:59 #

      Grato por compartilhar, Sandro!

      De fato, há muito espaço a ser preenchido pela educação financeira no Brasil!

  14. Rodrigo 23 de janeiro de 2018 at 12:04 #

    Ol√° Guilherme e amigos leitores do valores reais.
    Acho esse um tópico interessantíssimo, porque foi através de um app que encontrei a minha forma de fazer o controle de gastos, e isso me ajudou muito no gerenciamento de minhas finanças.
    Eu j√° testei algumas plataformas, inclusive algumas citadas nos coment√°rios, contudo, a que mais me adaptei foi o app Mobills.
    Recentemente, ele recebeu o selo Editor’s Choice (Escolha dos Editores) do Google Play. Dentre os critérios informados, ele atende grande parte deles.
    Ele conta com a vers√£o gratuita e premium. Atualmente tenho usado a segunda (R$ 79,90 ano).
    Além dos critérios acima, a meu ver, ele também conta com uma boa equipe de suporte e tenho visto um interesse importante por parte dos desenvolvedores em melhorias no aplicativo.
    Ele tem atendido grande parte das minhas necessidades.

    • Jos√© Adriano 23 de janeiro de 2018 at 13:52 #

      Rodrigo:

      O Mobilis tem um ponto que acho ANACR√ĒNICO (sorry). Ele n√£o junta as despesas do Cart√£o de Cr√©dito com as demais despesas. Ou seja, ele separa o que vc gasta em Cart√£o de Cr√©dito do que vc gasta √† vista. Assim vc tem os gastos com Supermercado em dinheiro e outro gasto com Supermercado no Cart√£o. S√£o duas contas SEPARADAS. Ou seja, os gastos por categoria s√£o segregados em 2 contas distintas.

      Achei essa concepção ridícula.

      Pra mim ga$to é gasto, INDEPENDENTEMENTE do meio de pagamento (cartão, dinheiro , débito em conta, etc).

      Ele também considera os pagamentos do Cartão de Crédito como sendo gastos do mês seguinte (e não do mês corrente).

      De novo, ponto muito negativo.

      Enfim, muito estranho esse comportamento. Penso que √© um tratamento CONT√ĀBIL , isto √©, uma vis√£o de contador….

      Bom eu n√£o sou Contador e n√£o estou interessado em fazer um livro fiscal dos meus gastos.

      J√° reclamei isso pra eles.

      Tamb√©m, ao capturar os SMSs dos ga$tos ele √†s vezes se confunde (se recebe uma oferta por SMS ele “pensa” que √© uma despesa. Precisaria melhorar um pouco o filtro de leitura dos SMSs.

      Do mais o aplicativo √© interessante e eu at√© pagaria o valor citado acima…

      Mas tem esses incovenientes que citei, que a meu ver s√£o desabonadores.

      Enfim, continuamos à procura !

      • Rodrigo 23 de janeiro de 2018 at 14:40 #

        José Adriano,

        também concordo com os pontos colocados.
        Eu ainda acho que h√° uma oportunidade gigantesca para o desenvolvimento de aplicativos financeiros que tenham um leque de ferramentas completas e funcionais do ponto de vista do usu√°rio.
        Entretanto, até que novas oportunidades apareçam, ele tem sido, para mim, a melhor opção.

        Como você bem disse, continuamos à procura.

      • An√īnimo 25 de janeiro de 2018 at 15:16 #

        Oi Jos√© Adriano, O Librattum, (www.librattum.com.br) atende perfeitamente √† sua quest√£o. Ele ainda indica a voc√™ separar, previamente, o dinheiro para as despesas futuras (investimentos), calculando e colocando como despesas o dinheiro que vc dever√° reservar para cada gasto futuro, como IPTU, IPVA, troca do carro, viagens, aposentadoria, etc. √Č um excelente programa para fazer vc receber juros e n√£o pag√°-los. Abs.

  15. Flaviano 23 de janeiro de 2018 at 16:29 #

    Peguei o conceito do YNAB e montei no Excel. Atualizo pelo extrato, sem detalhar demais: cafezinho, chiclete, leite, etc, entra tudo em bar/restaurante/mercado, por exemplo.

  16. alsouza 23 de janeiro de 2018 at 21:02 #

    Ao meu ver, o GuiaBolso √© por enquanto o melhor app aqui no Brasil, sobretudo, e principalmente, pela conex√£o com os bancos. √Č uma m√£o na roda ter, dentro do aplicativo, todos os lan√ßamentos da conta-corrente e do cart√£o de cr√©dito. Praticamente n√£o tenho que reclassificar nada.

    Para aqueles que tem receio de entrar com a senha de visualiza√ß√£o do banco, lembro do tempo em que t√≠nhamos receio de colocar conta em d√©bito autom√°tico, ou ainda do tempo em que ach√°vamos perigoso caixa de email na web; tinha que ser local pra ser seguro. Hoje em dia…

    Tirando a conex√£o com os bancos, todas as outras funcionalidades citadas pelo autor s√£o secund√°rias, n√£o d√° pra competir. Essa oferta insistente de cr√©dito que tem no GuiaBolso √© chata mesmo, at√© incoerente com a proposta de sa√ļde financeira, mas, sendo gratuito, d√° pra levar.

    Agora uma surpresa: colocaram um GuiaBolso dentro do app do Banco do Brasil. Alguém já viu a aba Minhas Finanças no app do banco?

    • Jos√© Adriano 24 de janeiro de 2018 at 8:29 #

      Ol√° “alsouza” !

      Quanto ao seu primeiro par√°grafo :

      Sim, de fato a conexão do GuiaBolso com os Bancos é uma mão na roda. Esse é um dos recursos que mais valorizo nos Apps e um dos mais escassos. Poucos Apps o têm. Dos apps estrangeiros que têm esse recurso muitos têm pra todos os bancos americanos ou europeus e só pra alguns poucos bancos brasileiros (CEF entre outros).

      Fiz algumas experi√™ncias com o GuiaBolso e o utilizei como “quebra-galho” enquanto n√£o acho um App melhor. Por√©m ele n√£o tem justamente a funcionalidade de exportar os dados para o Excel.

      Mesmo assim, e aqui vai uma dica a todos (pra quem n√£o conhece a dica claro) : voc√™ pode “marcar & colar” qualquer texto de uma p√°gina HTML e colar no Excel.

      Principalmente se marcar & colar uma TABELA de dados, geralmente cai muito bem dentro do Excel. Melhora ainda mais se você marcar & colar os textos adjacentes à tabela. Ou seja, marque um pouco ANTES e um pouco DEPOIS da tabela em si que melhora bastante o processo de captura de dados.

      Assim, usando esse recurso eu consegui “xupar” os dados do GuiaBolso e jogar pra dentro do Excel.

      Da√≠ eu fa√ßo uma reclassifica√ß√£o das categorias e complemento os demais recursos que n√£o tenho no GuiaBolso. Pra mim a classifica√ß√£o autom√°tica n√£o funciona t√£o bem. O Bradesco tem uma esp√©cie de conta corrente remunerada (aplica√ß√£o autom√°tica sendo que o GuiaBolso interpreta todas as sa√≠das de conta (d√©bito) pra essa aplica√ß√£o como uma despesa ! Tenho que filtrar tudo isso e retirar, pois √© claro que n√£o √© uma despesa. Mas isso √© de menos. H√° v√°rios outros ajustes de digita√ß√£o que tamb√©m precisam ser feitos…

      Por outro lado, pra que fazer tudo isso se os próprios bancos já disponibilizam o Extrato via arquivo ? No meu caso, do Bradesco, consigo o Extrato em diversos formatos diferentes (Money, Excel, PDF etc). Ou seja, não precisaria tanto assim do GuiaBolso, se fosse só pra obter esses dados. Posso obtê-los diretamente através do meu Home Banking sem passar por um terceiro.

      Quanto ao seu segundo par√°grafo :

      Concordo com o que voc√™ comenta sobre seguran√ßa e adiciono o seguinte : se voc√™ j√° est√° jogando todo os seus h√°bitos de consumo num App, ent√£o , na boa, voc√™ j√° est√° muito vulner√°vel a um terceiro, ou seja ao fornecedor do App. Todos seus h√°bitos de consumo j√° est√£o no App. Alguns Apps inclusive capturam a LOCALIZA√á√ÉO (GPS). Ou seja, quanto e ONDE voc√™ ga$ta ! Prato cheio ! F√°cil dedu√ß√£o pela leitura dos dados: toda Quarta o cliente j√° est√° na Xepa do Extra l√° do Centro….

      Ent√£o se for essa a preocupa√ß√£o melhor nem usar o App….

      E o Banco em si por outro lado jamais disponibilizaria uma interface de comunica√ß√£o de software com um terceiro se n√£o fosse confi√°vel e read-only, isto √©, interface s√≥ de leitura dos dados, sem possibilidade de atualiza√ß√£o das informa√ß√Ķes ou mesmo sem transa√ß√Ķes financeiras (TED etc).

      N√£o acredito que os nossos Bancos seriam t√£o “bobinhos” assim de fazer uma interface de comunica√ß√£o “tupiniquim” rs.

      Me preocupa muito mais Posts “ing√™nuos” no Face ou Instagram ou Twitter etc.Quero dizer que muitas vezes estamos ing√™nuamente correndo mais vulnerabilidades atrav√©s de fotos/etc do que no uso de um App em si.

      √Äs vezes fico horrorizado como as pessoas se exp√īem no Face/etc. Por exemplo “todas as fotos da viagem pra Aspen !!!” .

      Sou da gera√ß√£o “X”, totalmente avesso √† m√≠dias sociais. Extremamente reservado.

      Conclus√£o : n√£o tenho FaceBook nem Instagram nem *etc*.

      Mas usaria PERFEITAMENTE um App desse tipo de controle de gastos (desde que bom). E até PAGARIA sim pelo serviço.

      Mas Face ? N√£o ! kk

      Quanto ao seu terceiro par√°grafo :

      Sobre a oferta insistente de crédito é mesmo muito incoerente ! Quem está controlando as despesas justamente já é organizado e não está à busca de Crédito ! Pelo contrário ! Provavelmente tem (ou terá) sobra de recursos e procura INVESTIMENTOS !

      E aqui vai outra dica pra quem não conhece também do App Renda Fixa. Muito bom pra quem procura títulos de RF : CDBs/LCIs/LCAs/Debêntures/Tesouro Direto/etc. Muito bom mesmo. Principalmente pra quem já quebrou o paradigma de sair dos grandes bancos e ir pros bancos médios/pequenos.

      Também já propus ao pessoal do Renda Fixa o desenvolvimento desse App aqui (de controle de gastos).

      Pra “driblar” a lerdeza do GuiaBolso minha sugest√£o seria voc√™ entrar uma vez s√≥ por m√™s. No dia primeiro de cada m√™s voc√™ “puxa” os dados do m√™s anterior. Assim n√£o tem que ficar se irritando com a lerdeza do site todo dia…

      E o trabalho operacional de puxar os dados/colar no Excel/reclassificar/etc é um tanto quanto grande. Não compensa fazer todo dia. Vale a pena fazer uma vez só pro mês inteiro, a meu ver.

      Quanto ao seu √ļltimo par√°grafo :

      Justamente acho que os grandes Bancos poderiam e deveriam j√° oferecer nos seus respectivos “Apps” uma funcionalidade semelhante.

      Eles já fazem mil coisas avançadas via App. De novo no meu caso do Bradesco o App já lê impressão digital pelo celular e claro, já escaneia código de barras para pagamento.

      Ou seja, pra fazer um App de Controle de Gastos falta muito pouco , at√© porque eles j√° t√™m tudo na m√£o, todas as informa√ß√Ķes , tecnologia, plataforma de desenvolvimento etc…

      Mas ainda n√£o caiu a ficha pra nenhum deles.

      Penso que poderia ser até um instrumento de fidelização.

      Os Bancos tamb√©m ganhariam “por tabela” o conhecimento de pra onde vai o dinheiro dos clientes , quando o gasto √© feito em esp√©cie. Dos outros gastos eles j√° sabem (TED/Cart√£o de Cr√©dito/etc).

      Concluindo : GuiaBolso t√° no ranking. Eu n√£o “love” ele n√£o mas at√© engulo.

      • An√īnimo 24 de janeiro de 2018 at 18:36 #

        Para o BB a ficha j√° caiu, sim.

        Ou seja: o app do Banco do Brasil, além de todas as funcionalidades bancárias (extrato, transferência, etc.), traz um gerenciador financeiro nos moldes do Guia Bolso.

        Dentro do app, basta clicar na aba Minhas Finanças.

        Algum cliente BB est√° usando?

  17. Armando 24 de janeiro de 2018 at 21:29 #

    Uso o guiabolso pois sei que não vou preencher nada na hora, não vou importar o extrato, etc. Ele tem lá seus problemas Рalgumas vezes cheguei a pensar que tivesse pifado por demorar ocasionalmente dias, semanas pra puxar direito do banco. Com cartão de crédito sempre rodou liso.

    Pra quem está começando a controlar acho muito bom saber como andam os gastos recentes e dar tempo de fechar o mês no azul. Sinto falta de um controle mais planejado, como orçamento, provisão, etc. Tem uma função de meta e outra de planejamento do mês atual.

    Uma coisa que não gosto é que não deixa planejar uma categoria criada por mim, fico restrito a planejar com as categorias pré-definidas.

    Mais q a questão da segurança, me deixou cabreiro a mudança na política de uso. Quase desisti por deixar muito em aberto o uso dos dados com parceiros e numa possível aquisição.

    Um ponto que acho grave é depender da empresa, se sumir eu perco tudo. Vou criar coragem e preencher um excel de 2016 e 2017.

  18. Rafael D. 25 de janeiro de 2018 at 15:03 #

    Ol√° Guilherme,

    √ďtimo post do Jos√© Adriano! Parab√©ns.

    Em 2009 comecei a registrar meus gastos no Excel com essas planilhas que encontramos em sites. Rapidamente tive que customiza-lá de acordo com meu perfil, com o tempo se torno uma gambiarra de tantas formulas. Então adquirir um programa pago desktop, na época era um tal de Personal Finances, usei ele dois anos até que descobri os apps. Testei vários, atualmente uso o GuiaBolso pela integração com o meu banco (facilita o cadastro das despesas), mas tive que voltar para a planilha para poder trabalhar com a Apropriação Mensal e as análises. Não uso mais o Excel, mas sim o Google Planilha (posso abrir em qualquer lugar), resumindo, Guiabolso uso para registrar os gastos mensais que são exportados, ou melhor, preenchidos na minha planilha. Lá faço toda a analise e a apropriação mensal.

    Acredito que os Apps de finan√ßas v√£o evoluir ainda mais com a aplica√ß√£o da inteligencia artificial. Eles ir√£o entender como voc√™ gasta o seu dinheiro e orientar para evitar gastos entre outras fun√ß√Ķes, algo como um BI (Buseness Intelligence) + um assistente virtual. Ok Google! Posso comprar esta camisa??

    • Jos√© Adriano 25 de janeiro de 2018 at 15:27 #

      Obrigado Rafael !

      O que você está fazendo é mais ou menos o rascunho da conclusão a que estou chegando aqui pelas respostas nesse post.

      O plano seria o seguinte :

      1) Para os seus gastos em papel moeda (dinheiro f√≠sico), utilize um app qualquer, tal como o Toshl ou Minhas Economias/etc. Um que seja simples e r√°pido de registrar o gasto em dinheiro mesmo. De “quebra” voc√™ atender√° o controle da sua carteira de bolso. Saber√° pra onde est√° indo esse dinheiro f√≠sico. Importante que esse App permita exportar os dados para o Excel, seja em CSV ou formato nativo do Excel mesmo.

      2) Para os pagamentos eletr√īnicos, utilize alguma forma de captura autom√°tica , seja o GuiaBolso ou fun√ß√Ķes de exporta√ß√£o de dados (download) do seu Home Banking. Preferencialmente utilize o formato CSV, que √© universal (igual ao item anterior).

      3) No fim de cada m√™s, junte tudo no Excel e fa√ßa seus controles √† vontade. No meu caso pretendo fazer um Banco de Dados geral dos meus gastos “ad eternum” (forever). Ou seja, seria um arquivo corrido dos lan√ßamentos (despesas) com uma linha pra cada item . Da√≠ posso cruzar os dados mensalmente, anualmente, etc. A id√©ia aqui √© usar a enorme versatilidade do Excel (junto com a sua flu√™ncia no mesmo claro) e chegar √°s minhas pr√≥prias conclus√Ķes.

      Quanto ao Excel do Google, eu utilizo o Excel da Microsoft e jogo a planilha no Google Drive (ou DropBox, o que for). Portanto a planilha fica na nuvem. Tenho feito o mesmo com minhas notas fiscais de corretagem tamb√©m e diversos outros documentos importantes . Outra id√©ia seria jog√°-los no Evernote. Tamb√©m fa√ßo isso para alguns outros documentos…. Enfim, jogue na nuvem…

      O processo como um todo não é totalmente automatizado mas acredito que é o mais prático dentro do melhor resultado final possível.

      O incoveniente é que você não terá a informação em tempo real, principalmente se precisa de alertas em relaçao ao orçamento. Só terá esse controle de um mês para o outro. Acho que não vale a pena fazer isso TODO DIA. Mas avalie se você é disciplinado para poder usar essa abordagem, é claro !

      Enfim, √© uma conclus√£o preliminar…

      Continuamos com o bot√£o “searching for a better answer” ativado !

      Até !

    • Guilherme 25 de janeiro de 2018 at 21:43 #

      Oi Rafael!

      Muito interessante essa questão da inteligência artificial relatada por você! Eu também fico curioso de como a IA pode nos auxiliar no campo das finanças pessoais.

      Taí um prato cheio pra muitas novidades em apps financeiro serem apresentadas!

  19. Glaucia Oliveira 27 de janeiro de 2018 at 21:54 #

    Ser√° a volta das contas digitais??
    https://exame.abril.com.br/negocios/banco-digital-do-bradesco-tera-versao-sem-tarifa-diz-executivo/

  20. Carolina 10 de fevereiro de 2018 at 7:01 #

    Eu testei v√°rios app e me adaptei com o MOBILLS. Simples de usar, sincroniza com o PC, e tem para o meu ultrapassado Windows Phone…rs.
    Estou na regra dos 365 dias para comprar outro smartphone…

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes